GREVE GERAL dia 28 de abril: essa luta é imprescindível!

Para consumar o Golpe de Estado, a burguesia não precisa apenas mudar o regime político brasileiro, destruindo a democracia e o presidencialismo governamental, eleito de quatro em quatro em anos, tal qual nos acostumamos, após a Nova República, pós regime político da ditadura militar. A classe dominante que arquitetou o Golpe de Estado, destituindo o PT do governo, precisa mais do que simplesmente retirar um partido de esquerda com enraizamento popular do poder. Esta classe dominante quer, no fundo, fazer terra arrasada com os direitos dos trabalhadores.

O PT, mesmo governando em aliança com a burguesia, com o PMDB, etc, realizou um jeito de governar que distribuiu renda com os mais pobres e que preservou minimamente os direitos trabalhistas da classe trabalhadora brasileira. Temer, instituído por meio de um impeachment fraudulento, votado por um bando de picaretas corruptos, está tentando fazer o contrário, conforme a classe dominante golpista lhe solicitou; quer destruir a aposentadoria dos trabalhadores, quer destruir a CLT e quer impor a terceirização irrestrita. Ora, qualquer uma dessas reformas são absolutamente desnecessárias do ponto de vista da classe trabalhadora. Ter direito à aposentadoria, ter direito a férias, décimo terceiro, licença maternidade, carteira assinada, seguro desemprego, salário mínimo reajustável anualmente, não é nenhuma regalia do trabalhador e da trabalhadora. É o mínimo que as pessoas que produzem a riqueza do país deveriam ter. Os golpistas, contudo, querem tirar esse mínimo para pagar taxa de juros de 11% ao ano para banqueiros especuladores do país.

Contra essas reformas dessa corja golpista, portanto, não há outra saída para a classe trabalhadora brasileira, senão realizar a maior GREVE GERAL dos últimos tempos no dia 28 de abril. Vamos derrotar o GOLPE de ESTADO e suas políticas nefastas. Em Uberlândia, a manifestação será às 16h, na Praça Ismene Mendes, antiga Tubal Vilela. Participem. Abaixo o GOLPE DE ESTADO e suas REFORMAS NEFASTAS.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Dirigente estadual do Sind-UTE/MG e da Subsede Uberlândia – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

 

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Uma resposta para GREVE GERAL dia 28 de abril: essa luta é imprescindível!

  1. Divino disse:

    Grande Gilber, a capacidade e a escolha de primeiro julgar é bem antiga (“soltem Barrabás!”). A liberação e flexibilidade de critérios para absolver parceiros e condenar críticos é muito comum ainda na maioria das sociedades brasileiras. Quando uma sociedade tomou conta do sistema de saúde na Gestão Gilmar em Udia, foi só para ajudar a piorar e facilitar a volta do carneiro-lobo e as políticas de concessão de serviços públicos? Mas, a coerência entre discurso e ação continua sendo a única forma de expandir o nível de compreensão, crítica, engajamento, voto e mudanças no conceito de Justiça no longo prazo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s