Revista VEJA: jornalismo ou folhetim de guerra?

A cada edição um ataque, esta é a tática do Folhetim de Guerra Revista Veja. Não satisfeita com a derrota nas urnas do candidato Aécio Neves, abraçou-se com o discurso direitista-fascista que quer fazer o impeachment da presidente eleita, antes de sua posse. Vai dar certo a guerra direitista da Revista Veja?

Mais uma edição da Revista Veja está nas bancas, falando de um suposto e-mail enviado a Dilma Rousseff, em 2009, pelo delator “premiado” Paulo Roberto Costa (delator “premiado” mesmo, pois nunca vi um corrupto assumido com tanta autoridade jornalística junto à Revista Veja e afins), e-mail, este, sugerindo que Dilma sabia do esquema de corrupção da Petrobrás desde 2009 e não fez nada.

Enfim, esta e outras recentes edições da Revista Veja possuem o único propósito de tentar incutir na população que Dilma e Lula são criminosos políticos, logo, deveriam ter seus direitos políticos cassados. Junto a isso, vem a naturalização discursiva fabricada pela Revista Veja de que “todo político de esquerda é corrupto”, uma vez que os partidos de direita como o PSDB/DEM são poupados dos casos de corrupção narrados pela Revista Veja, enquanto, por exemplo, se evita dizer que partidos de esquerda como PSOL, PSTU, PCB, PCO, por exemplo, jamais pegaram dinheiro de grandes empresários para suas campanhas políticas.

Resumindo, Revista Veja é um Folhetim de Guerra da burguesia capitalista brasileira. Não é JORNALISMO. Engana-se quem a vê como jornalismo sério. É metralhadora IDEOLÓGICA DA DIREITA. VEJA e depois duvide!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

Socialistas Livres II

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

24 respostas para Revista VEJA: jornalismo ou folhetim de guerra?

  1. Lilica disse:

    ” NÃO BASTA Que Todos Sejam Iguais Perante a LEI.
    É PRECISO Que a LEI Seja IGUAL Perante TODOS.”
    ( Salvador Allende )
    Lembram-se de Janira Rocha? É aquela deputada estadual do PSOL do Rio…..
    PSOL é um PT mixuruca, com complexo de moralidade – Chefona do PSOL, aquela que insuflava greve armada de PMs, confessa que tomou grana de sindicato para financiar a própria campanha e o partido; ambos têm de ser cassados, segundo a lei. Agora vamos ouvir o que têm a dizer o Gilber retardado, que acredita em papai noel…..

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      PSTU, PCB, PCO e PSOL: São PT de sauna gay.

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      vejam a cara de pau do PSOL em Manaus, conforme link: (http://psol50amazonas.blogspot.com.br/2013/09/nota-de-repudio-contra-inclusao-da.html). Vocês não acham que é hipocrisia e dissimulação dessa gente!?

    • OS COMUNISTAS MENTEM E ENGANAM PARA SE APOSSAR!
      Socialismo Livre, PSOL, PSTU, PCB, PCO,PT, PDT, PMDB, PSDB e outros satélites do petismo chefiado por Lula, são os dois lados de uma mesma moeda, TODOS COMUNISTAS.
      Vejo esse Gílber como o Stalin, o tirano vermelho. Os comunistas mentem, enganam, para se apossar…
      O Brasil, já resistiu muitas vezes;- o Brasil, jamais concordará em se permitir voltar a ser colônia de qualquer que seja o império; – no Brasil, são inaplicáveis todas e quaisquer táticas e estratégias que visem se apossar da parte fértil do território fértil brasileiro; – o Brasil não permite que lobistas brasileiros – representantes de interesses de fora do Brasil – possam disputar com ele-Brasil, a parte do leão, para os seus representados; – O Brasil merece respeito!
      Os Governantes do Brasil, A Serviço de Quem?
      As governanças que agiram no Brasil durante todo o tempo secretamente estão se declarando, o povo brasileiro não aceita a ditadura do proletariado, opressão, escravidão, dos mais ricos sobre os mais pobres ou o vandalismo dos pobres contra os mais pobres ou contra os ricos do saber que lutaram, estudaram, ralaram, para conseguirem com o trabalho, sua então, estabilidade econômica. Os eternamente pobres, criados pelos comunistas, que na maioria passaram a ser propriedade dos políticos, e continuam votando em quem os afundou na pobreza. Por este motivo que nunca os políticos e governantes lutaram pela educação do povo que seria a grande solução para o problema. E hoje, o MEC está adotando doutrinação gramsciana marxista para os próximos 10 anos, a fim de formar uma sociedade robotizada e obediente ao sistema. É o PNDH3/ONU que Lula assinou, e já estão implantando no Brasil.
      O golpe comunista é um plano de mais de 40 anos e é justamente por isso que a esquerda é maioria e tem o maior poder político dentro do sistema político brasileiro. O país há muito vem sendo preparado secretamente por eles para o golpe que irá mudar o regime e o modo de se governar. E o Ministro do TSE Tofolli já afirmou: não haverá o comprovante nas urnas, não terá como confirmar o voto!

