Governabilidade? Sim. Mas para quem?

Dilma Rousseff invoca o discurso da governabilidade para levar o governo à direita. Junto à militância petista mais inquieta e junto a setores dos movimentos sociais à esquerda que votaram na Presidente Dilma Rousseff, em Congresso do PT, a Presidente Dilma chama a militância mais crítica, que nela votou, para abaixar a guarda e aceitar que o Ministro Joaquim Levy, o recém-nomeado “militante dos banqueiros”, o “mão de tesoura”, faça os cortes que supostamente seriam “necessários” na economia brasileira. Necessários para quem, cara pálida? O governo vai cortar juros da dívida paga aos banqueiros? Com um ministro, “militante dos banqueiros”, está óbvio que não.

No seu chamado ao conformismo, disse Dilma Rousseff: “Nós temos que tomar as medidas necessárias, sem rupturas, sem choques, de maneira gradual e eficiente como vem sendo feito. Temos que estar unidos. Eu preciso do protagonismo de todos vocês e neste protagonismo destaco o PT. O PT tem maturidade e hoje, depois de todo esse período sabe que precisamos ter legitimidade e governabilidade”.

Ora, em uma conjuntura em que Aécio Neves (PSDB), junto com sua tropa fascista, insistem na tese de criminalizar a Presidente Dilma Rousseff por “irresponsabilidade fiscal”, buscando legitimar um suposto impeachment da presidente eleita, ceder o governo para a direita, em troca da “governabilidade”, é, em meu ponto de vista, um chamado à desmobilização dos trabalhadores e trabalhadoras. Não garantirá nem a governabilidade, muito menos garantirá conquistas para os trabalhadores.

Desmobilização não vai fazer a classe trabalhadora avançar em seus direitos, ao contrário, a “governabilidade”, nesses termos invocados por Dilma Rousseff, será apenas uma “governabilidade” em favor do capitalismo, em favor dos banqueiros, em favor da burguesia, fazendo com que o governo do PT se misture cada vez mais com a “governabilidade” pregada pelo PSDB: governabilidade em favor do grande capital.

Cabe aos trabalhadores e trabalhadoras que votaram em Dilma Rousseff não caírem nesse discurso conformista e rebaixado, em nome da “governabilidade”. Revolucionar é possível. Nada de ceder às chantagens da DIREITA POLÍTICA. Vamos nos organizar e ir à luta e construir a governabilidade da classe trabalhadora.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

Socialistas Livres II

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Governabilidade? Sim. Mas para quem?

  1. Julio Cesar Moura disse:

    O marxismo sim é fruto da dialética hegeliana. Segundo o marxismo, assim como na fiolosofia hegeliana o bem é gerado a partir da antítese entre o bem e o mal. Basicamente Hegel e Marx consideram o mal como criador do bem. Não é apenas uma questão de política prática, é mais profundo, é uma questão ideológica, perversa. Outra grande contribuição à ideologia marxista é o racionalismo kantiano. Este, um idiota por completo, achou muito mais viável um caminho alternativo ao fardo de ter de entender a realidade: Inventá-la. O homem por si só pode desde Kant ter a sua própria realidade. É notório o quão distante da realidade, da verdadeira justiça e do bem estar social passa a interpretação marxista da realidade. Ademais, Hobsbawm não deve ser respeitado nem por um estudante de ensino médio. Alguém que dedica sua vida a proteger regimes assassinos justificados por um bem sempre futuro e hipotético enquanto faz carreira no lobby esquerdista não merece mesmo o respeito de ninguém que tenha um mínimo compromisso com a moral e com a verdade. Finalizando, ser de esquerda é ter uma visão de mundo completamente deturpada, seja por idiotice, seja por safadeza mesmo. No fim das contas acaba que para um lado matar é bom e justificavel, ainda mais se for por um bem que ninguém nunca viu, mas acredita com fé religiosa; a inanição é consequencia da busca por este bem comum; liberdades são futilidades da sociedade burguesa; desenvolvimento pessoal, um crime para quem não tem a capacidade de crescer. Nada melhor que uma miseria geral para deixar todo mundo igualmente infeliz.
    Don´t feed the trolls.

