GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO: pontos fortes e pontos fracos!

A greve nacional da educação, convocada pela CNTE, completa hoje 15 dias, e tem servido como divisor de águas para chamar atenção da população brasileira contra a Reforma da Previdência dos Golpistas e nossa GREVE logrou uma primeira vitória, fazer o governo Temer desistir de votar a Reforma da Previdência no dia 28 de março, pois não conseguiria arranjar apoio suficiente no Congresso Nacional para obter os votos de dois terços dos deputados. Esse é um PONTO FORTE do chamado pela greve nacional.

Outro PONTO FORTE, a greve nacional da educação, onde está ocorrendo, conseguiu abrir diálogo com a população, fazendo com que a GREVE ganhasse parcelas da opinião pública para ficar contra a Reforma da Previdência pretendida pelo governo golpista de Temer.

Mais um PONTO FORTE da greve nacional da educação, milhares de ativistas invisíveis nos palanques públicos, mas líderes em seus locais de trabalho, passaram a organizar panfletagens em feiras, em igrejas, em terminais de ônibus, fazendo passeatas em bairros, furando o bloqueio que a mídia burguesa sempre utilizou para esconder os movimentos de luta da população. O trabalhador e a trabalhadora em educação estão indo onde o povo está, o que tem feito com que deputados golpistas governistas fiquem com a pulga atrás da orelha, receosos de votar contra a vontade do povo.

Outro PONTO FORTE, Minas Gerais, estado onde trabalho e milito, possui uma das mais fortes greves dos últimos tempos, com adesão massiva na rede estadual e em diversos municípios do estado.

Mas nem tudo são flores. A GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO também possui seus PONTOS FRACOS. A APEOESP, maior sindicato da educação do país, votou a favor da greve nacional da educação no Congresso da CNTE, mas, na prática FUROU A GREVE, só chamando uma paralisação de três dias a partir do dia 28 de março, ou seja, deram um grande mal exemplo de falta de solidariedade de classe, traindo a GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO. Outros estados menores também não estão fazendo a GREVE NACIONAL, o que explica em parte o silêncio da mídia burguesa em relação à greve nacional da educação. Se o país todo estivesse mobilizado como Minas Gerais está, o silêncio seria impossível.

Por que é importante conhecer os pontos fortes e os pontos fracos da GREVE NACIONAL DA EDUCAÇÃO? Porque disso depende a vitória definitiva do movimento. Para derrotar a REFORMA da PREVIDÊNCIA, em seu conjunto, seria preciso que todos setores da educação, em todos estados e municípios, além de diversos outros setores de trabalhadores, estivessem na luta, no Brasil todo. Nesse sentido, Minas Gerais está dando exemplo de mobilização para o país todo, mas não basta dar bons exemplos para galgar vitórias na luta de classes. É preciso ter um exército forte unido em âmbito nacional para derrotar a reforma da previdência, porém, muitos só falam em GREVE GERAL da boca para fora, na prática, não tem coragem e organização suficiente para fazer. A greve nacional da educação, tirada pela CNTE e furada por dirigentes sindicais, em alguns estados, como São Paulo, é um exemplo de como a solidariedade de classe está perdida no país. E é preciso dizer que as entidades possuem direções, e as direções são ligadas a partidos políticos, e depois a culpa dos avanços da direita é do povo? Penso que não!

Dia 28 de abril está marcada um dia de GREVE GERAL. As direções sindicais, das diversas centrais, vão colocar todo o seu corpo e pescoço nessa luta ou vão encarar como mais uma GREVE NACIONAL para os “outros fazerem”? Eis a questão!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Dirigente estadual do Sind-UTE/MG e da Subsede Uberlândia – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

 

 

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s