ENTREVISTA com Caio Andrade (PCB): candidato a Deputado Federal pelo Rio de Janeiro

Nossa posição, nas eleições (2014), é de apoiar criticamente os candidatos da esquerda socialista nos marcos do PCB, PCO, PSOL e PSTU. Nesse sentido, estamos entrevistando alguns candidatos desses partidos como forma de destacar-apoiar esses lutadores socialistas-marxistas da classe trabalhadora que, propositalmente e infelizmente, são apagados pela grande IMPRENSA BURGUESA CAPITALISTA.

Socialista Livre: Candidato Caio Andrade, antes de tudo, muito obrigado por nos conceder essa entrevista. Sinta-se à vontade para responder como o queira. Em primeiro lugar, pediríamos que você explicasse para os leitores do Blog www.socialistalivre.wordpress.com quais foram os principais motivos que o levaram a se candidatar a Deputado Federal pelo PCB no Estado do Rio de Janeiro?

Caio Andrade (PCB): Eu que agradeço pela oportunidade. A concepção das candidaturas do PCB é bem diferente do que hoje vigora na política dominante. Vários candidatos lançam a si próprios em busca de uma carreira política, de projetos pessoais, de autopromoção, privilégios, etc. Nós, por outro lado, trabalhamos com a decisão coletiva: não discutimos apenas nomes. Temos uma estratégia definida com a participação de toda a militância, através de congressos e conferências. Temos um programa. Nesse sentido, avaliamos quais militantes tem condições de cumprir a tarefa como candidatos, colocando nossa linha política. Não temos ilusões de alcançar o socialismo restringindo a luta ao processo eleitoral, mas não desprezamos a importância de ocupar este espaço, fazendo a denúncia do capitalismo, chamando atenção para a necessidade de organização da classe trabalhadora e da construção do poder popular.

Socialista Livre: Candidato Caio Andrade, você é professor e milita nas lutas da escola pública do Rio de Janeiro, e mais do que ninguém sente as dificuldades que atravessa a educação, tanto no RJ, quanto no Brasil: salários precários, professores desanimados, estudantes sem perspectivas de futuro, crescente violência escolar. Até que ponto a política Estadual e Federal influenciam nisso?

Caio Andrade (PCB): O bloco PT/ PMDB é responsável por tal quadro na educação brasileira, na medida em que privilegia os interesses do capital, aprofundando o processo de mercantilização. Isso fica evidente quando o projeto específico de setores monopolistas – o Todos Pela Educação – é assumido como política de Estado. O pano de fundo destas operações é o alinhamento da burguesia brasileira e seus síndicos às cartilhas do Banco Mundial. Na prática, verificamos esse modelo com o recrudescimento da perspectiva econômica/ administrativa sobre a educação, em detrimento da perspectiva pedagógica; nesse contexto, trata-se de gastar o mínimo possível com salários, inclusive aumentando o número de alunos por turma e descumprindo a lei do 1/3 de planejamento. Por outro lado, os gastos com “parcerias público-privadas”, terceirizações e todo o tipo de contratações de serviços privados crescem, oferecendo ao capital compensações frente à crise. No caso da Seeduc, também temos observado formas perversas de maquiagem estatística, como o fechamento de escolas noturnas e criação de controversos programas de progressão acelerada para elevar índices. Para garantir o tecnicismo rebaixado, muito assédio moral, meritocracia, pacotes “didáticos” e testes padronizados. Observamos ainda a criação de novos cargos de confiança na burocracia estatal com vistas ao maior controle dos trabalhadores. O novo Plano Nacional de Educação ratifica as questões que descrevemos e reproduz uma lógica em que a maioria da população deve obter apenas um ensino mínimo, para em seguida converter-se em “mão-de-obra barata” no mercado de trabalho.

Socialista Livre: Candidato, de acordo com nova pesquisa divulgada no IBGE, o ensino médio brasileiro está piorando. Em sua opinião, o que tem levado a isso?