      • Ora, parece piada os discursos desse Jumento do Gílber, sobre doações das empresas privadas em campanha eleitoral. Ele diz que esses partidecos comunistas não aceitam doações da iniciativa privada para suas campanhas, pois para os mesmos só recebem doações de trabalhadores simpatizantes com sua ideologia!

        Se não existe no Brasil investimento publico em campanha eleitoral, então quer dizer que eles vão usar o dinheiro dos sindicatos como fez o PT e faz a CUT em pagar o salário de Delúbios Suares, já que o povão gostam de receber dinheiro em campanha e não doar dinheiro pra partidos e candidatos?

        Pelo que se prega parece que o dinheiro de empresário é dinheiro sujo. Mas eles acham que seu partido é uma igreja evangélica ou católica onde se dá o dízimos e oferta pra manter a casa de Deus e pastores e padres vivendo no oba, oba.

        O Partido da Causa Operária (OCO) usa como meeio de financiamento de campanha a venda de folhetos, revistas e livros, o PSTU tem a mesma visão do PSOL. Mas de onde vem o dinheiro que essa gente usa para fazer suas propagandas em publicidades nas ruas e horário eleitoral já que nada se faz de graça?

        Veja que a mãe e fundadora do PSOL, a ex-candidata à Presidência do Brasil, Heloísa Helena (PSOL) em 2006 deixava claro que não aceitava doações de empresários nem banqueiros para a sua eleição e que a campanha seria financiada somente com doações dos eleitores, coisa que não acontece no mundo real. No entanto, não foi sempre assim. Na sua candidatura de 1998, quando foi eleita senadora pelo Estado de Alagoas, Heloísa Helena recebeu R$ 55 mil em doações de empresas.

        Segundo documento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas, há época, a campanha de Heloísa Helena ao Senado arrecadou cerca de R$ 43,7 mil em doações. Em 1998, quase metade dessa verba veio do Partido Socialista Brasileiro (PSB), que repassou aproximadamente R$ 21 mil para a candidata, deve ser por isso que ela fundou e pulou fora do partido por que sabe que campanha, seja ela qual for precisa de recursos e o povão não faz doações para partidos, só resta os empresários mesmo por que visam o lucro depois de eleitos, isto é, barganhar no governo ou por meio de influencia de deputados, senadores e vereadores eleitos.

        Querendo ser uma religião socialista e promovendo o maniqueísmo com a iniciativa privada, em que o partido é do bem e os empresários são do mal, da mesmas forma que fez o PT em sua origem, agora, o PSOL em seu Estatuto no artigo 71 sobre o meio de vida do partido diz que: “Os recursos financeiros do Partido serão originários de: I – contribuições de seus filiados e simpatizantes; II – dotações do fundo Partidário, nos termos deste Estatuto e do Regimento; III – Rendas eventuais e receitas de atividades financeiras e partidárias, observadas as disposições legais; Parágrafo Único – Não serão aceitas contribuições e doações financeiras provindas, direta ou indiretamente, de empresas multinacionais, de empreiteiras e de bancos ou instituições financeiras nacionais e/ou estrangeiros, sempre no marco das vedações contempladas pelo art. 31 da Lei 9096/95.” Porém todos sabem que publicidade de campanha eleitoral é caro, não se faz nada de forma filantropica eleitoral, tem que ter dinheiro para botar a campanha nas ruas e nas mídias de comunicação.

        Pergunto: Quem banca a campanha do PSOL e outros partidos de esquerda que prega essa mesma piada, já que não tivemos reforma politica que instituísse invertimento publico em campanha, isto é, que o Estado brasileiro banque as publicidades e toda ação eleitoral igualitária para todos os candidatos dando poder de igualdade entre todos e evitando os investimentos interesseiros da iniciativa privada?

