Governador Fernando Pimentel, perguntar não ofende, confere?

Já estamos no dia 25 de janeiro de 2016, e algumas perguntas precisam ser feitas para o Governo do Estado de Minas Gerais e aos gestores públicos por ele indicados. O Sind-UTE/MG fechou acordo salarial inédito com Governo de Minas Gerais, em 2015, o que foi amplamente divulgado como um avanço pelos trabalhadores, porém, parte desse acordo, na prática, não está sendo cumprido pela atual gestão do governador.

Estamos em janeiro, e, no Triângulo Mineiro, por exemplo, até hoje, nenhum trabalhador em educação recebeu a promoção por escolaridade que foi prometida para ser paga em setembro de 2015. É o governo que está descumprindo o acordo, ou são as SREs da região que não encaminharam em tempo os processos da promoção por escolaridade dos trabalhadores em educação? Até quando vamos esperar?

O Piso Salarial Nacional foi reajustado, nesse ano, em cerca de 11%, e segundo acordo de pagamento do Piso Salarial Nacional assumido pelo governador, fechado com o Sind-UTE/MG na campanha salarial de 2015, esse reajuste seria pago referente ao mês de janeiro de 2016. Em fevereiro de 2016 perceberemos essa parcela governador?

O governo Fernando Pimentel, cumprindo ordem judicial do STF, demitiu os trabalhadores ex-efetivados pela Lei 100. Ok. Até aqui cumpriu-se uma ordem judicial superior. Porém, perguntamos, face ao drama dos trabalhadores ex-efetivados pela Lei 100, por que esses trabalhadores, por exemplo, não foram recontratados automaticamente com vínculo ao Estado, minimizando o sofrimento dos mesmos e de suas famílias, face ao contrato politiqueiro de Aécio Neves e Anastasia que, feito no passado, prejudicou a vida de muitos após o julgamento de inconstitucionalidade da Lei 100? Por que trabalhadores ex-efetivados doentes, impossibilitados de reassumir qualquer contrato hoje ou no futuro, foram demitidos sem perícia médica para saber se deveriam se aposentar ou não, antes de serem mandados para o olho da rua? Por que trabalhadores ex-efetivados pela Lei 100 não puderam sequer colocar seu tempo de serviço real e atual em uma nova lista de pleito à contratação temporária de serviços em 2016? Por que os trabalhadores ex-efetivados da Lei 100, obrigatoriamente, só podem pegar contrato depois da lista dos novos concursados ainda não empossados escolherem seus cargos, sabendo-se que muitos desses trabalhadores ex-efetivados pela Lei 100 foram enganados pelo Governo PSDBista anterior e até o concurso público foram orientados a não prestar? Por que o Governo Pimentel trata essa questão da Lei 100 com tamanha insensibilidade?

O governo do estado também fala em escalonamento de pagamento aos funcionários públicos mineiros que ganham acima de R$3000. Qual trabalhador pediu para parcelar seu salário, governador? Perguntar não ofende, confere?

Não podemos aceitar que os trabalhadores percam direitos. É hora de resistir! É hora de começar nossa mobilização, enquanto classe trabalhadora!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE / FRENTE RESISTÊNCIA – Dirigente Sind-UTE/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais –EDITOR DO BLOG www.socialistalivre.wordpress.com

Acessem aqui os BLOGs da FRENTE RESISTÊNCIA: www.frenteresistencia.blogspot.com.br ,   www.coletivolenin.blogspot.com, www.espacomarxista.blogspot.comwww.tendenciarevolucionaria.blogspot.com, www.tmarxistaleninista.blogspot.com.br , www.socialistalivre.wordpress.com

SL-FR

 

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s