Caio Andrade (PCB): Seguramente existe uma série de determinações, inclusive extrapolando a questão da educação. Em primeiro lugar, porém, devemos problematizar os próprios critérios de avaliação: até que ponto o IDEB é capaz de refletir a realidade? No RJ, Risolia alardeia o salto dado pelo estado no ranking, de 26º em 2010 para 3º em 2014. Aparentemente seria uma mudança radical. Contudo, eu sou professor da rede estadual, trabalhei em três escolas nos últimos dois anos e, sinceramente, o que vejo melhorar é a capacidade do secretário em manipular os números e varrer os problemas para debaixo do tapete. O Programa Autonomia, por exemplo, aplicado em parceria com a Fundação Roberto Marinho, retira alunos que não se enquadram na dinâmica das turmas regulares e os coloca para assistir TV com apenas um professor que fica responsável por todas as disciplinas. Portanto, o produto final, ou seja, as notas mais altas, esconde o processo que está por trás. Uma análise semelhante pode ser feita em relação à remuneração variável. Como os professores são mal remunerados e sabem que as bonificações dependem dos resultados, há vários casos de divulgação de gabaritos antes das provas. Ouvi relatos de que alunos considerados “fracos” são estimulados a faltar nos exames externos. Isto é, a meritocracia na educação combina com a fraude. E fica a pergunta: será que não é isso mesmo que querem os ditos gestores?

Socialista Livre: Candidato Caio, falou-se muito nos últimos anos em Piso Salarial Nacional dos Professores, mas os educadores continuam mal pagos em todo território nacional. Em seu ponto de vista, por que isso ocorre e o que fazer?

Caio Andrade (PCB): Isso ocorre porque apesar de todos os políticos defenderem, no discurso, a educação e a valorização dos professores, na hora H a maioria deles se mantém fiéis aos interesses da classe dominante – que financia suas campanhas. Portanto, não querem comprometer o orçamento público com os direitos da população, a menos que possam lucrar com eles. Na lógica burguesa, quando se trata de serviços públicos, é necessário enxugar o Estado. Na realidade, estão preocupados que sobre mais dinheiro para os bancos, para o agronegócio, para as empreiteiras e para os chamados tubarões do ensino (grandes empresários do ensino privado). Por isso, não só os professores, mas nenhuma categoria de trabalhadores deve esperar pelo cumprimento de eternas promessas. O caminho é o da organização e da luta. Com o transformismo do PT, tem uma pedra a mais nesse caminho, que é a maior cooptação das lideranças sindicais e o aparelhamento governista. Devemos enfrentar com firmeza também este obstáculo.

Socialista Livre: Candidato, em sua opinião, a proposta do governo federal de investir 75% dos royalties do Pré-Sal em educação, resolveria o problema do investimento em escola pública?

Caio Andrade (PCB): Não. Houve grande pressão social para que se garantisse 10% do PIB já, exclusivamente para a educação pública. O governo sanciona um PNE que prevê 10% do PIB só em 2024 e, pior, incluindo na conta as verbas destinadas ao ensino privado. Para garantir estes recursos, teria sido criada a Lei dos Royalties. Para nós, mais do que os royalties, o Estado deveria taxar a renda do petróleo. Portanto, nós divergimos da própria concepção de financiamento imposta pelo bloco do poder, tanto no que diz respeito à inclusão da educação privada no cálculo quanto no que diz respeito à relação com a produção de petróleo. Entretanto, ainda que abstraíssemos esta parte, o leilão do Campo de Libra foi extremamente generoso com as petrolíferas, comprometendo um suposto potencial de receitas vinculadas à educação, cujo acréscimo, na prática, pode ficar em torno de 1% do PIB, quando em tese seria necessário aproximadamente 5% para atender à meta.

Socialista Livre: Caio Andrade, caso seja eleito Deputado Federal, que campanha seu mandato faria em defesa da escola pública tanto do Rio de Janeiro, quanto do Brasil?

