Ser de esquerda não é…

… comprar ou vender gato por lebre. Não é cultivar mentiras, fantasias e fraudes. Não é ser cúmplice das atrocidades cometidas, ontem e hoje, em nome do socialismo ou do comunismo. Não é esquecer os princípios revolucionários para substituí-los por dogmas despidos de todo e qualquer fundamento. Não é se julgar pertencente ao “povo eleito de Deus” e considerar os demais como infiéis, portanto, dignos de serem abatidos. Não é acreditar que a forma sobrepõe-se ao conteúdo; ou seja, acreditar no rótulo sem atentar para a substância. Não é apoiar-se em dúzia e meia de chavões e em dúzia e meia de xingamentos e desaforos. Não é assumir o nacionalismo em detrimento do internacionalismo.

O que será, então, ser realmente de esquerda? Em primeiro lugar, é ser explicitamente anticapitalista, sem nenhuma meia palavra, sem nenhuma tergiversação. É considerar que a contradição maior do capitalismo reside na dicotomia capital versus trabalho. É ter claro o caráter de classe do Estado e não confundir governo com poder. É se colocar na condição de militante que possa levar a cabo um trabalho de persuasão, de convencimento, respeitando o atraso e a confusão política que a ideologia burguesa impõe ao nosso povo. É reconhecer a impossibilidade de humanização do capitalismo e reconhecer, também, da impossibilidade de se chegar à transformação social através do caminho gradualista. É ter clareza de que revolução é muito mais do que uma simples luta armada. Ela é, antes de tudo, transformação, mudança qualitativa e radical. É não compactuar com as mentiras e embustes que passaram a constituir a cultura de uma pretensa esquerda, de um pretenso socialismo. É reconhecer que o pior inimigo é o falso amigo e que, portanto, uma esquerda que não passa de uma direita travestida, é o inimigo que merece o nosso combate.

Assim como não é biólogo aquele que diz sou biólogo; assim como não é um químico aquele que diz sou um químico, pois não se trata, nos dois exemplos, de profissões de fé, da mesma forma não é, necessariamente marxista, aquele que diz sou marxista, quando toda a sua construção teórica, todos os seus valores políticos, repousam no equívoco ou na negação pura e simples dos princípios revolucionários.

Por: Gilvan Rocha, escritor socialista, articulista, Presidente do CAEP – Centro de Atividades e Estudos Políticos e membro do CSL – CAEP.

Acessem nosso Blog:  www.socialistalivre.wordpress.com

Acessem nosso Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com.br

cropped-u10013734_235352529999609_858194854_n1.jpg

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s