  2. Bixo disse:

    Gílber, porque você não contesta os fatos narrados na obra “O Livro negro do comunismo”?
    São fatos históricos, e infelizmente para os adeptos atuais do marxismo deve ser duro admitir que os fins não justificam os meios. Por mais bonito que seja o ideal de Stálin ele foi um ditador e assassino em massa.

  3. Rodolfo Aurich Balzer disse:

    Fora socialismo livre. Diretório Nacional do PT aprova expulsão de envolvidos em esquemas de corrupção.
    Partido aprovou documento-base em reunião na manhã deste sábado.
    O que adianta mudar o nome do CÂNCER? Precisa ver se as células cancerígenas continuam na doença!
    Mudar de pelo, não significa que vai mudar de hábito!
    Quem repete por aí que todos são iguais, banalizando os infindáveis escândalos de corrupção da era lulopetista, ignora ao menos duas diferenças básicas: primeiro, a magnitude da coisa, que atingiu patamares nunca antes vistos na história deste país; segundo, a reação do próprio PT, que se nega a cobrar investigações e punir os seus corruptos.
    Foi assim no “mensalão”, quando mesmo depois de julgados e condenados em última instância, os corruptos da alta cúpula partidária foram tratados como heróis injustiçados, e a própria Justiça foi alvo de duros ataques, principalmente o ministro Joaquim Barbosa. O PT fez sua escolha oficial: José Dirceu é o “guerreiro do povo brasileiro”, e Barbosa o “inimigo do povo”. Agora, com o “petrolão”, tudo já indica que a postura do PT será a mesma.
    No epicentro do escândalo, acusado com várias evidências de ser o operador do PT dentro do esquema de desvio na Petrobras, está o tesoureiro do partido, João Vaccari Neto. E qual a reação do partido diante disso? Cobra investigações? Pede punições caso comprovados os desvios? Só rindo. O partido recebe o suspeito com aplausos efusivos. Isso mesmo: Vaccari foiovacionado em evento do PT:
    Um dos alvos da Operação Lava-Jato, que investiga desvios bilionários na Petrobras, o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto, foi blindado pelo partido e ovacionado pelos integrantes do Diretório Nacional, nesta sexta-feira, durante reunião em Fortaleza. O desagravo e as palmas, puxadas pelo presidente do PT, Rui Falcão, aconteceram no encontro que, mais tarde, teve a participação da presidente Dilma Rousseff.
    Ao falar sobre as finanças do PT, em encontro fechado em um hotel de Fortaleza, Vaccari se disse injustiçado e aproveitou para se defender das acusações de que seria um dos beneficiários do esquema de recebimento de propinas da Petrobras e de empreiteiras que mantêm negócios com a estatal.
    O tesoureiro afirmou aos integrantes do Diretório Nacional: “Nunca fiz nada de errado”. Vaccari disse não ter “nada a temer” e alegou que vem sendo alvo sistemático de “injustiças”. Ele explicou aos petistas que seus sigilos bancário, fiscal e telefônico estão abertos desde 2000 e que nunca ninguém encontrou nada que o desabonasse.
    Ou seja, fez aquilo que os petistas mais fazem: apelou para a vitimização, colocou-se como um pobre injustiçado, alvo de calúnias. Pelo visto, os membros do partido ali presentes, a começar por seu presidente, Rui Falcão, ficaram muito satisfeitos com as “explicações”, e ponto final. O homem é um herói nacional, praticamente um santo, e por suas virtudes é atacado por golpistas da oposição.
    Com esse tipo de postura, partindo do próprio comando do PT, ninguém poderá reclamar depois quando os petistas forem acusados de cúmplices. Não há mais como sustentar a ignorância. O PT não tem mais membros por afinidade ideológica, apenas parceiros do crime, sócios do butim, cúmplices que aceitam os métodos obscuros e corruptos como legítimos.
    Gente que valoriza princípios iria cobrar investigações e lutar para expurgar do partido os criminosos. Mas o único princípio do PT é não ter princípios. É possível dizer sem medo de errar: o PT não é mais sequer um partido, e sim um ajuntamento mafioso que toma a corrupção dos seus como um método aceitável para seu fim “nobre”, qual seja, a eterna permanência no poder. São todos coniventes!
    PT repete “mensalão” e trata suspeito do “petrolão” como herói injustiçado http://oglobo.globo.com/…/diretorio-nacional-do-pt…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s