Caio Andrade (PCB): Uma ampla campanha pela Educação Popular. Em geral, a esquerda insiste na tradicional bandeira da educação pública, gratuita, laica e de qualidade. Infelizmente, trata-se ainda de uma bandeira atual, posto que não foi efetivada. Nesse sentido, tem sua importância. Acreditamos, contudo, que é preciso ousar, ir além. Existe uma questão de fundo, muito menos falada. Em países como o Brasil, onde o desenvolvimento capitalista ocorreu sem grandes rupturas sociais e a contrarrevolução preventiva é uma marca histórica, os níveis das concessões das elites em relação aos setores populares sempre foram muito pequenos. O caráter subalterno da nossa economia possibilitou momentos de crescimento sem que houvesse profundos avanços tecnológicos e qualificação expressiva da força de trabalho. O modelo de educação que a classe dominante estabelece aos filhos dos trabalhadores visa o adestramento para a execução de tarefas simples. Este adestramento pressupõe a disciplina e a submissão, provocando um processo repressor, conflituoso e violento. Contra isso, queremos uma educação que seja mais do que um direito consolador frente a uma sociedade injusta. Queremos uma educação que esteja vinculada à luta da classe trabalhadora por sua emancipação e por uma nova sociedade. Por isso, precisamos questionar os modelos político-pedagógicos e gerenciais atualmente impostos por governos do capital, favorecendo a emergência de concepções e práticas revolucionárias.

Socialista Livre: O que você diria para convencer os eleitores a conhecerem melhor a sua candidatura e votarem em você?

Caio Andrade (PCB): Tenho participado da militância política de esquerda há cerca de dez anos, independentemente das eleições. Nesse ano, porém, o conjunto do meu partido, o PCB, me deu a tarefa de intervir também neste campo. A candidatura é uma tarefa bem difícil, mas que eu não recusei encarar. As campanhas tradicionais, muito mais eleitorais do que políticas, funcionam com base em uma lógica de mercado, ou seja, grandes empresas investem rios de dinheiro em candidatos os quais, quando eleitos, passam a atuar em função dos interesses de seus patrocinadores. Em outras palavras: a quase totalidade dos parlamentares no Brasil tem “rabo preso”. Nesse sentido, a maioria da população trabalhadora sai prejudicada, como não poderia ser diferente em uma sociedade extremamente desigual, uma sociedade capitalista. Nós não colocamos nossas convicções à venda, portanto fazemos o debate político sem megaestúdios, milhões de panfletos coloridos, transporte, placas, etc. Não estamos coligados com nenhum outro partido, logo nosso tempo na TV é ínfimo. Apesar dessas dificuldades, nós temos o que pensamos ser mais importante: independência, propostas firmes e a certeza de que temos nos posicionado do lado certo das lutas no Brasil e no Mundo. Isto é, existe alternativa contra a política dominante.

Socialista Livre: Qual o número de sua candidatura?

Caio Andrade (PCB): 2100

Socialista Livre: Como as pessoas podem se integrar e apoiar à sua campanha?

Caio Andrade (PCB): Há várias formas. Curtindo e divulgando ao máximo a página fb.com/CaioAndradePCB,, compartilhando conteúdos e repassando para seus contatos. Acompanhando nossa agenda na medida do possível: temos participado de debates, comícios domiciliares, panfletagens, etc. Também temos materiais impressos à disposição, basta se comunicar através da própria página ou do email caioandradesilva@gmail.com. Além disso, estamos abertos a sugestões, críticas, propostas, etc. Obrigado, saudações comunistas! Nos vemos nas ruas.

 Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

Socialistas Livres II

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

20 respostas para ENTREVISTA com Caio Andrade (PCB): candidato a Deputado Federal pelo Rio de Janeiro

  1. Dr. Wilson Smith disse:

    Médico é suspenso por dois meses pelo crime de discordar dos jalecos estatizados que controlam um hospital em Porto Alegre

    O médico Milton Pires enviou à coluna, nesta terça-feira a carta abaixo reproduzida. É um relato sucinto das perseguições movidas pela direção do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Porto Alegre, contra um profissional que pensar com independência — e dizer sem medo o que pensa. A mais recente abjeção foi consumada neste 22 de setembro: baseados em acusações difusas, inconsistentes ou mesquinhas, formuladas por testemunhas anônimas, os comandantes da instituição comunicaram a Milton Pires a decisão de suspendê-lo por 60 dias. Confiram:

    O SILÊNCIO DE TODOS NÓS
    Milton Pires
    Meus amigos:

