Lei 100: cai o presente de grego do PSDB!

O julgamento do STF não aplicou nenhuma sanção ao Governo do Estado de Minas Gerais, em relação ao presente de grego chamado LEI 100. O STF mostrou mais uma vez, nesse país, que a LEI protege os ricos e poderosos e só faz justiça com os trabalhadores e os pobres. Por que o STF não sentenciou a demissão desse governo mentiroso, que disse aos trabalhadores da Lei 100 que seus empregos estavam garantidos? Porque a lei só existe para os debaixo, os de cima são protegidos.

Apesar de os trabalhadores da lei 100 não ficar totalmente em TERRA ARRASADA, segundo informações que apuramos até agora, na medida em que ficou garantida a efetivação parcial de aposentados e na medida em que ficou garantida a posse imediata dos efetivados pela lei 100 que passaram no último Concurso Público, é preciso relembrar que o governo do PSDB mineiro cometeu um CRIME contra os 98.000 trabalhadores da Lei 100 do Estado de Minas Gerais, quando, em campanha eleitoral, mandou, inclusive, cartinhas para os efetivados da Lei 100, dizendo que eles nem precisariam prestar concurso, porque estavam com o emprego garantido, caso o Governador fosse eleito. A APPMG, sindicato do lado do governo do PSDB, também foi para dentro das escolas e contou essa MENTIRA politiqueira aos trabalhadores da Lei 100.

Muitos trabalhadores efetivados pela Lei 100, infelizmente, acreditaram nas MENTIRAS do Governo do PSDB e nas mentiras da APPMG e não fizeram Concurso Público. Por sua vez, os trabalhadores de Serviços Gerais nem Concurso Público tiveram e o STF também não disse uma vírgula sobre mais esse crime do governo mineiro.

Agora vem o STF e julga inconstitucional a Lei 100. A grande pergunta que fica é: quem enganou os trabalhadores da Lei 100? Ora, o Governo do PSDB. Quem deve ser demitido agora, os trabalhadores da Lei 100? NÃO. Temos de demitir esse governo mentiroso e também desmoralizar a APPMG, esse sindicato farsante que fica indo para dentro das escolas fazer o serviço sujo do PSDB, atacando os militantes do Sind-UTE/MG, mentindo e enganando os trabalhadores para arregimentar voto para os tucanos.

Na luta, os 98.000 trabalhadores da Lei 100 devem exigir o seguinte: NENHUM TRABALHADOR DEVE SER DEMITIDO! QUE DEMITAM O GOVERNADOR MENTIROSO DO PSDB!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante Socialista Livre do CSL/CAEP – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

cropped-w10003247_235356923332503_1987199304_n.jpg

About these ads

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

35 respostas para Lei 100: cai o presente de grego do PSDB!

  1. Pingback: Lei 100 de Anastasia/Aécio Neves do PSDB : mais um presente de grego aos trabalhadores em educação de Minas Gerais! | www.socialistalivre.wordpress.com

  2. Maria Helena Alves Sabino disse:

    Acontece que o sindute foi o primeiro a entrar com a L100 ,e fica escondendo o jogo para que seus representantes sejam leito ,

    • Incrível como as pessoas preferem acreditar nas mentiras do Governo do PSDB e da APPMG.

      • kiko disse:

        DECLARAÇÕES DO CORONEL CANTÍDIO DANTAS, NA COMISSÃO DA INVERDADE.

        Não vou dizer que houve, também não vou dizer que não houve. Mas se você observar, vai ver que os mesmos que diziam lutar pela democracia do país estão aí, condenados pelo mensalão.
        Este rapaz foi o primeiro mártir da revolução dos estudantes…Chama-me a atenção seu nome : BASIL. Algum recado lá de cima para nós brasileiros? Segue o video produzido pelos amigos em sua homenagem.

      • Aviso aos leitores-comentadores, não postamos vídeos nesse espaço. Obrigado.

