21 de Maio: GREVE dos TRABALHADORES EM EDUCAÇÃO DE MINAS GERAIS

Mesmo avaliando que a maioria da categoria dos trabalhadores em educação de Minas Gerais parece não estar demonstrando disposição de fazer uma GREVE de massa nesse momento; mesmo tendo sido impedido de participar da última Assembleia Estadual do Sind-UTE/MG por conta do assalto ao ônibus que eu e meus companheiros de caravana do Triângulo Mineiro sofremos, quando nos dirigíamos a BH – Assembleia Estadual, esta, em que eu colocaria novamente minhas preocupações quanto à deflagração da GREVE nesse momento, fruto do quadro baixo de mobilização que temos percebido nas escolas –; enfim, mesmo com essas observações, que, em nome da minha honestidade e da minha verdade militante, não posso esconder jamais da categoria, acato e acho que todos os sindicalizados deveriam acatar a decisão votada por maioria na Assembleia Estadual do Sind-UTE/MG que optou pela GREVE nessa conjuntura.

Por que acatar a decisão de fazer GREVE votada pela maioria presente na Assembleia Estadual do Sind-UTE/MG? Porque um sindicato de trabalhadores só é forte quando os sindicalizados acatam as decisões votadas coletivamente por maioria nas suas Assembleias Decisórias. Isso não quer dizer que temos de silenciar nossas discordâncias em relação à maioria, principalmente quando achamos que a maioria está EQUIVOCADA.

Em outras palavras, em nome da democracia operária do Sind-UTE/MG, mesmo estando impossibilitado de estar na última Assembleia Estadual, discutindo nossa discordância com essa proposta de GREVE nesse momento, não podemos e não vamos FURAR A GREVE votada por maioria na última Assembleia Estadual do Sind-UTE/MG, mesmo preocupados com a possibilidade de que essa GREVE não obtenha vitórias concretas para nossa classe, já que a conjuntura das escolas, bem possivelmente, aponta para um movimento de luta de uma pequena minoria. Para nós, Socialistas Livres, na luta de classes não há espaço para amadorismos: GREVE tem de ser de massa. GREVE de minoria não tem chances de obter vitórias concretas. Ponto.

Por fim, gostaríamos de dizer que entendemos que a GREVE é uma importante tática de luta para tentar abrir negociação perante qualquer governo. Nisso, todos os lutadores do Sind-UTE/MG tem acordo. Sem luta não há nenhuma possibilidade de conquistas. Com o governo do PSDB de Minas Gerais não seria diferente: só com muita luta podemos abrir negociação favorável aos trabalhadores em educação. Com as ressalvas acima colocadas, portanto, chamamos a todos a aderir à GREVE que se inicia no dia 21 de Maio. Se a maioria das escolas parar, podemos ter alguma chance de abrir negociação sobre PAGAMENTO DO PISO; DESCONGELAMENTO DA CARREIRA; DIMINUIÇÃO DOS DANOS PARA QUEM É DA EXTINTA LEI 100; MELHORIA DO IPSEMG; POSSE PARA OS CONCURSADOS EM TODOS OS CARGOS VAGOS DIVULGADOS NO ÚLTIMO EDITAL; VOLTA DA EDUCAÇÃO FÍSICA E ENSINO RELIGIOSO; MAIS FUNCIONÁRIOS NAS ESCOLAS. O crescimento ou congelamento do movimento grevista é que determinará o avanço ou o recuo da GREVE na próxima Assembleia Estadual do Sind-UTE/MG, a se realizar no dia 28 de Maio. Por enquanto, a hora é de INICIAR A GREVE no DIA 21 DE MAIO. Vamos à luta!

Por: Gílber Martins Duarte – Militante Socialista Livre do CSL/CAEP – Sind-UTE/Uberlândia/MG – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Membro MEOB – CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

cropped-w10003247_235356923332503_1987199304_n.jpg

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s