        O PSOL diz que não não aceitam doação de empresas e sim do povão, só que os eleitores, trabalhadores que recebem salário mínimo não fazem doação de hum centavo, como eles vão fazer suas publicidades de campanha? Será que o fundo partidário lhes dá condição pra isso? De onde vem o dinheiro dos santinhos, botos, cavaletes, multimídia e outras formas de propaganda?

        Deve ser o Deus todo poderoso da religião PSOL que manda todas as providencias em dinheiro para eles poderem fazer campanha, por que com o fundo partidário e contribuição de filiados não dá para manter sequer as ordens burocrática administrativa da entidade partidária. GÍLBER seu alimento é a mentira…..

    • Virgulino disse:

      É incrível que esses socialistas são tão discarados, e ainda usam a moral, como argumento logicamente falso, para fazer a cabeça de celebridades de tico e teco. Agora que a coisa ficou ruim ficou uma pergunta, será que eles têm a moral de dizer para os mesmos ticos e técos, que não passa de uma manobra da “elite burguesa”, ate por que eles mesmos circulam no meio da elite artística que é ligada a elite burguesa. pelo jeito ser socialista é pior do que ser burguês, ou é ao contrario.

  2. Ana Lucia Medina disse:

    Oh! Psol ,comem camelo e se engasgam com mosquito.

  3. Ana Lucia Medina disse:

    O PSTU e o PSOL fecharam um acordo eleitoral no Rio Grande do Sul formando a Frente de Esquerda nas eleições do estado. PSOL-RS recebe R$ 50 mil do Grupo Zaffari. com a palavra o mentiroso do Gílber: http://www.pstu.org.br/node/20882

    • Ana Lucia Medina disse:

      Candidatura de Luciana Genro recebe dinheiro da Gerdau…..
      http://www.pstu.org.br/node/7799

      • Rodolfo Aurich Balzer disse:

        Ainda bem que os coxinhas estão ai para explicar tudo que esta acontecendo nos porões podre da política, para os empadas comunistas, por que não conhecemos gente mais falsa e mentirosas do que políticos e comunistas.

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      Para Gílber, existe a “esquerda do Gílber”, que fica no pedestal, acima do bem e do mal, aliás, a “esquerda do Gílber” é o próprio bem. Esta é a esquerda que governa o país hoje. Também existe a extrema esquerda, a direita, a extrema direita. Todas estas opções políticas estão no inferno.

      Depois de tanta vida, estudos, participação acadêmica, vejo na análise do Gílber apenas a incansável defesa do Governo do PT, que para ele é a única e perfeita opção política. Claro que ele não defende só o PT, defende Maduro, Castro, Evo Morales e outros.

      A análise não considera que o Brasil era uma colônia e bla, bla, bla. Não percebe que, para sua infelicidade, não fosse Itamar Franco, o Lula/Dilma estaria lutando contra a inflação, o peso da máquina estatal, desmandos, etc. Não estou dizendo, binariamente, que este é melhor que aquele. Só estou dizendo que há heranças positivas sim, mas isso dói para a “esquerda do Gílber”.

      Engraçado que Gílber e outros “intelectuais” adoram fazer análise histórica, mas esquecem-se que o mundo não acaba com o governo do PT, haverá, se Deus quiser, outras experiências, boas ou más, de esquerda, extrema esquerda, direita, extrema direita, não sei. O que importa é poder esperar que democraticamente venham outros governos.

      Um dia é estilingue, outro é vidraça. Um dia é governo e outro oposição.

      Este Governo já é criticado, porque, felizmente, existem outros pontos de vista. No futuro, espero que este Governo entregue as contas em ordem, um Estado fácil de governar, etc. Não adianta realizar todos os sonhos da “esquerda do Gílber” e depois passar uma conta social e governamental para o próximo governante que, antes de governar terá que pagar as contas desta “esquerda”.

      Em suma, a análise do Gílber é só uma análise antiga, sempre se equilibrando no ataque a esta ou aquela pessoa ou partido. Para se justificar, para apontar seus acertos, não há necessidade de falar de outras coisas.

      Se pegar as 950 análises feitas por “autoridades intelectuais” que compõem a “esquerda do Gílber” veremos sempre os mesmos argumentos.