    Trabalhando desde junho de 2010 na UTI do Hospital Nossa Senhora da Conceição em Porto Alegre, minha contínua luta contra as barbaridades feitas contra a saúde pública no Brasil são do conhecimento de todos. No início de 2013, Ricardo Setti publicou em seu blog no site de VEJA o artigo com o título “Santa Maria e a Guerra do Vietnam”, uma séria advertência sobre a vinda dos médicos cubanos. Depois de “Carta à Presidente Dilma” e de outros textos publicados tanto no meu blog “Ataque Aberto” quanto no grupo de Facebook “Inglourious Doctor”, comecei a pagar, pessoalmente e profissionalmente, o preço das minhas opiniões políticas.

    Assassinar reputações de inimigos não é uma prática nova da esquerda brasileira. O doutor Romeu Tuma Júnior provou isso em seu livro. Trabalhando num grupo hospitalar que atende 100% dos pacientes pelo SUS, no qual entrei por concurso público e que é controlado por gente do PC do B, não é necessário ser um teórico da conspiração para compreender e admitir o que acontece quem se opõe ao modelo de gestão de saúde no Brasil. Antiga, mas eficiente, a tática é sempre a mesma – mau desempenho nas avaliações funcionais e relatos de conflitos e dificuldade de relacionamento no local de trabalho funcionam como estopim dos processos administrativos em que se pretende “limpar” o serviço público dos opositores.

    Neste 22 de setembro, chegando ao Hospital Conceição para trabalhar na UTI, fui notificado de que meu ponto estava “suspenso”. Encaminhado ao setor de RH, fui informado de que eu mesmo, como médico, estou suspenso do hospital por 60 dias, sem perda de remuneração. Argumenta a instituição que isso visa não prejudicar o processo administrativo disciplinar (PAD número 51/14, que tem como objetivo a minha exoneração. Desconheço os termos de acusação. Não sei ao que respondo e não tive, até agora, nenhuma chance de defesa.

    Em apelação administrativa de avaliação funcional prévia considerada muito insuficiente, testemunhas identificadas como “trabalhador da saúde 1,2,3,4..etc..” me acusam de “não examinar os pacientes, não lavar as mãos, de conflitos com familiares de pacientes da UTI , de jogar equipamentos no chão e não usar equipamentos de proteção individual”. Não sei, oficialmente, o nome de NENHUMA das pessoas que disseram isso naquele processo. Não lhes foi exigida prova alguma para que declarações que acabaram com a minha vida funcional se transformassem em VERDADES corroboradas por meus chefes.

    O que está acontecendo comigo não é exceção; é a regra aplicada aos médicos brasileiros que decidem contestar a maneira com que essa gente conduz a saúde pública. Minhas chances no processo administrativo, do qual sequer tenho cópia, não são muitas. Acredito que haja alguma alternativa na Justiça comum. Neste momento, resta-me apelar àquilo que essa gente mais teme: a publicidade, a divulgação em massa pela imprensa do que se pretende fazer em silêncio. Eles são especialistas em assassinar reputações, apoiados no total aparelhamento do serviço público e terror infundido nos seus subordinados. Os efeitos são garantidos por por lei. A Lei do Silêncio de todos nós.

    ESSE É O PREÇO QUE A SOCIEDADE PAGA POR ESSA INFESTAÇÃO DE ATIVISTAS E SOCIALISTAS.

  2. Dr. Wilson Smith disse:

    BLOQUEIO DE BENS DA FAMÍLIA LULA – RECEITA FEDERAL ESTÁ SENDO IMPEDIDA…..
    ..

    LULA QUER IMPEDIR A RECEITA FEDERAL DE AVALIAR O PATRIMONIO QUE ELE E LULINHA MONTARAM COM EVIDÊNCIAS DE MUTRETAS, CAMBALACHOS, TRANCOS E BARRANCOS!!

    – VAMOS PRESSIONAR PARA QUE ELE NÃO CONSIGA!!
    Até que enfim sai alguma coisa sobre o assunto. Todo mundo sabe mas não pode provar.
    Vindo de dentro da Receita Federal a suspeita se concretiza.
    Espero que os fucionários concursados da RF, realmente, resolvam cumprir a Lei. Vai ser uma festa….. UMA BOMBA. LEIA E REPASSE!!!!!!!!

