Pesquisas eleitorais: um jeito político de fazer políticos!

Terminado o espetáculo da Copa do Mundo, o Brasil entra agora no espetáculo midiático do processo eleitoral. Dentre a série de variantes desse espetáculo, é dada extrema relevância às pesquisas eleitorais. Toda semana é encomendada uma dada pesquisa eleitoral a um dado instituto para que a população engaje, de alguma forma, em alguma das candidaturas preferencialmente fabricadas pela grande mídia burguesa. Isso não é casual. As pesquisas eleitorais funcionam também como um jeito político de promover-legitimar-fabricar políticos dentro do processo.

Sabendo-se da cultura popular acrítica que vota em candidatos favoritos para não “desperdiçar” o voto, a mídia burguesa joga bem com as pesquisas eleitorais no intuito de induzir-inculcar-promover-construir, via repetição exaustiva, os nomes dos políticos preferidos para disputar um provável segundo turno. No Brasil, o grande esforço da mídia burguesa, com suas pesquisas eleitorais encomendadas, passa, por exemplo, por construir o favoritismo das candidaturas presidenciais alinhadas com a manutenção do sistema capitalista, como Dilma Rousseff (PT), Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB).

Ao mesmo tempo em que a mídia burguesa, através das pesquisas eleitorais, no caso das eleições para Presidente, constrói as candidaturas supostamente confiáveis ao sistema capitalista, a mesma mídia também tenta potencializar simulacros de possível segundo turno entre Dilma Rousseff e Aécio Neves ou entre Dilma Rousseff e Eduardo Campos, buscando, ao agir com essas simulações de segundo turno, polarizar o país entre o atual governo petista e as oposições supostamente “viáveis” e “confiáveis” que, segundo olhar da burguesia capitalista brasileira e internacional, são as únicas legítimas, afora o atual governo, que poderiam governar.

Cabe lembrar, entretanto, que existem outros candidatos inscritos na disputa do processo eleitoral, como os partidos da esquerda socialista, a quem, criticamente, apoiamos, como PCB , PCO, PSOL, PSTU, mas, dadas as regras das eleições republicano-burguesas, estas candidaturas serão escondidas pela grande mídia até que o espetáculo das pesquisas eleitorais semanais já tenham pavimentado o caminho para não haver nenhuma surpresa indesejável ao sistema capitalista de plantão.

Portanto, não há pesquisa eleitoral inocente, a serviço do esclarecimento do povo: trata-se de um jeito político de fazer políticos.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante Socialista Livre do CSL/CAEP – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

cropped-w10003247_235356923332503_1987199304_n.jpg

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Pesquisas eleitorais: um jeito político de fazer políticos!

  1. Frederico Baggio disse:

    Rejeição geral! Nos estados, nenhum candidato do PT lidera nas pesquisas. Hoje partido não elegeria governadores.
    A nova rodada de pesquisas Ibope mostra que o PT não lidera em nenhum lugar do país. Confirma os levantamentos anteriores. Perde no Rio Grande do Sul com Tarso Genro para Ana Amélia, no Paraná com Gleisi Hoffmann para Beto Richa, em São Paulo com Alexandre Padilha para Geraldo Alckmin (se elege no primeiro turno), no Rio de Janeiro com Lindbergh Farias para Garotinho, no DF com Agnelo Queiroz para, pasmem!!!, José Roberto Arruda e já empata tecnicamente em Minas Gerais, onde o seu candidato Fernando Pimentel começou campanha muito antes do candidato tucano Pimenta da Veiga. O quadro é desesperador, pois com o início da campanha na TV a rejeição ao PT deve acertar em cheio a candidatura Dilma. O Brasil cansou desses vermelhos.

    • Frederico Baggio disse:

      O governo de Agnelo Queiroz, do PT, no Distrito Federal é de tal sorte desastroso que um ex-presidiário, que deixou o governo de forma desmoralizante, lidera a corrida. Se a eleição fosse hoje, José Roberto Arruda, do PR, teria 32% dos votos. Em segundo lugar, viria o atual governador, com 17%, seguido por Rodrigo Rollemberg, do PSB, com 15%. Mas não é só no “sim” que Agnello exibe números sofríveis; também no “não”. Nada menos de 48% dizem que não votariam nele de jeito nenhum — uma rejeição bem maior do que a de Arruda, que aparece com 32%. Rollemberg é rejeitado por apenas 7%.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s