A Causa e o Partido

O que chamamos de causa, em se tratando de comprometimento político, é o objetivo que se pretende alcançar. Dessa forma teremos diversas “causas”. Mas, com o propósito didático, tomamos o capitalismo como ponto de referência. Teremos, então, basicamente, dois projetos políticos, duas causas fundamentais. O primeiro estaria voltado para a conservação do sistema socioeconômico vigente e, o segundo, estaria empenhado em superar esse sistema, promovendo a transformação social. Ao primeiro projeto costumamos chamar de conservador. Quanto ao segundo, é dispensada a denominação de revolucionário.

Essas duas correntes são dotadas de manifestações diversas. Uma forma extremada, de uma postura contrarrevolucionária, observou-se com o nazifascismo e com o totalitarismo stalinista, assim como hoje temos o tresloucado fundamentalismo islâmico. Ao lado desse direitismo exacerbado, temos a direita reformista, também chamada de progressista, cujo lema é: Vamos reformar para conservar.

Por decorrência da derrota política do movimento socialista em escala mundial, nasceu o stalinismo, força de relevo para possibilitar a sobrevivência do capitalismo. Diz-se que o pior inimigo é o falso amigo, e o stalinismo, travestido de esquerda, prestou-se a garantir a estúpida e desumana sobrevivência da ordem vigente.

Nos seus mais diferentes desvarios, a “esquerda stalinista” de diversos matizes, chegou ao absurdo de reduzir o conceito de revolução, a partir da dicotomia: caminho pacífico (revisionista) e luta armada (revolucionário), o que expressa muito bem, o grau de rebaixamento político que o stalinismo impôs durante seus longos anos de hegemonia.

Essencial, porém, é ter claro que toda causa necessita de instrumentos para viabilizar-se e, dentre eles, está a figura dos partidos, como ferramenta de determinado projeto. Por definição, os instrumentos são subalternos à causa e, quando se fere esse princípio, se descamba para a prática burocrática com todos os seus desvios.

Assim sendo, partido nenhum, candidatura nenhuma, pode se converter no fim. São apenas meios e, quando se conflitam os instrumentos com a causa, ou se atira o instrumento ao lixo, como ferramenta imprestável, ou haveremos de desservir aos nossos reais objetivos.

Nada mais provido de insensatez do que as comemorações de caquéticos partidos, ditos comunistas ou socialistas, festejando suas longas vidas. Nada mais do que um despropósito é nos centrarmos em candidaturas, fazendo concessões de princípios e lhes dando um caráter messiânico, salvador.

Por: Gilvan Rocha, escritor socialista, articulista, membro do CSL – COLETIVO SOCIALISTAS LIVRES e Presidente do CAEP – Centro de Atividades e Estudos Políticos.

Acessem nosso Blog: http://www.gilvanrocha.blogspot.com.br

1779842_228391594029036_1036901415_n

Acessem nosso Blog: http://www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

41 respostas para A Causa e o Partido

  1. A forma de raciocinar relativista é profundamente contraditória, pois pretende negar o que supõe desde o princípio: a existência da verdade.

    Não restam dúvidas de que vivemos numa época relativista. Cada vez mais pessoas pensam que não há nenhuma verdade certa, ou que a verdade não seja conhecível, ou, o que é equivalente, que todas as afirmações são igualmente verdadeiras. Esse tipo de relativismo vem se impondo como pensamento único. Quem nega ser verdade que não exista verdade faz algo óbvio, à custa de ser chamado de prepotente, intolerante e antidemocrático; em uma palavra: um perigo público. Como dissemos em outra ocasião, vivemos numa cultura dominada não por um relativismo absoluto, algo essencialmente contraditório, mas sim por um absolutismo relativista[1].

    O dito relativismo pode ser bem contemplado em um raciocínio frequente do chamado “pós-modernismo”. Afirma-se que todos os homens são iguais; por isso, quando dois homens possuem opiniões diversas, ambas devem ser tidas como verdadeiras, pois seria “antidemocrático” ou “politicamente incorreto” dizer que uns homens têm razão sobre outros.