      • Negrinha disse:

        Kiko alerto que o censor deleta vídeos. Porque sera???
        Aqui vai o link do vídeo:https://www.youtube.com/watch?v=UyZ9nC6cr_8
        E pensar que os socialistas apoiam essa barbárie… corja maldita!!!
        e aki=os maconheiros das universidades “exigem” que a polícia nâo possa entrar no CAMPOS-barbudos drogados que vâo a universidade como se fosse um camping…..e o ministerio da “EDUCAÇÂO”??…. esta pedindo explicaçoes a PF-por ter sido “truculenta”……TEM JEITO ESSE PAÍS…..???? QDO???
        PT, não tem de cair fora, ele tem de ser execrado,destruído, anulado, dizimado, junto com a sua ideologia marxista assassina, nefasta, indigna.

      • Professora Bernadina disse:

        Palavras verdadeiras de Sandra Cavalcanti.
        “Quem viveu no governo Lacerda, lembra-se ainda de como o magistério público do ensino básico era bem considerado, respeitado e remunerado. Hoje, com a cidade do Rio devastada após a administração marxista de Brizola, com suas favelas e seus moradores entregues ao tráfico e à corrupção, e com a visão equivocada de que um sistema de ensino depende de prédios e de arquitetos, nunca a educação dos mais pobres caiu a um nível tão baixo.”
        * Sandra Cavalcanti, professora, jornalista, foi deputada federal constituinte, secretária de Serviços Sociais no governo Carlos Lacerda, fundou e presidiu o BNH no governo Castelo Branco.

      • Professora Bernadina disse:

        E quando ele fez acordo com os traficantes, dizendo que a polícia não subiria aos morros (favelas, reduto dos traficantes) ele estava garantindo a segurança de sua filha, Neuzinha, que assim, podia subir o morro e se estocar de drogas. Como todos esquerdistas, vagabundo.
        Tem mais: obrigou os policiais a chamar bandido de CIDADÃO.
        Isso é o que esses vagabundos socialistas fazem, onde colocam a mão podre detonam com tudo. E esse cidadão ainda vem aqui falar em liberdade. Liberdade para quem????

  3. Infelizmente é o dinheiro que manda nesse pais e em todos os países da America Latina .

  4. Glycério disse:

    Cada um tem o que merece!!!
    Cada um colhe o que planta!
    É por aí afora…
    Afinal, não nos valorizamos, não nos organizamos, não somos unidos, aceitamos tudo calado, e enquanto a coisa não tá arrebentando na cara da gente,” pra que esquentar a cabeça???

  5. juliana disse:

    O Sindicato foi o primeiro a jogar pedras na lei 100. Agora querem falar que estão do lado dos efetivados? Jogo sujo para elegerem o PT. Parabéns para a APPMG pelo apoio aos efetivados. PT só tem vendedor de ilusões. Anastasia vai resolver da melhor forma.

    • sidnei disse:

      Você é burra ou o quê? A lei foi inconstitucional e tinha tudo para dar merda, que foi o que aconteceu.
      Por quê diabos o sindicato deveria ser a favor de uma lei que era inconstitucional e antiética ? Que acabou por prejudicar os efetivos durante anos e agora prejudicou os efetivados também? Anastasia nem governador mais é, abandonou o barco e vai tentar iludir outros com aquela conversinha mole, mentiu descaradamente com cartas e comunicados. Agora que a bomba estourou vai tentar o senado enquanto deveria ser processado por improbidade.

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        A propósito por falar em “burra” o jumento aqui é você que é um militonto, idiota útil do PSTU/PSOL/PT…. Atacam o PSDB que é outra merda socialista. Você e o Gílber devem estar mamando muito na teta do Estado, quem paga a conta, são os que são extorquidos pelos impostos da quadrilha do PT e socialistas.

      • Receber um salário de R$1.600,00, na Rede Pública de Minas Gerais, governada pelos direitistas do PSDB, com o título de Doutor, como eu recebo, é muito mamar nas tetas do Estado, não é? Você infelizmente só diz impropriedades por aqui.

