Estatizar os meios de produção: uma política capitalista?

Uma dada corrente que se autodenomina de esquerda criticou o PSTU, nas redes sociais, por o Zé Maria, candidato a Presidente da República, defender a reestatização das grandes empresas privatizadas, a exemplo da Vale do Rio Doce, CSN, e parte da Petrobrás. O argumento usado foi de que tanto as empresas estatais, tanto as empresas privadas estariam, no capitalismo, a serviço da classe dominante, logo, só um partido aliado com o capitalismo poderia defender a medida de reestatizar ou estatizar as grandes empresas privadas brasileiras.

O argumento usado para criticar o PSTU, parecendo ser de esquerda, passando-se por ser anticapitalista, no fundo, é um argumento que só serve à direita política e ao capitalismo. Por quê? Quem é de fato marxista e conhece o funcionamento de O Capital, através dessa maior obra científica de Karl Marx, sabe que os grandes meios de produção privados, explorando trabalho não pago (mais-valia) aos operários, jamais poderão servir à coletividade dos trabalhadores. As empresas privadas da burguesia tem como função primordial gerar altas taxas de lucro para os seus donos (os burgueses), é claro, à custa da exploração do trabalho não pago ao trabalhador (exploração de mais-valia).

A única chance científica, portanto, de fazer com que a parcela de trabalho não pago explorada ao trabalhador (a mais-valia) seja de fato devolvida para quem trabalha (o trabalhador) e não para quem o explora (o burguês individual, o dono da empresa) é estatizando os meios de produção, estatizando as grandes empresas, e colocando-as, em um governo socialista, sob o controle direto da classe trabalhadora que produz.

Assim, na lógica de uma empresa estatizada, descontando-se os gastos da empresa com o capital constante (matérias primas, infraestrutura, investimentos tecnológicos) e os gastos da empresa com capital variável (salário pago aos trabalhadores), o resto da riqueza produzida na empresa pelos trabalhadores é lucro excedente e esse lucro excedente, ao invés de ir para os donos privados da empresa, os burgueses, agora, na lógica da empresa estatal sobre controle da classe trabalhadora, administrada pela lógica de um governo socialista livre sem corrupção, os lucros produzidos podem e devem voltar-se para a coletividade da classe trabalhadora, investindo-se os lucros da estatal na melhoria da educação pública, na melhoria da saúde pública, na melhoria do transporte público, na construção de moradia popular. Essa é a essência do socialismo científico proposto por Karl Marx: o excedente das riquezas produzidas nas empresas voltam-se para o social e não para o burguês individual. Portanto, está correta a proposta do Zé Maria do PSTU quando este fala em reestatizar as grandes empresas privatizadas por FHC e por Lula/Dilma.

Quando uma esquerda, que se diz anticapitalista, argumenta contra a estatização dos meios de produção, contra a estatização das grandes empresas privadas, só se tem duas explicações: ou trata-se de uma esquerda socialista utópica e desinformada quanto ao marxismo científico; ou trata-se de uma esquerda anticapitalista de mentirinha, implantada no movimento de esquerda somente para causar confusão, no intuito de minar a clareza teórica da classe trabalhadora. E vale lembrar, a clareza teórica é a única forma de se entender porque o socialismo livre, estatizando os grandes meios de produção, é o único caminho para libertar a classe trabalhadora da escravidão ao capitalismo.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante SOCIALISTA LIVRE – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

cropped-1779842_228391594029036_1036901415_n32.jpg

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

30 respostas para Estatizar os meios de produção: uma política capitalista?

  1. Explicador disse:

    “O Capital, através dessa maior obra científica de Karl Marx, sabe que os grandes meios de produção privados” Obra cientifica??? kkkkkkkkkkkkkkk…..
    A insanidade comunista apenas ilude mal intencionados e leigos no básico de história e economia.

    • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

      Dar ibope pra esse maluco não compensa, ele é um retardado, e quem vota no socialismo livre ou compartilha de sua insanidade é mais ainda!!!

    • Roberto Barricelli disse:

      Marx disse no New York Daily Tribune no dia 22 de março de 1853 “As classe e raças fracas demais para dominar as novas condições de vida,devem ceder”,então quer dizer que Marx deturpou ele mesmo?
      Mortes no capitalismo?Quantos países precisaram de uma revolução sanguinaria e uma ditadura genocida para implantar o capitalismo?

    • Wilson disse:

      esse gílber é uma playboy surtado! Sempre viveu no luxo, proporcionado pelo dinheiro público, e agora quer dar piti falando de Marxismo!!! Quando penso que já vi de tudo desses esquerdistas, me aparece um maluco desses!