    Esse estranho raciocínio pretende ser relativista, mas supõe a existência de verdades firmes e incontestáveis: a igualdade essencial de todos os homens, a certeza de que a democracia é a melhor forma de governo possível e que o “politicamente correto” deve ser o padrão único de linguagem. Sendo assim, esse raciocínio expressa aparentemente o relativismo, mas se funda em dogmas bem sólidos.

    De qualquer modo, o que aqui se expressa é que o critério de verdade deixou de ser a relação do juízo com a realidade conhecida e passou a ser a relação do juízo com a dignidade de quem o profere. Todo juízo deveria ser considerado igualmente verdadeiro (ou igualmente falso) só pelo fato de que foi realizado por um ser humano portador de uma dignidade intrínseca.

    Com isso queremos mostrar que a forma de raciocinar relativista é profundamente contraditória, pois pretende negar o que supõe desde o princípio: a existência da verdade. Supõe, por exemplo, a verdade de que todos os homens são iguais em dignidade e, posteriormente, afirma que não existe nenhuma verdade.

    O que importa é que essa forma de pensar relativista dá por certo que não há uma verdade e uma bondade intrínsecas às coisas. A verdade de cada coisa é a que cada um constrói, e o valor de cada uma é totalmente atribuída pelo sujeito. Mas qual seria a consequência desse tipo de pensamento?

    R. Guardini foi um autor que refletiu sobre esses temas e deu respostas diametralmente opostas. Em primeiro lugar ele constatou que algo presente em diversos momentos da história do pensamento é a afirmação de que o bem é a verdade de cada coisa, na medida em que se torna objeto do agir. Sendo assim, do que é verdadeiro em si surge a comprensão do que é realmente justo. O bem moral seria então o justo que brota da essência de cada realidade particular.

    E, quando se reconhece a verdade das realidades em si mesma, se exclui da ética o “direito à arbitrariedade”, ou seja, o direito de agir com a natureza assim como se quer, impondo-lhe o dever de atuar segundo o próprio interesse. O dito “direito à arbitrariedade” seria intrínseco ao “existencialismo”, ao pós-modernismo e a outras formas de pensamento relativista. Por outro lado, se há uma verdade intrínseca às coisas, o bem é o que deve ser feito sempre, e equivale à verdade das coisas em si como tarefa para o agir moral. A verdade das coisas e do bem exclui então o direito à arbitrariedade, a qual é expressão de um puro voluntarismo.

    E todo totalitarismo manifesta horror pela verdade, porque essa é a única força que destrói toda imposição arbitária na sua raiz. E a verdade das coisas é algo essencialmente democrático, pois pode ser conhecida por todos os que a buscam.

    Todo regime totalitário, pois, está convencido de que não exista uma essência objetiva sobre as coisas, sobre a natureza, sobre as relações humanas e sobre a moral. Por isso o totalitarismo visa sempre difundir uma mentalidade relativista. Só assim pode manipular as pessoas segundo os próprios interesses. R. Guardini viu isso no regime nazista, que negava a existência de normas morais certas e da verdade reconhecida por todos. Aquela tirania relativizava o que era aceito pacificimente por todos, absolutizando suas próprias ideias perversas, e impunha um regime de pensamento único, o qual está intrinsecamente ligado ao terror. Hoje vemos que o relativismo pretende que tratemos a verdade como se fosse mentira, e a mentira como se fosse verdade.

    Entretanto, se as coisas são realmente inteligíveis e se o ser delas manifesta o bem a ser realizado, o homem se reconhece como um ser responsável pelo mundo. Ele deve conhecer a realidade que lhe foi dada para agir de modo responsável. Se há uma verdade que rege o agir moral, o homem não pode querer dominar a realidade com uma “vontade de poder” absoluta.

    E a cultura nada mais é do que a capacidade de perceber a exigência que surge da verdade de cada coisa e a disponibilidade de lhe corresponder. «O homem deve decidir aceitar ou refutar a realidade. Ele é responsável por isso pelo fato de ser homem. Ser homem significa precisamente ser responsável pelo mundo»[2]. De fato, a dita responsabilidade, fundada na certeza de se poder alcançar a verdade sobre cada coisa, se manifesta na cultura.

