Dia 24: uma só luta, muitas políticas… Marchemos para VENCER!

Com toda certeza, o Ocupa Brasília foi uma vitória das várias organizações da classe trabalhadora que resistem aos ataques do governo golpista de Michel Temer e todos os parlamentares golpistas que o apoiam, juntamente com setores da classe dominante. Por que foi uma vitória? Porque foi imensa a multidão que marchou nas ruas da capital para dizer não às reformas e pela derrubada do governo, mostrando que a classe trabalhadora não está disposta a entregar o direito de se aposentar, muito menos os direitos trabalhistas,  para a lata de lixo da história nacional.

Marcha da unidade da classe trabalhadora? Mais ou menos.

A diversidade de conflito de interesses existentes nas cúpulas das direções das centrais sindicais faz parecer que, embora se esteja lutando contra as políticas de um governo, maior ainda parece a luta interna dos organizadores do movimento. Rispidez nos discursos de uma central contra outra central foi ouvido por mim. Isso ajuda em que mesmo? Isso faz a classe trabalhadora derrotar as reformas como mesmo?

Fora Temer, diretas já; Fora Temer, diretas ou indiretas, desde que a classe trabalhadora não fique de fora; Fora Temer, anulação do impeachment; Fora Temer, Eleições Gerais; Fora Temer, Lula 2018; abaixo o Golpe de Estado; Não às reformas; Nenhum direito a menos; são algumas das principais políticas que se manifestavam na marcha, mas obviamente algo era comum a todos os manifestantes: NÃO ÀS REFORMAS, PELA DERRUBADA DO GOVERNO!

Pensar diferente, marchar juntos? Ah… esse sectarismo!

Desde a chegada em Brasília, às 6:00 da manhã, corria o burburinho da falta de acordo quanto ao horário de saírem em marcha. Uns querendo ir mais cedo, outros querendo ir mais tarde. Enfim, uma luz baixou nos dirigentes das cúpulas das  centrais sindicais e saíram às 12:00. Menos desastroso. Imaginem uns saindo às 10:00 e outros ficando para trás para sair às 14:00, como se dizia? Os trabalhadores ganham o que mesmo com essas picuinhas?

E o combate? Foi unitário?

Por que enquanto uma multidão ainda descia rumo à esplanada, algumas centrais já voltavam? Cansaram no meio do caminho? A Força Sindical e a UGT logo logo que se depararam com as bombas de gás começaram a voltar? É isso? Por que o caminhão da CUT, a maior central do país, que denuncia o golpe, inclusive por isso é a central que hoje reivindico, ficou, no final, há mais de 500 metros do carro oficial da “unidade” do ato, ao invés de ir para a Esplanada do Congresso Nacional? A CUT acha que vai derrotar um golpe de estado chamando seus militantes para nunca sujarem as narinas de gás lacrimogêneo ou de spray de pimenta? Lamentável a falta de resistência da cúpula da CUT, ao não se juntar e ao não orientar seus militantes a se juntarem aos milhares de militantes combativos que resistiram em frente à esplanada do Planalto, mesmo sob os ataques de bombas de gás da PM ditatorial. Vamos derrotar essa política golpista do governo sem mostrar nossa resistência? Vamos à Brasília com mais de 100 mil pessoas, e chegando lá a gente abdica de fazer o ato onde tradicionalmente o fazemos, por conta que a PM resolveu dissuadir o ato? Alguém acredita que assim vamos derrotar golpe de estado mesmo?

Resumindo!

Não haverá saída fácil para a atual crise política e econômica que o Brasil está atravessando fruto da luta de classes acirrada que se instalou aqui. Como militante socialista livre, acho que o exército de luta da classe trabalhadora está grande e crescente. É possível derrotar o governo golpista e sua política de retirada de direitos, mas um pouquinho mais de solidariedade, de resistência, e de unidade na luta de classes, e menos personalismo partidário das cúpulas sindicais ajudaria na nossa demonstração de força, enquanto classe trabalhadora. Não marcho para fazer carnaval para cúpulas políticas. Ninguém deve marchar por isso. Devemos marchar para VENCER. É para isso que os trabalhadores deixam suas casas e ocupam Brasília ou ocupam as ruas ou fazem greve geral: para VENCER!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Dirigente estadual do Sind-UTE/MG e da Subsede Uberlândia – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

 

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s