Intervenção no Rio de Janeiro: ensaio RUMO AO GOLPE MILITAR!

Os golpistas que enterraram a democracia no Brasil, ao derrubar, sem prova de crime algum, a Presidente Dilma Rousseff, e que agora preparam para executar a prisão de Lula, para fazer uma eleição fraudulenta, mostram que estão dispostos a tudo para perpetuarem-se no poder e governar contra a classe trabalhadora: o plano B dos golpistas é o exército, é a ditadura armada, são os generais.

Temendo a mobilização popular no Rio de Janeiro que já avisou, com faixas nas entradas das favelas, que não aceitará a prisão de Lula, e com medo de que essa latente rebeldia popular, carioca e fluminense, se espalhe por todo o país, os golpistas, usando da desculpa de combate ao crime organizado, instauram um ensaio de governo militar no Rio de Janeiro. Mas o recado é bastante claro. Para perpetuarem-se no poder, caso sintam que uma rebelião popular insurja em todo o país, principalmente contra a prisão de Lula e as malditas reformas do empresariado golpista, o GOLPE DE ESTADO chamará os militares para governar com seus fuzis. É balela o discurso de que vão combater o crime no RJ. Os golpistas têm outro objetivo: conter o descontentamento social dos pobres na base das metralhadoras.

Diante ao ataque da tirania do Judiciário que condena Lula sem provas, do vampiro capitalista Temer, da mídia burguesa mentirosa, dos golpistas do Congresso Nacional, do Exército servil à burguesia, a classe trabalhadora só tem um caminho: se mobilizar e derrotar a nova ditadura que está se instalando aos poucos nessa colônia chamada Brasil. Não à reforma da Previdência. Abaixo a intervenção militar no Rio de Janeiro. Não à prisão de Lula e pelo direito de Lula ser candidato. Fora Temer e todos os golpistas. Dia 19 de fevereiro, esse deve ser o grito da classe trabalhadora brasileira nas ruas de todo o país.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – EDITOR dos BLOGs: https://professorgilber.wordpress.com/  e www.socialistalivre.wordpress.com

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s