    Por outro lado, o relativismo, ou seja, a negação da verdade implícita de cada realidade como indicação de atuação, gera a destruição da cultura. Nada mais destrutivo do que o relativismo. Por outro lado, o homem culto é aquele capaz de distinguir os valores verdadeiros e os falsos, ou seja, conhece as realidades e o valor implícito de cada uma. O homem culto musicalmente, por exemplo, é aquele que conhece e valoriza as obras musicais realmente de grande importância.

    O relativismo, no fundo, nega a verdade e a bondade das coisas e, fazendo isso, faz tudo se tornar indiferente. E a dita indiferença destrói a cultura, a educação, a moralidade e a mesma sociedade. Se não há uma verdade e uma bondade em cada coisa, para que estudar? Para que se dedicar ao trabalho científico? Para que serve a arte se não para exprimir de forma singular e bela uma verdade e uma bondade conhecida? E como ser ético na vida profissional se não há nenhum bem conhecível?

    Portanto, o totalitarismo relativista, que pretende dominar nossas sociedades, além de ser contraditório e autoritário é um verdadeiro obstáculo para o progresso humano, cultural, político e social das nossas sociedades.

    [1] Cfr.: A. Alves, Relativismo absoluto ou absolutismo relativista. Disponível em: http://www.zenit.org/pt/articles/relativismo-absoluto-ou-absolutismo-relativista

    [2] R. Guardini, Etica, Editrice Morcelliana, Brescia 2003, pp. 53-54.

    (27 de Janeiro de 2014) © Innovative Media Inc.

  2. A forma de raciocinar relativista é profundamente contraditória, pois pretende negar o que supõe desde o princípio: a existência da verdade.

    Não restam dúvidas de que vivemos numa época relativista. Cada vez mais pessoas pensam que não há nenhuma verdade certa, ou que a verdade não seja conhecível, ou, o que é equivalente, que todas as afirmações são igualmente verdadeiras. Esse tipo de relativismo vem se impondo como pensamento único. Quem nega ser verdade que não exista verdade faz algo óbvio, à custa de ser chamado de prepotente, intolerante e antidemocrático; em uma palavra: um perigo público. Como dissemos em outra ocasião, vivemos numa cultura dominada não por um relativismo absoluto, algo essencialmente contraditório, mas sim por um absolutismo relativista[1].

    O dito relativismo pode ser bem contemplado em um raciocínio frequente do chamado “pós-modernismo”. Afirma-se que todos os homens são iguais; por isso, quando dois homens possuem opiniões diversas, ambas devem ser tidas como verdadeiras, pois seria “antidemocrático” ou “politicamente incorreto” dizer que uns homens têm razão sobre outros.

    Esse estranho raciocínio pretende ser relativista, mas supõe a existência de verdades firmes e incontestáveis: a igualdade essencial de todos os homens, a certeza de que a democracia é a melhor forma de governo possível e que o “politicamente correto” deve ser o padrão único de linguagem. Sendo assim, esse raciocínio expressa aparentemente o relativismo, mas se funda em dogmas bem sólidos.

    De qualquer modo, o que aqui se expressa é que o critério de verdade deixou de ser a relação do juízo com a realidade conhecida e passou a ser a relação do juízo com a dignidade de quem o profere. Todo juízo deveria ser considerado igualmente verdadeiro (ou igualmente falso) só pelo fato de que foi realizado por um ser humano portador de uma dignidade intrínseca.

    Com isso queremos mostrar que a forma de raciocinar relativista é profundamente contraditória, pois pretende negar o que supõe desde o princípio: a existência da verdade. Supõe, por exemplo, a verdade de que todos os homens são iguais em dignidade e, posteriormente, afirma que não existe nenhuma verdade.

    O que importa é que essa forma de pensar relativista dá por certo que não há uma verdade e uma bondade intrínsecas às coisas. A verdade de cada coisa é a que cada um constrói, e o valor de cada uma é totalmente atribuída pelo sujeito. Mas qual seria a consequência desse tipo de pensamento?

    R. Guardini foi um autor que refletiu sobre esses temas e deu respostas diametralmente opostas. Em primeiro lugar ele constatou que algo presente em diversos momentos da história do pensamento é a afirmação de que o bem é a verdade de cada coisa, na medida em que se torna objeto do agir. Sendo assim, do que é verdadeiro em si surge a comprensão do que é realmente justo. O bem moral seria então o justo que brota da essência de cada realidade particular.

