Trabalhadores em educação iniciam o ano escolar em manifestação na Cidade Administrativa

Os/as trabalhadores/as em educação de Minas Gerais não têm dúvidas de que só a luta garante conquista. Prova disso foi a grande mobilização que fizeram nesta sexta-feira (5), véspera de Carnaval, na Cidade Administrativa.

Caravanas de servidores da educação vindas de todas as regiões do Estado deram o tom de como será o enfrentamento que farão ao governo caso o acordo assinado em maio de 2015 e transformado na Lei estadual 21.710/15, não seja cumprido.

A mobilização surpreendeu! Vieram caravanas de todas as regiões do estado. Belo Horizonte,   Betim, Contagem, Unaí, Ribeirão das Neves,  Brumadinho, Esmeraldas, Jaíba, Varzelândia, Bocaiúva, Montes Claros, Espinosa, Porteirinha, Januária, Salinas, Capinópolis, Santa Vitória, Ituiutaba, Araguari,  Uberlândia, Sacramento,  Uberaba, Patos de Minas, Araxá, Viçosa, Muriaé, Ubá, Ouro Preto, Ponte Nova, Juiz de Fora, Conselheiro Lafaiete, Carangola, Campo Belo, Varginha, Passos, Caxambu, Diamantina, Turmalina, Capelinha, Medina, Itaobim, Almenara, Governador Valadares, Teófilo Otoni, Manhuaçu, Caratinga, Ipatinga, Coronel Fabriciano, Divinópolis e Sete Lagoas foram algumas das subsedes/cidades presentes.

Mais de 1.000 trabalhadores participaram da atividade, que teve como objetivo cobrar retorno do governo sobre o imediato pagamento do reajuste do Piso Salarial (11,36%) conforme acordo assinado pelo governador, Lei estadual 21.710/5 e Portaria do Ministério da Educação, o pagamento do  salário do mês de janeiro dos ex-efetivados, a ampliação do número de nomeações de concursados com a mudança na política da perícia médica do Estado, a situação dos 8.000 servidores ex-efetivados adoecidos que foram desligados do Estado, reversão das punições relacionadas à greve das Superintendências Regionais de Ensino e a retomada do diálogo da pauta da categoria.

Com pratos vazios simbolizando que a educação tem fome de Piso Salarial, os educadores ocuparam a Cidade Administrativa  onde, no final da manhã, dirigentes do Sind-UTE/MG foram recebidos pelos representantes do Governo do Estado: Secretários Odair Cunha,  (Governo) e Macaé Evaristo (Educação), numa reunião intermediada pelo deputado Rogério Correia, líder da Maioria na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.

O primeiro ponto da reunião foi o pagamento do reajuste do Piso Salarial. O Sind-UTE/MG questionou sobre como o governo encaminhará o reajuste do piso salarial e o governo alegou que faltam estudos a serem concluídos pela Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag). A reunião foi suspensa e inicialmente foi remarcada para 17 horas e posteriormente remarcada para a próxima quinta-feira (11/02), às 15h, na Cidade Administrativa.

No próximo dia 20 de fevereiro, o Sindicato realiza o seu primeiro Conselho Geral, em Belo Horizonte. Na oportunidade, a categoria vai tirar um calendário de lutas a partir das respostas do governo.

Por: Sind-UTE/MG – In: Sind-UTE/MG

05-02-2016-cidade-adm-prato-500

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s