    Exclusivo – Embora assuma o discurso globalitário do combate à corrupção, a Presidenta Dilma Rousseff anda hiper preocupada com o risco de rebeldia entre servidores do alto escalão da Receita Federal.

    Dilma recebeu preocupantes informações de que alguns funcionários de carreira do órgão, à revelia do Governo, promovem um acompanhamento pente fino da veloz evolução patrimonial do empresário Fábio Luís da Silva, filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que a mídia chama popular e pejorativamente de Lulinha (apelido que Fábio nunca usa, na vida pessoal).

    Lula já teria pedido a Dilma para interceder no caso. Ela já avisou que nada pode fazer. O ex-presidente tentou, inclusive, contatos com a cúpula da Super Receita.
    Recebeu a mesma mensagem de que nada pode ser feito.
    Foi-lhe lembrado que o acompanhamento patrimonial dos contribuintes, dentro da Lei e respeitando sigilos, há um dever funcional dos servidores concursados da Receita.

    Lula teme que vazem informações também eventuais sobre seu patrimônio pessoal (bilhões de dólares). Trata-se da oitava fortuna do Brasil, segundo a revista americana Forbes…
    E como sabe muito bem que o “movimento de combate à corrupção” é uma ordem de fora para dentro do Brasil, se apavora com o risco de retaliações promovidas por inimigos ligados à oposição.

    Além do medo de surpresas super desagradáveis com servidores sérios e independentes da Super Receita, Dilma encara outra guerra institucional.

    A Presidenta e seus ministros são cada dia mais mal vistos pelo Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal – integrado por sete entidades de procuradores da Fazenda, Previdência Social, do Banco Central e de procuradores lotados em autarquias e ministérios.

    A entidade enxerga uma intenção do governo em submeter às vontades de militantes petistas, todos os setores jurídicos da área federal, o que seria um desastre para o BRASIL, se já não bastassem as muitas autarquias dirigidas por QI político do PT.

    O primeiro alvo do aparelhamento petista é a Advocacia-Geral da União.
    Luís Inácio Adams, chefe do órgão, elaborou um projeto de lei complementar que prevê a nomeação, como advogados federais, de pessoas de fora da carreira e sem concurso (tá na cara que serão os “cumpanheiros”).
    O projeto de Adams considera infração funcional o parecer do advogado público que contrariar as ordens de seus superiores hierárquicos.

    O Fórum Nacional da Advocacia Pública Federal define o plano como um atentado ao Estado Democrático de Direito e põe em risco a existência da própria AGU (Advocacia Geral da União). Estão petizando a Justiça.
    Há tempos isso já está ocorrendo; Luís Inácio Adams é mais um do governo Dilma na corda bamba.
    Cotado para assumir a Casa Civil do Palácio do Planalto na reforma ministerial que Dilma Rousseff iria promover no começo do ano 2014, não emplacou no cargo.
    Também pode ver naufragar seu objetivo maior de ser indicado para o Supremo Tribunal Federal, tal qual seu antecessor José Dias Toffoli, apadrinhado do Dirceu.

    Alvos de processos pesados, como o do Mensalão e seus desdobramentos, os petistas definiram como prioridade o aparelhamento da máquina Judiciária.
    Além de indicar ministros aliados para o Supremo Tribunal Federal e para o Superior Tribunal de Justiça, o partido também quer ter um controle maior sobre a Advocacia Geral de União, para impedir que o orgão crie problemas para os negócios escusos feitos entre a União e os empresários parceiros.

    É a intervenção “petista” nos órgãos de fiscalização da Receita Federal e Advocacia Geral da União.

    Essa é a máscara do PT e dos cumpanheros do Lula que é o Chefe de todo o esquema de corrupção do PT.
    O bando vermelho, grande quadrilha “desembestada” que emporcalha o país há mais de dez anos no poder.