    E, quando se reconhece a verdade das realidades em si mesma, se exclui da ética o “direito à arbitrariedade”, ou seja, o direito de agir com a natureza assim como se quer, impondo-lhe o dever de atuar segundo o próprio interesse. O dito “direito à arbitrariedade” seria intrínseco ao “existencialismo”, ao pós-modernismo e a outras formas de pensamento relativista. Por outro lado, se há uma verdade intrínseca às coisas, o bem é o que deve ser feito sempre, e equivale à verdade das coisas em si como tarefa para o agir moral. A verdade das coisas e do bem exclui então o direito à arbitrariedade, a qual é expressão de um puro voluntarismo.

    E todo totalitarismo manifesta horror pela verdade, porque essa é a única força que destrói toda imposição arbitária na sua raiz. E a verdade das coisas é algo essencialmente democrático, pois pode ser conhecida por todos os que a buscam.

    Todo regime totalitário, pois, está convencido de que não exista uma essência objetiva sobre as coisas, sobre a natureza, sobre as relações humanas e sobre a moral. Por isso o totalitarismo visa sempre difundir uma mentalidade relativista. Só assim pode manipular as pessoas segundo os próprios interesses. R. Guardini viu isso no regime nazista, que negava a existência de normas morais certas e da verdade reconhecida por todos. Aquela tirania relativizava o que era aceito pacificimente por todos, absolutizando suas próprias ideias perversas, e impunha um regime de pensamento único, o qual está intrinsecamente ligado ao terror. Hoje vemos que o relativismo pretende que tratemos a verdade como se fosse mentira, e a mentira como se fosse verdade.

    Entretanto, se as coisas são realmente inteligíveis e se o ser delas manifesta o bem a ser realizado, o homem se reconhece como um ser responsável pelo mundo. Ele deve conhecer a realidade que lhe foi dada para agir de modo responsável. Se há uma verdade que rege o agir moral, o homem não pode querer dominar a realidade com uma “vontade de poder” absoluta.

    E a cultura nada mais é do que a capacidade de perceber a exigência que surge da verdade de cada coisa e a disponibilidade de lhe corresponder. «O homem deve decidir aceitar ou refutar a realidade. Ele é responsável por isso pelo fato de ser homem. Ser homem significa precisamente ser responsável pelo mundo»[2]. De fato, a dita responsabilidade, fundada na certeza de se poder alcançar a verdade sobre cada coisa, se manifesta na cultura.

    Por outro lado, o relativismo, ou seja, a negação da verdade implícita de cada realidade como indicação de atuação, gera a destruição da cultura. Nada mais destrutivo do que o relativismo. Por outro lado, o homem culto é aquele capaz de distinguir os valores verdadeiros e os falsos, ou seja, conhece as realidades e o valor implícito de cada uma. O homem culto musicalmente, por exemplo, é aquele que conhece e valoriza as obras musicais realmente de grande importância.

    O relativismo, no fundo, nega a verdade e a bondade das coisas e, fazendo isso, faz tudo se tornar indiferente. E a dita indiferença destrói a cultura, a educação, a moralidade e a mesma sociedade. Se não há uma verdade e uma bondade em cada coisa, para que estudar? Para que se dedicar ao trabalho científico? Para que serve a arte se não para exprimir de forma singular e bela uma verdade e uma bondade conhecida? E como ser ético na vida profissional se não há nenhum bem conhecível?

    Portanto, o totalitarismo relativista, que pretende dominar nossas sociedades, além de ser contraditório e autoritário é um verdadeiro obstáculo para o progresso humano, cultural, político e social das nossas sociedades.

    [1] Cfr.: A. Alves, Relativismo absoluto ou absolutismo relativista. Disponível em: http://www.zenit.org/pt/articles/relativismo-absoluto-ou-absolutismo-relativista

    [2] R. Guardini, Etica, Editrice Morcelliana, Brescia 2003, pp. 53-54.

