Não podemos deixar a direita golpista reeditar 1964 no Brasil: o que fazer?

Ontem, 18 de março, a classe trabalhadora antigolpista colocou milhares nas ruas contra o GOLPE de ESTADO no país. Em resposta ao ato gigante dos trabalhadores contra o golpe, Gilmar Mendes, ministro golpista do STF, barrou a posse de Lula e devolveu o processo contra Lula para as mãos do inquisidor golpista, Juiz Sérgio Moro.  O que significa o acinte golpista do ministro do STF e da direita golpista, logo após o ato da esquerda ontem? Significa que a direita golpista está disposta a reeditar 1964 no Brasil, na marra e na força.

Em 1964, a classe trabalhadores brasileira, e suas organizações de esquerda, ficaram dormindo politicamente e esperaram um GOLPE colocar no silêncio, por mais de vinte anos, os lutadores do nosso país. Na época, toda a esquerda fugiu ou se calou, no momento do GOLPE. Apenas Leonel Brizola tentou resistir, mas não conseguiu reverter a avalanche golpista.

Vamos deixar a direita e o empresariado golpista nos amordaçar por mais vinte anos? Não é verdade que a população como um todo está apoiando o GOLPE, como diz a imprensa burguesa. Há milhões de pessoas de bem que entendem que é necessário respeitar a democracia, mesmo não tendo a menor simpatia pelo governo de Dilma Rousseff. Sabem dos crimes que foram feitos no período da ditadura brasileira e não querem ver seu direito ao voto e à luta ir parar na lata de lixo da história.

O que está em jogo no Brasil é apenas derrubar Dilma Rousseff ou Lula? Não. Querem colocar um governo autoritário no Brasil para se safarem da crise econômica mundial do capitalismo, usando aqui da desculpa de combater a corrupção, quando na verdade querem esfolar os direitos sociais e políticos da classe trabalhadora, para a burguesia voltar a ter lucros. O que fazer, então, para derrotar o GOLPE, já que a direita vai tentar impô-lo sim ou sim?

É preciso disputar cada consciência desse país para estar do lado correto, que é a luta contra o retrocesso político no Brasil. Isso tem de ser feito em todos os espaços sociais: nas famílias, nas igrejas, nos botecos, nas fábricas, nos campos e quadras de futebol, nos bairros da periferia, nas conversas de rua, no whatssapp, no facebook, em todas salas de aulas do país, ensino fundamental, ensino médio, ensino universitário. Temos, em nossa militância diária, observado que muitos são totalmente passíveis de serem convencidos a lutar contra o GOLPE. Então, temos de fazer manifestações e discursos todos os dias contra o GOLPE, em todos os espaços que for possível. E também é preciso convocar dia de greve em todos os sindicatos para encher Brasília, no dia 31 de março, colocando 1 milhão de trabalhadores lá, ocupando o Congresso Nacional, e exigindo que seja abortado o processo de impeachment.

Pouco importa se gostamos do Lula ou da Dilma, que na prática já não governam, fruto do impasse golpista que a direita criou. Agora precisamos nos unir para derrotar o GOLPE autoritário em curso que está em vias de se consumar no Brasil. E caso sejamos derrotados no jogo do golpe institucional que se avizinha, derrubando-se a Presidente Dilma Rousseff, através de um impeachment golpista, é preciso estarmos fortes e unidos para rechaçar nas ruas o próximo governo golpista. Portanto, caso ocorra o pior, a próxima etapa será a de organizar o CONTRAGOLPE REVOLUCIONÁRIO dos trabalhadores. Estamos em uma luta de classes acirrada, e a luta, face à essa nova crise econômica mundial do capitalismo, está só começando.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE / FRENTE RESISTÊNCIA – Dirigente Sind-UTE/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

Acessem aqui os BLOGs da FRENTE RESISTÊNCIA: www.frenteresistencia.blogspot.com.br ,    www.espacomarxista.blogspot.com,              www.tmarxistaleninista.blogspot.com.br ,              www.socialistalivre.wordpress.com

golpe

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

2 respostas para Não podemos deixar a direita golpista reeditar 1964 no Brasil: o que fazer?

  1. “Não, o Lula não está sendo “perseguido” porque melhorou a vida do pobre e isso incomoda os “ricos”.
    Ele está sendo INVESTIGADO porque é um CORRUPTO que ROUBOU o povo (pobres inclusos) e o país.
    Ninguém tem raiva do Lula porque ele oferece Fies e dá 60 reais por mês pra algumas famílias.
    A gente tem raiva do Lula porque ele depenou as estatais.
    A gente tem raiva do Lula e do PT porque eles roubaram o dinheiro da Petrobras, dos Correios, do BNDES, da Caixa Econômica, do FGTS.
    A gente tem raiva do Lula porque ele tira dinheiro do povo brasileiro e dá pra DITADURAS da América Latina.
    A gente tem raiva do Lula porque ele trata o povo brasileiro (principalmente o pobre) como retardado, com escárnio, dizendo coisas como “o SUS é tão bom que dá vontade de ficar doente”, tirando barato da saúde de quem não pode se tratar no Albert Einstein e no Sírio Libanês.
    A gente tem raiva do Lula porque ele é bilionário e diz que é operário, chama classe média de rico, e promove o ódio de classes como estratégia de dividir o país para conquistá-lo.
    E finalmente: a gente tem raiva do Lula porque, apesar do que diz, ele NÃO resolveu a situação do pobre. Ele apenas deu uma esmola temporária. O pobre continua sem emprego, sem ter como se sustentar, sem saúde e sem educação minimamente dignas.
    Lula é um coronel populista, que usa os menos favorecidos como massa de manobra através de medidas eleitoreiras pagas com dinheiro público.

  2. Coxinha disse:

    não há como esperar mais; O Brasil tem pressa; A economia não suportará mais 2,5 anos de mandato da Presidente Dilma, pois ela não dispõe de credibilidade e de legitimidade suficiente para ficar a frente dos desafios à retomada do bem estar social, da satisfação, do orgulho e da autoestima do povo brasileiro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s