Ato em Uberlândia: uma boa manifestação, apesar de sua direção antidemocrática!

Participei do ato público hoje em Uberlândia e ajudei juntamente com outros companheiros e companheiras do Sind-UTE Uberlândia a convocar pessoas para a manifestação unitária na base das escolas. Fizemos uma roda de conversa com os trabalhadores e trabalhadoras em educação presentes na Praça Tubal Vilela e dessa roda de conversa marcamos outra reunião para sábado dia 11 de março, na sede do Sind-UTE Uberlândia, às 10:00, para construir os próximos passos da luta em nossa cidade, lembrando que iremos construir greve por tempo indeterminado a partir do dia 15 de março.

O ato foi importante para mostrar para a população que há resistência contra a reforma da previdência, há resistência contra os ataques às mulheres, há resistência contra a política dos golpistas. Aliás, o Sind-UTE/MG foi um dos poucos sindicatos que fizeram greve, juntamente com o chamado da CNTE, nesse dia 08 de março, para denunciar que as mulheres trabalhadoras do Brasil, e milhares de mulheres professoras vão perder sua aposentadoria especial. Consideramos muito positiva a atuação do Sind-UTE em Uberlândia e em todo estado para que esse dia de luta ocorresse com sucesso.

Em Uberlândia, várias escolas pararam e trabalhadoras e trabalhadores em educação compareceram para fortalecer o ato unitário com o SINTET e a ADUFU e vários outros movimentos. Além de outros companheiros e companheiras que viajaram para manifestação em BH.

Lamentavelmente, nem tudo são flores, por um critério totalmente antidemocrático, beirando o sectarismo, fomos informados no ato que havia uma imposição de que homens não falariam na manifestação de hoje. Como nossa Coordenadora Geral do Sind-UTE, Elaine, estava na assembleia estadual em BH, tivemos um problema, as trabalhadoras e os trabalhadores não puderam conhecer o trabalho de luta que os dirigentes do Sind-UTE estão encaminhando, em Uberlândia e no estado todo.

Liliane falou representando a base do Sind-UTE Uberlândia, para pelo menos demarcar que o Sind-UTE estava presente na manifestação, com nossa base, mas os dirigentes do sindicato não puderam falar no ato, por serem homens. É lamentável essa visão antidemocrática que não consegue construir um ato político com democracia operária, como se a luta contra o machismo não fosse uma luta também de companheiros homens militantes, juntamente com as companheiras mulheres.

Ora, a dita “esquerda”, ao invés de evoluir, regride, pois em um ato público, supostamente unitário, um sindicato que teve 50% de paralisação nas escolas de Uberlândia teve sua direção impedida de falar por decisão burocrática da direção de um movimento que era para ser conjunto. Concluindo: não é fácil construir unidade com a “esquerda pequeno-burguesa” que se julga a “dona” do movimento social. Lutamos por um mundo em que homens e mulheres vivam em democracia, em plena igualdade de direitos e deveres, não um mundo em que um domine ou cale o outro. Do mesmo modo, lutamos por um mundo em que os movimentos e sindicatos respeitem uns aos outros, sem essa de uma entidade  cercear politicamente a fala de outras. Retrocesso da democracia operária em Uberlândia.

No dia 15 de março, o dia da greve geral, qual vai ser a desculpa para uma entidade proibir a outra de falar? Essa é a pergunta que fica no ar.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Dirigente estadual do Sind-UTE/MG e da Subsede Uberlândia – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

2 respostas para Ato em Uberlândia: uma boa manifestação, apesar de sua direção antidemocrática!

  1. gabriel disse:

    Por que isso continua acontecendo nas manifestações em Uberlândia. A lógica de que as pessoas devem ser guiadas por um pequeno grupo, o qual de forma nada democrática decidi como irá funcionar um ato com várias pessoas. Por que continuamos a revigorar esses discursos? Aqueles que continuam com suas decisões antidemocráticas e permanecem blindados por seus partidos e grupos transparece ser um grupo tão intolerante.

    E Gilber, até as críticas apresentadas, correm o risco de serem limitadas por um ataque personalista destes pequenos burgueses reduzindo o problema a “machistas não passarão”.

    • Lamentavelmente é o que a esquerda pequeno burguesa sabe fazer, esconder-se atrás de puritanismos ideológicos para não encarar a verdade de que a liberdade do ser, seja homem trabalhador, mulher operária, homossexuais, é uma luta coletiva, e não uma isolada de um setor oprimido ou outro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s