      • Zica Amâncio disse:

        sue comunista filha da puta. Vai estudar e deixe de ser burro.
        Ainda que essa teoria de igualdade absoluta fosse boa, ninguém conseguiu implantá-la, e todos usavam o seu discurso de que “desta vez vai dar certo, eu me preocupo com o povo”, e apenas o que ocorreu foram mortes pela fome e por fuzilamento.
        Você se acha especial e uma pessoa além do bem e do mal para conseguir?
        Você é apenas mais um idiota que acredita nessa merda. O que há de especial em você é a burrice, por defendê-la em público.
        Por fim, FILHA DA PUTA!!

  2. Beatriz disse:

    Filho caçula do Lula!

    • Zica Amâncio disse:

      A falsa ideologia de humanização dos pobres em detrimento da derrocada total do País. A ignorância e a total cegueira nunca permitem que se compreenda o mal e o espúrio praticado por essa corja e se enxergue o obvio da malversação do dinheiro público.

    • Beatriz disse:

      quem pretende votar no socialismo livre é pior do que quem vota na dilma, marina e afins!!!

  3. Gracias Ferraz disse:

    sempre digo: “socialistas sofrem de severos problemas mentais ou são demasiadamente ignorantes” Sob o título “1.6 bilhões de mortos pelo capitalismo” falam da escravidão e do expansionismo medieval mercantilista que por sua vez é oposta à economia de mercado (basta ler Smith o que é bem básico). Citam o império japonês economia antiliberal e protecionista (prática louvada por socialistas desde Friedrich List… No mais citam práticas estatais que tanto veneram com números que fogem a estatística… Mesmo assim, nenhuma morte provocada pelo mercado e suas trocas voluntárias ou defendida por qualquer economista do tipo, ao contrário do “holocausto revolucionário de Marx” e campos de extermínio e trabalho forçado defendidos pelos “pensadores” e líderes marxistas.. Nem preciso citar a falácia da janela quebrada tão conhecida pelos membros da comunidade… Para tornar a falácia ainda mais ridícula cita as guerras do Vietnã, Coreia e China que foram provocadas por regimes socialistas, da fome africana causada por governos marxistas-leninistas pós independência na década de 1960… Que piada! kkkkk

  4. Gracias Ferraz disse:

    Claro que o capitalismo funcionou. E hipocrisia demais. Os EUA está capengando numa crise desde 2008, estive lá e o padrão de vida continua alto!!!!! tudo funciona. Tudo barato. 4$ para comer em NY…tomar no cu que não funcionou.

    • Gracias Ferraz disse:

      Vamos parar com essa retórica vagabunda de “burguesia opressora”? “Que filho de patrão é playboy” e que “trabalhador ganha uma miséria e é massacrado”? Você fala isso porque é profundamente frustrado! Acorde! Pare de sonhar com o utópico idealismo onde o Estado um dia dará igualdade a todos. Se está achando ruim o modo de vida “capitalista ocidental”, mude-se para Coréia do Norte, amigão! Caso contrário, lhe dou uma pragmática dica: vá estudar, produzir, inventar, trabalhar duro para ter um “salário de R$ 5.000,00” ou mais, ao invés de “invejar”. Tenho certeza que você, digamos, vai começar a gostar de acumular capital com o esforço exclusivo do seu intelecto e trabalho.

      • Floriano Peixoto Neto disse:

        eu não daria melhor resposta!PARABÉNS!!!!!!Vagabundo pensa que no comunismo vai viver de sombra e água fresca!São idiotas úteis ou retardados mentais.Vai pra Cuba, vai….

      • Floriano Peixoto Neto disse:

        “Junto com o desertor do Exército CARLOS LAMARCA, chacinou a coronhadas, em Sete Barras, no Vale do Ribeira, o jovem Aspirante a Oficial da então Força Pública ALBERTO MENDES JR.” (comentário de Afanázio Jazadi)
        Os ZUMBIS de hoje, são como esse terrorista aí do vídeo: cegos e marionetes de vermelhos.

      • Major Marco Aurélio disse:

        Direita volver!

      • Ricardo da Mata disse:

        Quanta ingenuidade… Pensar que é só lutar que se consegue. Coisa de gente que não sabe nada da vida e que ficou lendo Veja, assistindo à Globo e ouvindo os bêbados reaças da esquina. Só uns dados: 40% das pessoas que não têm casa própria nos EUA nunca ficaram desempregadas. Ué, não é só trabalhar? 25% das crianças passam fome! e outros 25% se o Estado não der o food stamp morrerão de fome também. Esse é o capitalismo que funciona.

      • Tenente Büscher disse:

        Sabe de nada inocente tontinho

      • Zica Amâncio disse:

        o Foro de SP mandou abraços pra esse lixo do socialismo livre

      • Olavo Cavazzola disse:

        É natural que as pessoas ajuizadas errem e mudem, mas estes continuam o mesmos, embora uns sejam piores que outros…a exemplo do gílber e ricardo da mata

      • Olavo Cavazzola disse:

        A cada dia a Argentina torna-se uma nova Venezuela… Quais serão os resultados destas políticas Socialistas?! A resposta é simples: fuga de capitais, inflação exorbitante, desemprego, miséria, escassez e racionamento!