  3. Mario Endlich Feurig disse:

    Você é a favor dos “rolezinhos”? Quer participar de um? Então faça bem feito. Veja um “rolezinho” alemão. Imite o que engrandece, não o que diminui. Entendeu seu retardado socialista.
    http://www.flixxy.com/bavarian-flash-mob-in-munich.htm

  4. Mario Endlich Feurig disse:

    Você é um dos culpados por termos no Brasil, uma CRIMINOSA DO PASSADO, sentada na cadeira da presidência da República? Pois então saiba que enquanto a terrorista que ocupa a presidência da República no Brasil, sustenta com o NOSSO dinheiro, países COMUNISTAS, ela tira dos brasileirinhos o alimento, transporte, saúde e educação decentes.
    Ou você acorda, reage e muda as coisas, ou SEU FILHO SERÁ O PRÓXIMO INFELIZ, isso, se ele não acabar num PAREDÃO DE FUZILAMENTO, que é o que acontecerá, se a corja vermelha continuar no poder.
    http://g1.globo.com/fantastico/noticia/2014/03/fantastico-mostra-situacao-precaria-de-escolas-publicas-em-alagoas-em-pernambuco-e-no-maranhao.html

    • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

      ATOR DA GLOBO DESABAFA E SOLTA O VERBO; “Esperava o PT ético, mas abriu os caminhos do roubo! Sempre dei meu apoio para a turma do PT. Enquanto estava no Legislativo, tudo bem. Quando botaram a mão na grana, começou a acontecer, infelizmente, o que acontece com todos os outros partidos. É uma pena que o PT tenha entrado nisso, era realmente uma possibilidade de mudar a cara do País. Eu esperava um partido íntegro, que tivesse um sentido de ética muito forte e que impedisse as pessoas de roubar, e não que abrisse outros caminhos de roubo. Então agora vou ter que rever. A perspectiva não é muito boa, mas sei que democracia é entre os males o menor. Vamos ver quem é que pode fazer menos mal ao País.”
      (Antônio Fagundes )

  5. Mario Endlich Feurig disse:

    Se alguém ainda pretende alegar ignorância em relação ao que vem acontecendo no Brasil, saiba que isso não cola mais, pois, só um DOENTE MENTAL pode se dizer alienado com os acontecimentos. Perceba que já estão ABANDONANDO O HINO NACIONAL E SUBSTITUINDO-O PELA INTERNACIONAL SOCIALISTA EM EVENTOS PÚBLICOS !!!!
    Para quem não faz ideia de quem seja O Coronel Lício Maciel, explico: ele é um BRAVO MILITAR DO EXÉRCITO E FOI ELE QUEM DESMANTELOU A QUADRILHA DO TERRORISTA JOSÉ GENOINO NO ARAGUAIA, SENDO TAMBÉM, O RESPONSÁVEL PELA PRISÃO DAQUELE MALDITO.
    O alerta que ele faz no blogue dele, é preocupante.
    ACORDA, BRASIL!!
    __________________
    “Ao término da segunda música, aconteceu o inacreditável. O maestro barbudo (quase um fundamentalista) pede a atenção de todos e brada em alto e bom som, com a sua voz grave, que a apresentação final seria especial. O momento mais esperado. E anuncia a INTERNACIONAL SOCIALISTA.

    Surpreendido, fiquei em estado catatônico. Adolescentes da platéia e adultos levantam-se, erguem os punhos cerrados e bradam a plenos pulmões o ode à esquerda. Fiquei envergonhado.

    Não foi entoado o HINO NACIONAL BRASILEIRO em um evento público, com autoridades representativas de segmentos diversos da sociedade, do judiciário e do executivo.
    Ao término da segunda música, aconteceu o inacreditável. O maestro barbudo (quase um fundamentalista) pede a atenção de todos e brada em alto e bom som, com a sua voz grave, que a apresentação final seria especial. O momento mais esperado. E anuncia a INTERNACIONAL SOCIALISTA.”
    http://liciomaciel.wordpress.com/2014/03/10/brasil-ja-comunista/