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        O “Doto” que defendeu tese marxista em pleno século XXI.
        Cômico e sua incapacidade de interpretar textos marxistas e negar uma obviedade seu alienado.
        Você escreve muita bobagem seu narcisista tonto.
        O nível do seus argumentos são baixíssimos, de muito fácil refutação.
        Não acho que meus comentários são baixos, são minha interpretação da realidade. A natureza da relação é conflitiva, em minha opinião. A percepção de cooperação é teatral. Achei interessante o seu trecho “totalidade de estado”. Sobre isso já se mostra a condição de imposição, que você quer negar todo tempo.
        A propósito, conheço muita gente que não gostava do salário ou do ambiente do trabalho e simplesmente saiu do trabalho (picou a mula, como a gente diz por aqui) e foi procurar outra coisa pra fazer e hoje estão bem melhor (ou bem pior). Portanto você é muito bem pago para ficar doutrinando crianças com uma ideologia totalitária e assassina. E não venha aqui querendo se achar com essa merda de Doutorado, defenda teses decentes, que realmente venham a somar algo para a humanidade

    • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

      Juliana, social-democratas, progressistas e toda a esquerda em geral acreditam firmemente, e erroneamente, que sindicatos são capazes de aprimorar o padrão de vida dos assalariados de todo o sistema econômico. E acreditam que eles conseguem fazer isso por meio da imposição de aumentos salariais ou de reduções na jornada de trabalho sem concomitantes reduções salariais. Ao pensarem assim, esses grupos ideológicos cometem a falácia de pressupor que, dado que ganhar mais dinheiro é obviamente um objetivo inteligente para um assalariado buscar, então se todos os assalariados conjuntamente reivindicarem o mesmo para si, tal imposição será igualmente benéfica para todos conjuntamente.
      Para continuarem existindo, sindicatos necessitam de um “sangue fresco” que possa ser continuamente sugado. Sua mais abundante e fecunda fonte nas últimas décadas tem sido os funcionários públicos, que hoje formam a maioria de seus membros. Ao fazerem vultosas contribuições para a campanha de políticos corruptos, e ao obrigarem seus membros a votarem em massa nestes políticos, os sindicatos dos funcionários públicos podem garantir salários e aposentadorias magnânimas (para não dizer bizarras) para seus membros, tudo financiado pelos pagadores de impostos do setor privado. Em face das iminentes falências governamentais ao redor do mundo, este processo parasitário vem encontrando crescente oposição. A esperança do setor produtivo é que ele esteja hoje próximo de seu fim.
      Sindicatos ( que por si só deveriam se unir como comunidade para um bem maior, mas só lutam pelos seus interesses salariais particulares, principalmente os líderes que criam um tipo doentio de lutas de classes)…

      • Loremarie disse:

        “Jamais vi sindicatos fazendo manifestação pela redução de impostos que são de seu interesse.”
        Não é justamente o caso do fim do imposto sindical? Afinal é dai que vem o principal financiamento dos sindicatos.

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        Normal. Eles só estão brigando contra a atual norma porque querem a grana toda só pra eles. Quando só existia a CUT era uma coisa; mas, com outras Centrais atuantes, o direcionamento da Contribuição Confederativa da CLT ficou dividido. Se eles conseguirem o “fim do imposto sindical” (a rigor, fim da contribuição confederativa obrigatória com distribuição direcionada de recursos na forma da lei), eles podem reestabelecer nas Convenções Coletivas/Acordos Coletivos essa cobrança – mas direcionando da forma que bem entenderem.
        Boa parte dos Sindicatos da CUT já tem fonte de renda compulsória nas CCTs. Eles podem prescindir da Confederativa, justamente para minguar os recursos para Centrais menores. Aprenda: na economia, tão ou mais importante quanto aquilo que se vê é aquilo que não se vê.

      • Loremarie disse:

        A atuação de sindicatos é sempre prejudicial?

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        Quando agem visando apenas às suas próprias demandas salariais e quando fazem greve coerciva — por exemplo, quando impedem os empreendedores de utilizar seus próprios meios de produção e quando impedem outras pessoas de trabalhar –, sim.
        Quando se limitam a apenas dialogar racionalmente com patrões, sem ameaça nem nada, então são ok. Mas isso nunca acontece.
        Se não fosse a estabilidade compulsória, ninguém se arriscaria a ser sindicalista.
        Por isso mesmo, quando alguém entra para o sindicato, não sai de lá nunca mais. Eles sabem que, se perderem a estabilidade, é rua!