      • Dirceu Capelli disse:

        Com o socialismo a Venezuela está caminhando para se tronar uma Cuba. A Argentina caminhando para se tornar uma Venezuela. O Brasil caminhando para se tornar uma Argentina. E os EUA caminhando para se tornar um Brasil

      • Dirceu Capelli disse:

        IMBECIS!!!

      • Julio Cesar Moura disse:

        Fico impressionado com o nível intelectual destas falácias retóricas desse ricardo da mata filhote da rapariga do Gílber… Entretanto, há uma resposta de Georges Bernanos para tais gênios: “Ser reacionário é ser vivo, porque só um cadáver não reage aos vermes que o corroem.”

    • Julio Cesar Moura disse:

      Fico impressionado com o nível intelectual destas falácias retóricas desse ricardo da mata filhote da rapariga do Gílber… Entretanto, há uma resposta de Georges Bernanos para tais gênios: “Ser reacionário é ser vivo, porque só um cadáver não reage aos vermes que o corroem.”

  5. Major Marco Aurélio disse:

    Cuba, a ilha-favela.

    • Geraldo Almendra disse:

      Boa noite, aluninhos do Gílber!

      Na aula noturna teremos a presença de Luciana Genro falando sobre o socialismo real.Claro, tudo isto com base empírica ao longo de anos labutando no DCE de alguma Universidade.

      Não acreditem nestes reaças! Deturparam Marx SIM!!

    • Tenente Büscher disse:

      O socialismo nunca funciona, mas sempre tem essa historia que que o “verdadeiro” socialismo ainda não foi aplicado. O problema reside no fato de que para aplicar o tal “verdadeiro socialismo” é necessário a concentração do poder e onipotência do estado para “forçar” a igualdade sobre as pessoas, quando o estado não é uma entidade em si mas uma ferramenta nas mãos de um partido no poder. Por isso no socialismo aplicado na historia os estados abusam do poder por consequência lógica da concentração de poder que foi outorgado à principio para fazer justiça social, mas o que ocorre é que quando não pode mudar a natureza do homem o socialismo se dedica a elimina-lo. As pessoas devem, para de discutir as “intenções” do socialismo, que no papel são muito bonitinhas, e começar a debater sobre as consequências da concentração de poder e da onipotência do estado. De todas as guerras e genocídios foram historicamente provocados e perpetuados por um estado autoritário.

    • Aviso aos leitores-comentadores, não postamos fotos ou vídeos nesse espaço. Obrigado.

      • Julio Cesar Moura disse:

        AÉCIO NEVES TEM TODA RAZÃO: O PSOL NÃO PASSA DE LINHA AUXILIAR DO PT. O PSOL GAÚCHO RESOLVEU APOIAR A CANDIDATURA DE OLÍVIO DUTRA AO SENADO FEDERAL PELO RIO GRANDE DO SUL. É A MÁSCARA CAINDO. LUCIANA GENRO É UM BONECO VENTRÍLOQUO DO PT.

  6. Rubia disse:

    Luciana Genro que precisa estudar é você:

  7. Olhos Atentos disse:

    Pode também fazer parte do método científico que a hipótese tenha sido testada e comprovada. Onde o marxismo científico foi comprovado? Onde a hipótese de calculo que ele apresenta no texto foi comprovada? Pois se não foi comprovada em lugar algum, é só opinião. E se quem compartilha o texto acreditando que aqui existe alguma formula real de calculo de preço, demonstra apenas que não consegue diferenciar mera hipótese da situação real do mundo.

    O sujeito fala em marxismo científico e escreve como se dentre todos os grupos socialistas, apenas ele tivesse entendido… Parece que nunca leu sequer pensadores socialistas do nível de Habermas ou Norberto Nobbio. Iguala capitalismo (modelo econômico) à socialismo (modelo político), sem notar a moderna visão socialista em vigor na China, por exemplo.

    Em seu livro Maomonics, Loretta Napoleoni derruba as ideias de débeis mentais como o autor desse post. A autora que com esse livro quer defender o socialismo, avalia a situação real da China, e não fica em meros experimentos mentais. Ela investiga os modelos político e econômico existentes na China, cunhando a expressão “capicomunismo”…

    Então, é bom que o dr. em discurso comece a estudar, mas se ele acredita mesmo no que escreveu, que tal enviar o artigo aos dirigentes da China, Rússia, Venezuela, Cuba, etc, etc, etc…

    1 – O Calculo econômico no socialismo.
    http://www.mises.org.br/files/literature/O%20C%C3%A1lculo%20Econ%C3%B4mico%20sob%20o%20Socialismo%20-%20web.pdf

    2 – Maomonics
    http://livraria.folha.com.br/livros/economia/maonomics-loretta-napoleoni-1252227.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s