  6. Mario Endlich Feurig disse:

    Você, brasileiro, que acordou cedo e já começou a trabalhar, saiba que pelo menos 35% do SEU SUOR DE HOJE e de cada dia de trabalho seu, está sendo mandado para alimentar países COMUNISTAS, como Cuba. Aquela mulher, que muitos IDIOTAS, ZUMBIS, BURROS, IGNORANTES, PREGUIÇOSOS MENTAIS, e que era TERRORISTA, LADRA E SEQUESTRADORA nas décadas de 50/60, tendo sido financiada naqueles tempos, por Cuba, Albânia, União Soviética e China, ELEGERAM A PESSOA IDEAL PARA DIRIGIR OS RUMOS DO BRASIL, está empobrecendo o Brasil e enriquecendo os COMUNISTAS. O entrevistado desse programa TENTOU MAS NÃO CONSEGUIU DOURAR A PÍLULA, a verdade é que o alimento que falta na mesa do brasileiro, o dinheiro que deixa de ser empregado em escola, saúde, transporte e moradia, está sendo DESVIADO, com a conivência dos políticos que se dizem “nossos representantes”, para países DITADORES, COMUNISTAS E SANGUINÁRIOS. Quem assistiu a reportagem sobre as miseráveis escolas públicas do Brasil, ontem no Fantástico, pode fazer uma comparação.
    Ou acabamos com os vermelhos, ou até outubro/14 eles acabarão com o Brasil.
    http://www.hariovaldo.com.br/site/2014/02/02/porto-cubano-financiado-por-dilma-e-na-verdade-uma-base-naval-comunista/

  7. Mario Endlich Feurig disse:

    Estou ouvindo Lobão conversando com Percival Puggina e essa é a segunda vez que percebo que, embora Lobão tenha a melhor das intenções, ele ainda está muito cru em relação à direita. Ele acaba de fazer um comentário sobre a Marcha da Família com Deus, dando a entender que queremos de volta…a “ditadura” e se manifestando contra a marcha nesse sentido (volta da “ditadura”). Meu Deus…se nem os nossos, se dão ao “trabalho” de estudarem sobre o significado da INTERVENÇÃO MILITAR…estamos perdidos mesmo.

    • Ele é um ex-petista, Mario (como você sabe) e está muito arrependido e decepcionadíssimo com o “petê” e os socialistas em geral, mas ainda tem muito que aprender sobre ser verde, amarelo, azul e branco, por isso, dá essas IMPERDOÁVEIS deslizadas.
      Nem todas os conservadores, liberais ou direitistas são a favor de uma intervenção militar neste momento. Aliás, em 1964, nem os militares queriam intervir, só o fizeram após esgotadas todas as outras possibilidades. As gotas d’água finais se acumularam em março, quando o próprio presidente da república passou a incentivar a quebra da hierarquia e da disciplina nas FFAA. As históricas Marchas da Família com Deus pela Liberdade daquela época também não foram para pedir especificamente a intervenção militar, e sim para manifestar o repúdio da sociedade ao que vinha sendo promovido pelas autoridades. Se Jango não tivesse impedido a punição aos militares que participaram dos motins dos marinheiros e não tivesse comparecido à desastrosa reunião no Automóvel Clube, talvez as coisas tivessem tomado outro rumo. A operação de 31 de Março foi uma reação defensiva contra o golpe que vinha sendo armado dentro do próprio governo, minando as bases das FFAA. Todos conhecem meu posicionamento político e minha visão tanto sobre o movimento de 64 quanto sobre os governos do ciclo dos militares. Pois eu mesmo ainda não estou convencido de que essa marcha que estão programando para este ano seja uma boa ação. Sobre essa marcha, minha posição é muito semelhante à do Professor Olavo de Carvalho (outro ex comunista). Aliás, o fato de Lobão ter sido petista quando mais moço, para mim,só valoriza mais o que vem fazendo hoje e, tenho certeza, fortalece muito mais a repercussão das ideias que propaga.

    • Abul Qasim Cesar DA Silveira Al-harawi disse:

      Percival Puggina merece ser seguido. Ele é um dos POUCOS gaúchos, que NÃO é ZUMBI, muito pelo contrário.

      • Geraldo Almendra disse:

        Esses pilantras socialistas só existem porque existem os ZUMBIS.
        Se os eleitores pesquisassem o passado dos candidatos, ANTES de votarem neles, veriam que na maioria das vezes, estão votando em CRIMINOSOS E TERRORISTAS. Aqui, os sujeitos estão querendo ressarcimento ATÉ de BOTOX, CONSUMO DE FRIGOBAR, IMPLANTE HORMONAL (!!), etc.
        Acorda brasileiro. Deixa de votar em safados, pilantras, comunistas, criminosos e terroristas. Estuda, brasileiro. Pesquisa, brasileiro. Envergonhe-se, brasileiro. Deixa de ser ignorante, brasileiro.
        CHEGA DE ENTREGAR SEU PAÍS NA MÃO DE COMUNISTAS.
        FORA “petê”, PSOL, PV, PSTU, PCB, etc. FORA VERMELHOS!!

