E se o Brasil não chegar à final da Copa?

Incrível como o senso comum confunde alhos com bugalhos. Corre em boca miúda o seguinte enunciado: “Se o Brasil não ganhar a Copa do Mundo, o Governo Dilma está enrascado. Gastou milhões com a Copa, então o Brasil não pode perder o campeonato. Se o Brasil se desclassificar, a Dilma perde a eleição”. A propósito, alimentando esse raciocínio medíocre, tem muita oposição política tosca torcendo até pela eliminação do Brasil para que o Governo Dilma sofra desgaste político.

Ora, se queremos um Brasil com seres sociais politicamente livres do atraso e da ignorância, então temos de parar de alimentar essas mentes atrasadas e deturpadas, mas pasmem, até a mídia burguesa, indiretamente, cultiva essas bobagens. Tem muito articulista anti-PT torcendo pela desclassificação do Brasil para desgastar a Presidente Dilma. Contra essas sandices discursivamente alimentadas, pergunto: em que livro do destino está escrito que o país sede da Copa do Mundo tem a obrigação de ganhar o campeonato? Em que livro do destino está escrito que os gastos com a Copa do Mundo têm de resultar em vitória do país que investiu bilhões? Acaso o campeonato é comprável pelo país sede? Por acaso, a África do Sul, país sede da última Copa, foi a campeã do mundo naquela ocasião? O que tem a ver o desempenho de um time de futebol com o desempenho do Presidente do País?

A verdade até agora é que a Copa do Mundo embriagou a maioria da população. As manifestações contra os gastos da Copa do Mundo foram um fiasco e não atraíram as massas. Os mesmos milhões que protestaram em 2013, na Copa das Confederações – depois de tanta picaretagem dos Black Blocs, brincando de fazer revolução quebrando vidraças – preferiram abandonar esse tipo de protesto e se deixaram levar pelo canto de sereia da Rede Globo de que agora “somos todos um só”. Portanto, declarações do senso comum do tipo “se o Brasil for desclassificado, o povo não pode perdoar o governo” não passam de atestado de ignorância política e jamais podemos alimentar a ignorância política, porque esta não é aliada das mudanças verdadeiras.

Se quisermos, de fato, construir alguma oposição política anticapitalista séria no Brasil, construindo um país voltado para atender as necessidades da classe trabalhadora e não dos ricos – investindo 10% do PIB na educação pública já, investindo 10% do PIB na saúde pública já, construindo moradia popular para todos que não tem casa, projeto, este, abandonado pelo PT, diga-se de passagem – enfim, para ter lucidez política acerca das bandeiras que queremos ver implementadas, primeiramente temos de parar com essa estupidez de jogar lenha na fogueira do senso comum que acha que Dilma Rousseff agora tem obrigação de bancar o Neymar e ganhar a Copa do Mundo para o povo não ficar “frustrado”. Quanto analfabetismo político. Dilma Rousseff não tem obrigação nenhuma de ganhar a Copa do Mundo, tem obrigação, sim, de atender as reivindicações dos trabalhadores e para isso temos de formular corretamente o que desejamos ver realizado.

Portanto, se você também não compactua com os discursos confusos e ignorantes, faça sua parte, interpele o povo a separar alhos de bugalhos. Lucidez política é o mínimo para começar a construção de um mundo melhor. Abaixo toda forma de atraso e obscurantismo. O lúcido é torcer pela seleção brasileira, sabendo que a derrota SEMPRE é uma das possibilidades. Se ganharmos, festejamos. Se perdermos, esperamos a próxima Copa. Simples assim. Em outras palavras, dai à política o que é da política, dai ao esporte o que é do esporte.

Por: Gílber Martins Duarte – Militante Socialista Livre do CSL/CAEP – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

cropped-w10003247_235356923332503_1987199304_n.jpg

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

13 respostas para E se o Brasil não chegar à final da Copa?

  1. Beatriz disse:

    Resumo da prosa:
    Gílber é uma Esquerdista se sentindo rejeitada e depressiva por conta destes fatores se alia a qualquer vertente que visa destruir o atual sistema e regime. Este sentimento é comum a todo socialista!!http://liberzone.com.br/…/segundo-pesquisadores-sentir…/

  2. Explicador disse:

    Socialista, popularmente chamados de “rosquinhas”, fazem uso de fraudes intelectuais.
    É óbvio que os Brasileiros, maioria alienados mesmo, concordam em parar o comércio para ver o jogo do Brasil, mesmo sabendo de toda a malandragem da fifa, cbf e governo federal venham criticar textos que falem sobre a alienação das pessoas feitas através da mídia e estado pelo esporte. Eu gosto de futebol. mas ser torcedor de futebol e fazer isso ser a coisa mais emocionante da sua vida é algo lastimável.
    Texto fraco e opinião pífia, bola fora do Gílber.