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        Acredito que o sindicalismo é inevitável, e até natural. Lamentável é que ele está arraigado de esquerdismo estatizante e de um espírito “nós contra eles”, onde o patrão é visto como mesquinho e mal.
        Uma das promessas do governo brasileiro é : destino de 75% dos royalties do pré-sal para a educação e 25% para a saúde. De acordo com a reportagem da BBC News Business de 14/05/13 a próxima revolução nas fontes de energia (shalegas, nos EUA) pode tornar a prospecção do pré-sal economicamente inviável por desnecessária. O Brasil com este processo utópico do pré-sal , tem total intervenção governista.
        tudo isso não passa de fantasia; um mero wishful thinking. Podem anunciar a porcentagem que quiser, ela não irá se concretizar.
        Há dois problemas com essa ideia do pré-sal:
        1) Boa parte do pré-sal anunciado simplesmente não existe. Anunciaram vento. Daí a fragorosa queda no valor das ações da OGX, de Eike Batista.
        2) A parte que talvez exista ainda não tem previsão de ser extraída, pois a tecnologia disponível não é viável. Para que a extração de petróleo do pré-sal seja viável, o preço do barril de petróleo no mercado internacional teria de disparar. Desnecessário dizer que qualquer descoberta de novas jazidas em qualquer parte do mundo ou até mesmo a confirmação de novas fontes de energia irá derrubar o preço do petróleo, tornando ainda mais inviável o pré-sal.

    • Terezinha disse:

      Concordo plenamente com você Juliana..

  6. Michele disse:

    Concordo com a demissão dos responsáveis pela prática dessa mentira chamada Lei 100, porém, infelizmente os profissionais ficaram acomodados, portanto chegou a hora dar lugar aos concursados.

  7. shirley disse:

    Será justo efetivar por esse último concurso todos aqueles que foram aprovados. E quem não prestou concurso ou que nem sequer conseguiu ser aprovado. Eis a questão. Passar em uma prova de concurso não quer dizer tudo. Quantas pessoas são excelentes motoristas, mas quando tentam certificar-se em exame, não conseguem, pois passam mal. Muitos desses servidores da lei 100 estão com a mente tão cansada que talvez não conseguiriam passar em uma prova dessas.

    • Renata disse:

      Então, Shirley, se eles estao com a mente cansada, isso revela que nao estao em condições de atuar na área da educação… principalmente na área docente!

  8. marilene pereira dos santos disse:

    É difícil aceitar que o meu lugar que passei no concurso está ocupado por alguém que foi efetivado pela lei 100 criada por políticos para benefício de poucos, uma lei que vai contra a maior lei a CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA, pessoas as vezes despreparadas para exercer a função, conheço umas que não sabe nem manusear um computador e estão trabalhando na secretaria das escolas, como podemos também aceitar isso? Não temos culpa do erro ou crime dos políticos e nem culpa se os efetivados não prestaram concurso, pois oportunidades eles tiveram.
    E mais um erro eles comentem, pegando os ajustados e colocando nas vagas que pertencem a nós que prestamos concurso públicos, professores e ASB estão trabalhando nas secretarias das escolas como ATB, se eles estão doentes para exercer a suas funções, estão também doentes pra exercer qualquer outra, eu nunca vi uma doença ser curada mudando de cargo. É lamentável e injusto.

  9. Kélsen disse:

    Boa reflexão. De certa forma o presente de grego era para estourar nas mãos do próximo governo que esperamos ser qualquer outro menos o do PSDB, mas estourou antes. Independente disso, precisamos de estratégias para atuarmos, seja voltado às eleições, seja voltado, não a defesa da estabilidade, que escancaradamente é inconstitucional, mas das condições da legalidade acerca da contribuição dos 98 mil designados, a não inscrição para o concurso que vc tão bem mencionou e outras coisas. É hora de REINVENTARMOS a gestão.