      Isso não é análise, é defesa partidária, postura militante, manipulação de fatos e informações.

      Sim, a “esquerda do Gílber” manipula informações tanto quanto a famigerada grande mídia.

      Ao esconder os erros e só propagar os “acertos” do atual Governo não há manipulação de informação?

      Ao ignorar os excessos políticos da “esquerda” e ressoar os excessos da “direita” não há manipulação?

      Ao defender o chavismo e ignorar tudo o mais que acontece na Venezuela não há manipulação?

      Ao falar da sua “esquerda” como algo puro, santo, imaculado, perfeito e democrático não há manipulação?

      O fato de Lula viajar em jatinho de empresários para “fazer palestras”, o fato de Zé Dirceu prestar consultoria para grandes empresários, nada disso é relevante para a “esquerda do Gílber”, porque esta “esquerda” é pura, suas ações são coerentes com seus discursos, etc, etc.

      Negar o mensalão/petrolão e tantos outros por vir é como rejeitar um filho.

      Claro que o mensalão mineiro é um fato consumado para a “esquerda do Gílber”, mas o do PT é mera perseguição da mídia, mesmo depois de anos de investigação, 10 mil páginas de documentos, defesa dos mais renomados advogados, julgamento e sentença.

      Claro que a corrupção se justifica pelo bolsa família, bolsa isso e aquilo. Para a “esquerda do Gílber”, os fins justificam os meios.

      Os excluídos estão matando a fome de acesso ao essencial e isso é ótimo. Depois passarão a ter senso crítico. Quero ver o Brasil repleto de senso crítico e não só “senso do Gílber”. Aí veremos se esta análise se justifica.

      Estas muletas “perseguição da grande mídia”, “direita malvada” não colam mais. Agora a “esquerda do Gílber” está no poder.

      Se fosse realista este tipo de argumento, a “esquerda do Gílber” nem teria chegado ao poder.

      Chegou ao poder graças ao FHC, mas como irmão ingrato fica apontando o dedo e negando sua origem.

      Enfim, a “esquerda do Gílber” não sabe se está à direita ou à esquerda. Por enquanto vai governando…

      Infelizmente, a “esquerda do Gílber” só ensinaram uma coisa ao povo do Brasil: a não saber pensar, raciocinar por si mesmo, são mal educados e analfabetos funcionais, os que sabem ler, ou tem preguiça para tanto ou não conseguem interpretar o que leem. Só “ficam espertos” se vislumbram uma oportunidade de levar vantagem sobre outro incauto qualquer! O quê esperar de um país que foi colonizado com o pior que havia na Europa?! Só podia dar mesmo nisso!
      Gílber seu comunista de merda, chega de disseminar ódio, rancor, inveja, mentiras, racismo, homofobia, intolerância religiosa…. e vai tomar do C…..

      • Intelectual Revista Veja é foooooda! Ass: Gílber.

      • Rodolfo Aurich Balzer disse:

        Esse é sua refutação comunista??? Exercendo sua grande intelectualidade mané???
        Intelectual de manual de idiota útil e folhetins comunista. Marx é foooooda!
        Na sua cabeça doentia o socialismo real nunca existiu.
        Nunca foi real porque é impraticável,uma utopia destruidora que ceifou vidas.
        O “real” nazismo também nunca existiu, o fascismo também não e todos os regimes que mataram milhões de pessoas eram apenas experimentos sociais para um bem maior e que foram mal implementados. Vamos continuar tentando, seu débil mental. Talvez matando mais uns 200 milhões cheguemos ao paraíso.
        Gílber seu comunista com problemas mentais de saúde, basta de disseminar ódio, rancor, inveja, mentiras, racismo, homofobia, intolerância religiosa…. e vai tomar do C…..

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        Esta claro, que o que houve, foi o socialismo real, porém, de tão fracassado, não chegou ao comunismo real. O comunismo de Marx é muito pior do que tudo que testemunhamos em toda nossa história! Sobre o massacre e holocausto, deixemos Marx falar sobre isto: “As raças e classes fracas demais, devem perecer no holocausto revolucionário”. Porque? ” O comunismo é apenas o paroxismo de tal inveja e nivelamento por baixo, baseado em um mínimo preconcebido. Eis a razão por que todos os sentimentos físicos e morais foram substituídos pela simples alienação trazida pela sensação da posse. A essência humana deveria mergulhar em uma pobreza absoluta para poder fazer surgir dela a sua riqueza interior!” Karl Marx no ensaio: “Propriedade Privada e Comunismo”

      • Professor João disse:

        Socialismo ideal: abelhas trabalhando sem rainha. Possível? Não. Desejável? Menos ainda.