  3. Rubia disse:

    O esporte não é ruim em si mesmo, pode ser bom para diversão e exercício.
    O problema são as pessoas, que abusam dele de diversas formas e por vários motivos e agora esse mimimi… marxista

  4. ygor disse:

    EEEEEEEEEEEUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!!!! Odeio futebol, sempre odiei e sempre vou odiar essa merda dos infernos. Eu não torço por nenhum time e não dou a mínima para qualquer outra modalidade de esporte competitiva. Essa coisa de “pão e circo” não cola em mim.

  5. Impressionante! O professor Gílber venera o estado como sendo a apoteose da sociedade, consideram-no uma organização afável, embora muitas vezes ineficiente, que tem o intuito de alcançar objetivos sociais. Considera um meio necessário para se atingir os objetivos da humanidade, um meio a ser usado contra o “setor privado” e que frequentemente ganha essa disputa pelos recursos. Com o advento da democracia, a identificação do estado com a sociedade foi redobrada ao ponto de ser comum ouvir a vocalização de sentimentos que violam quase todos os princípios da razão e do senso comum, tais como: “nós somos o governo” ou “nós somos o estado”.
    O termo coletivo útil “nós” permite lançar uma camuflagem ideológica sobre a realidade da vida política. Se “nós somos o estado”, então qualquer coisa que o estado faça a um indivíduo é não somente justo e não tirânico, como também “voluntário” da parte do respectivo indivíduo. Se o estado incorre numa dívida pública que tem de ser paga através da cobrança de impostos sobre um grupo para benefício de outro, a realidade deste fardo é obscurecida pela afirmação de que “devemos a nós mesmos” (ou “a nossa dívida tem de ser paga”); se o estado recruta um homem, ou o põe na prisão por opinião dissidente, então ele está “fazendo isso a si mesmo” — e, como tal, não ocorreu nada de lamentável. Ai, aiai… Que febrão meu amigo…. 😉

    • Jurema de Lourdes Giordani disse:

      Le nostre libertà sono troppo preziose per essere messe a rischio: se non agiamo rapidamente le vedremo erose proprio come la nostra valuta.

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      #FIM do “pt” comunista, será exterminado !!!, sem democracia, sem leis sérias, com tudo que está acontecendo no país, a realidade é muito dolorosa, só irá restar ao povo honesto da nossa pátria uma guerra civil, matar ou ser morto, não podemos deixar esse governo sujo corrupto podre que só olha para suas gordas contas secretas no exterior com $$$ roubado do povo, CHEGA NÃO DA MAIS PARA SUPORTAR TAMANHA INJUSTIÇA !!!, A FALÁCIA PODRE COMUNISTA MENTIROSA CONTINUA, CHEGA, DIA A DIA O NOSSO POVO ESTÁ MORRENDO, SEM SAÚDE, SEM EDUCAÇÃO, SEM SEGURANÇA, o “pt”, “pc do b”, “psol” comunistas PODRES e outros partidos traíras vendidos como o “pmdb” covarde, não enganam mais ninguem com suas roubalheiras abominaveis, o “pt” e aliados corruptos com suas quadrilhas estão sempre maquiavélicamente com novos GOLPES E MAIS MENTIRAS MALÉFICAS, as máscaras de todos cairam, dilmaladra e luladrão e suas quadrilhas, SÓ MENTEM, são ladrões comunistas, só penssam em $$$ e poder, NOSSAS, “FFAA” NÃO FAZEM NADA, PORQUE ???, ESSES POLÍTICOS ESTÃO USURPANDO DO PODER COM IDEOLOGIAS PODRES E TÁTICAS COMUNISTAS USANDO O POVO CONTRA O PRÓPRIO POVO !!!, assista os videos e tire suas próprias conclusões…
      http://www.youtube.com/watch?v=jItbur01ovk

  6. Olavo Cavazzola disse:

    Que cara de pau esse Gílber, mentiroso. Ele curtiu a pagina Nessa Copa vai ter Luta.
    https://www.facebook.com/nacopavaiterluta?ref=profile
    Todo marxista é mentiroso.

    • Claro que curtimos a página “Na Copa vai ter luta”. Ter Luta na Copa não significa ser contra a realização da Copa, mas, sim, fazer críticas aos excessivos gastos públicos com a Copa. Claro que a maioria do povo preferiu o “Na Copa vai ter Festa”, mas essa é outra história. Ass: Gílber.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s