  10. Elcione Gonçalves disse:

    Na época da Lei 100 ,não fui contemplada com esse presente de grego, menos mal para mim. Recordo de umas colegas trabalhando de graça para esses representantes desse governo para mantê-los no poder por terem efetivadas. É bem claro e verdadeiro que a investidura em um cargo público se dê através de concurso público, essa Lei 100 foi apenas uma forma de enganar uma classe formadora de opiniões, que recebem o mel na boca e acha que será para sempre. O problema da classe é realmente não entender as leis que regulamentam a sua profissão. Acreditam em tudo, e não buscam entender as pilantragens política. Não fizeram o concurso porque entraram pela designação, e dos 98.000 acredito que nem a metade consigam ser aprovado.Quanto ao SindUte melhor não realizar nenhum comentário. Agora é estudar e assegurar sua vaga.

  11. Dionisio disse:

    Acabei de assistir na Globo News o programa do William Waack onde foi tratado o atual cenário econômico brasileiro com 3 economistas convidados e a conclusão é: seja lá quem assumir esse País em 2015 enfrentará as mais dificuldades econômicas possíveis! Esse desgoverno socialista segura preços controlados represando uma inflação que irá pipocar lá na frente. Todos os entrevistados foram unânimes em concordes que esse governo está perdido! Senhores, apertem os cintos que o “piloto” sumiu! Aliás, na verdade, no caso da Dilma, nunca tivemos um “piloto”! Da mesma forma que elefantes não sobem em postes, essa senhora que ocupa hoje a Presidência nunca deveria nem ter chegado onde chegou. Pelo bem do Brasil e de nossas instituições democráticas é urgente que esse desgoverno tenha seu fim agora, antes que seja tarde! Impeachment JÁ!

    • Frederico Baggio disse:

      Mas não tem como ser diferente Dionisio, sou contador e contabilidade e contas públicas não comportam mudanças ao sabor do cliente. O governo jogou no lixo todo o trabalho de estabilização das contas e da economia, já está faltando armário para guardar esqueleto. Preços reais, o choque, tem que ser logo, depois das eleições é crime eleitoral.

    • Frederico Baggio disse:

      O PT QUEBROU O BRASIL! A ECONOMIA VAI EXPLODIR EM 2015, INFLAÇÃO REPRESADA HOJE ESTÁ ENTRE 25 E 30% (GASOLINA E ENERGIA COM PREÇOS DEFASADOS E SEGURADOS ARTIFICIALMENTE COM VISTAS À OUTUBRO – ELEIÇÕES). FORA O RISCO IMINENTE DE RACIONAMENTO DE ENERGIA !

  12. Silvio disse:

    Alguém tem essa “cartinha” para os efetivados da Lei 100, dizendo que eles nem precisariam prestar concurso, porque estavam com o emprego garantido, caso o Governador fosse eleito? Favor publicar!

    • Em nosso Grupo do Sind-UTE Uberlândia, no Facebook, essa cartinha já foi publicada. No Jornal Correio do Triângulo, em entrevista com a Elaine Cristina, Coordenadora Geral do Sind-UTE Uberlândia, também mostramos a Carta.

  13. O fantasma da inflação está de volta.

    Depois daquela inflação galopante que tínhamos no passado, a qual corroia o minguado salário do povo brasileiro, graças ao governo do PT e seus aliados a inflação está pondo suas manguinhas de fora. Se continuarmos a acreditar neste governo, o qual diz tudo está as mil maravilhas, o futuro dos brasileiros, será aquela correria nos supermercados para conseguir preços melhores. Quem sofrerá mais são os assalariados que só podem ir as compras no fim do mês quando os preços já dobraram o valor. Até os acomodados do bolsa família sofrerão as conseqüência, pois verão sua ajuda virar pó diante da esmagadora inflação. Não se esqueçam 2014 será o divisor de águas, ou mudamos de rumo ou fatalmente cairemos no abismo da inconseqüência desastrosa de não sabermos escolher com critério os nossos governantes.

    Paulo Luiz Mendonça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s