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      Para que os ZUMBIS que AINDA não recuperaram o cérebro, vejam quem é esse tipo de VERME que aquela retardada de PASSADO CRIMINOSO e que era TERRORISTA, e esse Gílber, entendem que há possibilidade de diálogo.
      PAREM DE VOTAR EM VERMELHOS, PELO AMOR DE DEUS!!
      PS: OSMARINA SILVA É UM TENTÁCULO PETISTA.
      È isso que os Socialistas defendem. Se alguém ainda tem dúvidas leiam os artigos desse blog. É esse tipo de gente que esses comunistas defendem.
      Não se iluda povo brasileiro, essa realidade está mais perto de você imagina, continuem votando nos comunistas, continuem comendo as migalhas que eles jogam em baixo da mesa e espere pra ver.
      Saudações Comunistas é a puta que te pariu. Seus merdas de comunistas.
      Vídeo revoltante, esse é o ódio dos radicais, não basta matar tem que descarregar as armas nos corpos. CENAS FORTES:

  3. Alphonsus disse:

    Parabéns ao candidato. Ganhou meu voto. Não é de hoje que nós professores precisamos de representação em todos os cargos. Sem a educação não há chance real de mudança na sociedade. É preciso uma total reestruturação na educação para que o trabalhador deixe de ser apenas uma extensão do maquinário e possa ter uma visão realmente crítica do mundo que o cerca. Eu voto comunista.

    • NINGUÉM VAI DE MIAMI PARA CUBA????? SE GOSTA DE COMUNISMO SEU RETARDADO, PORQUE NÃO VAI PARA CUBA?????

      • Que jeito mais deselegante de chegar ao um BLOG. Tem educação não Fernando Piovesan?

      • E tem outra forma de chegar Gílber???? Um camarada analfabeto moral feito você. Em pleno século XXI, vem com esse papo de comunismo.
        Olha aí no que dá esses eleitores que de nada sabem, nada acompanham e facilmente manipuláveis, elegerem “socialistas” como Bachelet: passam a cutucar o passado, revolver as feridas e insuflar na mente das pessoas a discórdia e a doutrinação vermelha. O Chile estava bem, vinha crescendo, olhava para o futuro e tinha deixado o passado lá atrás, mas bastou ascender ao governo uma socialista e tudo naquele país está retrocedendo. Olha os tentáculos do maldito FORO DE SÃO PAULO aí, tal como aqui, trazendo o inferno para dentro do Chile. Eis a desgraça que o VERME lula e o GENOCIDA fidel castro espalharam pela América Latina e ainda pretendem estender ao resto do mundo. Qualquer semelhança com HITLER, NÃO É MERA COINCIDÊNCIA.

      • Para quem não tem educação não tem outra forma de chegar mesmo não, você chega na casa da pessoa e a xinga e a obriga deixá-lo entrar. Onde você aprendeu essa moral? Vai fundo!

      • Rubia disse:

        A biba quer respeito…. kkkkkkkkkkkkkkkk

    • É isso maldito seja o comunismo e os socialistas que defendem este regime totalitário e sanguinário! Socialistas vocês são fracassados e invejosos dos empreendedores que arregaçam as mangas para produzir! E vocês desejam viver dos espólios do capitalismo apesar de condena-lo!!!!!! Bando de Hipócritas!!!

  4. O socialismo só pode necessariamente começar com um enorme ato de confisco.

    Aqueles que desejam seriamente roubar a propriedade alheia devem estar preparados para matar aqueles que pretendem oferecer resistência. https://www.youtube.com/watch?v=9CkdYmHgjUE

  5. Isto para as pessoas conscientes, porque o que tem de idiotas achando que Cuba é o canal e regime comunista é tri legal !
    BRASIL
    OU
    CUBA (pt,pco,pstu,psol,pcb,pmdb…)

  6. Virgulino disse:

    Aqui tem um resumo de fatos já passados, que não são boatos como o lula e Dilma costumam a inverter, isto são fatos reais, só para refletir, porque sei que a maioria já assistiu isto, mas como o povo brasileiro tem a memória curta, achei importante postar novamente http://www.youtube.com/watch?v=p5nfb6pLr6c&feature=youtu.be

  7. Pingback: Vote nos candidatos da esquerda socialista: PCB, PCO, PSOL, PSTU | www.socialistalivre.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s