Observações sobre a ‘greve’ dos caminhoneiros e suas reais motivações

Esta manifestação muito se parece com protesto que terminou com o golpe de Salvador Allende na década de 70, no Chile.

Teve início ontem, segunda-feira (9), uma série de bloqueios organizados por caminhoneiros autônomos em diversos estados no Brasil inteiro. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal houve manifestações nas estradas da Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo e Tocantins.

Neste segundo dia, a paralisação segue em nove estados. Segundo informações divulgadas amplamente pela imprensa televisiva, CE, GO, MG, MS, PR, RJ, SC, SP e TO registram bloqueios nas estradas.

Comandado por um grupo denominado ‘Comando Nacional do Transporte’, os manifestantes não representam nenhuma entidade de classe. Há uma semana, a Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos divulgou nota afirmando que “sempre manifestou apoio aos movimentos de interesse da categoria dos transportadores autônomos”, mas considera “imoral e repudia qualquer mobilização que se utilize da boa-fé dos caminhoneiros para promover o caos no país e pressionar o governo em prol de interesses políticos ou particulares”.

A União Nacional dos Caminhoneiros e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logísticas – esta última filiada à Central Única dos Trabalhadores – também se manifestaram de forma contrária a este movimento, que na verdade se trata de um “lock-out”. Ou seja, uma manifestação de caráter patronal e golpista.

Os líderes deste protesto afirmam que representam a categoria e entre suas reivindicações esta o impeachment da presidente Dilma Rousseff. Eles também reivindicam: redução do preço do óleo diesel, aumento do valor do frete, criação do salário nacional unificado, entre outras demandas.

Por não possuir uma liderança legítima, fica claramente caracterizado o verdadeiro intuito deste tipo de ‘greve’. Convenhamos… Não há nada de greve nesta história. O que querem estas pessoas, reunidas sob este título de ‘Comando Nacional do Transporte’, nada mais é do que desestabilizar o país com a finalidade de destituir a presidente Dilma. No mínimo estranho o fato deles não reclamarem dos altos preços do pedágio – em São Paulo, por exemplo, onde estão os mais caros pedágios do Brasil.

Contexto histórico

Em outubro de 1972, no Chile, caminhoneiros fizeram uma paralisação parecida. Não eram trabalhadores assalariados, eram caminhoneiros proprietários de frotas que decidiram parar o transporte no país com apoio da elite chilena e dos grandes empresários internacionais.

Conseguiram provocar o caos promovendo o desabastecimento de produtos de primeira necessidade e então a situação do presidente Salvador Allende começou a ficar insustentável. Dessa maneira, os golpistas de cá se inspiram e pretendem repetir a história no Brasil, em pleno 2015, para derrubar um governo eleito democraticamente.

Por: Tendência Marxista Leninista/Frente Resistência. In: http://www.tmarxistaleninista.blogspot.com.br/

Acessem aqui os BLOGs da FRENTE RESISTÊNCIA: www.frenteresistencia.blogspot.com.br,   www.coletivolenin.blogspot.com, www.espacomarxista.blogspot.com, www.tendenciarevolucionaria.blogspot.com, www.tmarxistaleninista.blogspot.com.br , www.socialistalivre.wordpress.com

Socialistas Livres II

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

3 respostas para Observações sobre a ‘greve’ dos caminhoneiros e suas reais motivações

  1. é isso mesmo o movimento só quer derrubar o governo mais corrupto de todos os tempos, e não é apoiado por sindicalistas vagabundos, por esse motivo é a grave mais legítima da história do país, pois não visa apenas o benefício próprio mas o mútuo! isso é o verdadeiro sentido de comunismo, e não essa lobotomia marxista!

  2. Coxinha disse:

    Uma presidente da república que demora sete dias para comparecer a um cenário de tragédia, com perdas de vidas humanas e uma destruição ambiental incalculável, de fato é uma presidente totalmente desorientada sobre o que tem que fazer diante do país que governa. Até agora não fez nada de concreto. PT socialista corrupto e incompetente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s