Fascista Bolsonaro é esfaqueado, mas quem mesmo estava pregando fuzilar petistas?

Sou contra a intolerância política. Sou contra sair por aí matando os outros, por divergência política, não importa quem seja, se de direita ou de esquerda, ninguém precisa ser assassinado, isso é barbárie. Porém, é preciso ser claro: Bolsonaro, com sua posição fascista, estava pregando matar a esquerda. Não podemos esquecer que Bolsonaro, no sábado passado, no Acre, em comício, no auge de sua intolerância política, encenou fuzilar petistas, e muitos aplaudiram essa bestialidade do candidato. O fato é que Bolsonaro semeou o discurso da bala, ao invés de defender a democracia, ao invés de defender a tolerância política, ao invés de defender que as diferenças se resolvam no voto. Bolsonaro defende armamento da população, ou seja, defende que as pessoas MATEM, incentiva que os conflitos sejam resolvidos no TIRO, fica por aí fazendo fotos de atirador, incentivando nossas crianças e jovens a naturalizarem a ideia de assassinato.

Ora, há uma sabedoria religiosa antiga que diz o seguinte: “quem com ferro fere com ferro será ferido”! Para quem está numa coligação “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos”, a posição do fascista Bolsonaro de defender matar a oposição, de defender armar o povo para resolver conflitos na bala, não tem nada de religioso. Resumindo, Bolsonaro, infelizmente, é vítima daquilo que ele mesmo prega como solução para o país. Quando se semeia a morte, nunca se sabe como os outros vão interpretar essa pregação.

Como socialista livre, acho que o caminho não é o fascismo. Isso só vai ampliar o derramamento de sangue no Brasil. Será que Bolsonaro e seus seguidores vão entender que a democracia ainda é o melhor que a sociedade conseguiu construir até hoje? Ou vão continuar pregando fuzilamento da esquerda? Esperamos que o bom senso prevaleça em meio a tantas divergências. Sem a população estar armada, já estamos assim, imagina se a ideia fascista do Bolsonaro vence e cada um saia por aí exibindo um revólver, o quanto de gente não vai morrer, num mundo de tanta intolerância política.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – EDITOR dos BLOGs: https://professorgilber.wordpress.com/  e www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Fascista Bolsonaro é esfaqueado, mas quem mesmo estava pregando fuzilar petistas?

  1. Finalmente um post lúcido. Todos sabemos o quanto Bolsonaro provocou a sociedade com desrespeito e deboche

  2. (continuação) às mulheres, as famílias, aos homossexuais, etc. Não quero justificar o ato violento, mas o compreendo como uma reação a tanto ódio que ele mesmo espalhou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s