      • Oziel Ferraz disse:

        O questionamento é muito simples: Se todos os modelos socialistas e comunistas que são refutados não pertencem ao “padrão” Marx, por que cargas dágua essas antas defendem tais países e modelos de governos?

      • Russell Kirk disse:

        O comunismo realmente não existiu, não existiu para aqueles retardados que nunca tiveram o privilégio de experimentar algo real que as populações viveram.

      • Vallore disse:

        O comunismo provem de um pensamento doentio ,alterado pelo condicionamento das
        massas que se sugeriram ao estado e a liberdade. Mesmo q sobre o sacrificida fã
        Iria e de si próprio .
        Permitindo se a abstenção do próprio Ser e da própria Alma

      • É prudente considerar que o comunismo real nunca fora alcançado, embora o mesmo não possa ser dito com relação ao socialismo. A tentativa de implantar o comunismo de Marx, se dissolvera na fome e no extermínio de milhões, pela revolta dos trabalhadores e na imposição brutal da violência revolucionária, levando sofrimento a população russa durante os primeiros anos de tentativa de sua implantação. Do mesmo modo, o sistema socialista que deveria existir como transitório, fracassara pois não eliminou os básicos elementos marxistas: não permitia a fluência da instituição privada através do controle de preços na consequente abolição do livre mercado. Tudo por motivos técnicos citados pelo economista Ludwig Von Mises através do “Problema de Calculo Econômico”: sem propriedade privada, não existe formatação de preços, levando a impossibilidade de estabelecer cálculos econômicos a fins de acentuar a demanda à oferta. Logo, mesmo aperfeiçoado, o socialismo sempre esteve destinado à ruína; cedo ou tarde.

        Obs: capitalismo é um sistema baseado na propriedade privada dos meios de produção, concorrência aberta, livre formatação de preços e salários, de forma contrária a qualquer de planejamento econômico central. Logo o termo “Capitalismo de Estado” não passa de um neologismo estúpido.

      • Rodolfo Aurich Balzer disse:

        Gílber energúmeno, prefiro ser intelectual da revista veja, a única que não foi comprada pelo PT, partido que vc é militante, do que ser intelectual de folhetins comunistas.

        Esses comunistas são ruins de história no mínimo.

        Não conseguem entender a diferença entre a ideia, o conceito e a prática, e seguem esse utopia assassina que matou e mata milhões!

        Gílber seu comunista jacobino, chega de disseminar ódio, rancor, inveja, mentiras, racismo, homofobia, intolerância religiosa…. e vai tomar do C…..

  4. Querencio disse:

    O Gílber não passa de um grande mentiroso. Tenta desacreditar a única revista que denuncia o PT. Nenhum mentiroso tem uma memória suficientemente boa para ser um mentiroso de êxito. Quando se come muito repolho, a gente solta um tremendo de um PSOL!

    • Explicador disse:

      O mentiroso precisa de ter boa memória. Coisa que nem isso o Gílber tem. Por acaso o PSOL não é aquele partido da Direita retrógrada e conservadora?kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk E assim se vai mais um pra fila dos sem caráter.

    • Explicador disse:

      PSOL lembra mais uma doença de pele do que um partido!
      Só para lembrar: um dos fundadores desta sigla é Achille Lollo, criminoso homicida condenado na Itália.
      Antes de participar da criação da legenda, ao lado da espiroqueta Heloísa Helena, Achille transitou pelo PT.
      Quem se alia a uma agremiação associada a corruptos e facínoras, já diz a que veio.
      Resta agora à (com perdão da má palavra) Janira, a cassação e posteriormente, cadeia!
      Socialismo com liberdade? Onde? Quando? Quáquá!
      Chico, Caetano e Wagner estão presos numa bolha interdimensional. Deve ser uma espécie de mundo paralelo

  5. Rodolfo Aurich Balzer disse:

    Obrigado, PT e seus afiliados socialistas, por colocar o Brasil numa “bela” vitrine…
    http://elpais.com/elpais/2014/11/24/inenglish/1416844098_639842.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s