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        O desperdício é a marca de políticos habituados a esbanjar o dinheiro da viúva. Se os valores subtraídos desde os tempos do Império tivessem sido aplicados com honestidade e zelo, o Brasil teria hoje os indicadores econômicos e sociais da Suíça ou da Dinamarca, seria próspero, culto e sem pobreza. Como a história foi outra…
        Presidentes, governadores, prefeitos, parlamentares e burocratas agem assim de olho no financiamento de campanhas eleitorais e no enriquecimento ilícito, por desleixo com a coisa pública ou mesmo por pura incompetência

  8. Jurema de Lourdes Giordani disse:

    A COMUNISTA Manuela D’Ávila foi ASSALTADA. Que notícia maravilhosa. Quero que TODOS OS DIAS, todos os vermelhos sejam assaltados e sofram o susto de morrerem em mãos de bandidos. Quero mesmo, honestamente. Quem sabe assim, esses PILANTRAS, SAFADOS, PROTETORES DE MARGINAIS, deixam de defendê-los. Se alguém não sabe, foram os VERMELHOS que,um pouco antes do carnaval, VOTARAM CONTRA A DIMINUIÇÃO DA IDADE PARA RESPONSABILIDADE PENAL.
    BEM FEITO!!!!!!

  9. Julio Cesar Moura disse:

    ATENÇÃO! ATENÇÃO!! ATENÇÃO!!! IMPORTANTE!!!!

    ATENÇÃO PATRIOTAS QUE NÃO QUEREM VER A BANDEIRA DO BRASIL MANCHADA DE VERMELHO!
    Surgiu uma grande oportunidade para você fazer algo por seu país e por seus descendentes! Estamos organizando, com o apoio dos administradores das páginas adiante mencionadas, a MARCHA DA FAMÍLIA COM DEUS, EM DEFESA DA VIDA, DA LIBERDADE E DA DEMOCRACIA, CONTRA O COMUNISMO, A FALTA DE RESPEITO AOS SEMELHANTES, FALTA DE RESPEITO A NOSSA PÁTRIA programado para o dia 22 de março, às 15h00, em São Paulo, na PRAÇA DA REPÚBLICA.
    Patriotas, estamos chegando a um tempo em que literalmente ficaremos sem saída, um futuro à La Venezuela, à La Cuba, um futuro da URSAL (União das Repúblicas Socialistas Latino Americanas). Portanto, urge agirmos enquanto há possibilidade, enquanto é permitido, enquanto não há guerrilheiros armados nas ruas para nos combater.

    Temos um governo que pretende implantar uma ditadura comunista no Brasil, isto é fato, é de conhecimento de uma grande parcela da população, e com a perfeita e harmoniosa colaboração dos partidos socialistas, que têm por objetivo estatutário a tal “democracia socialista”, e dos partidos sem objetivo estatutário algum, apenas destinados à locação.

    Com a colaboração e ciência destes partidos, o comunismo está sendo implantado no Brasil sorrateira e imperceptivelmente, cumprindo regiamente a agenda do Foro de São Paulo e a agenda estabelecida pelo “stablishment” que financia a ONU, para implantar a Nova Ordem Mundial.

    Antes de tudo, constatemos que em nossa dita “democracia”, dos 513 deputados, somente 35 foram realmente eleitos. Os demais estão lá por legenda, sem representatividade alguma, de forma que a Câmara dos Deputados de maneira alguma representa os interesses do povo, salvo raríssimas exceções, mas sim a si próprios e aos interesses do governo para atingir o grande salto, o salto da bandeira vermelha comunista sobre a bandeira do Brasil, o mesmo grande salto que Mao Tse Tung deu na China, o grande salto comunista.

    Para demonstrar nossa indignação e contrariedade, escreveremos alguns pontos que o governo obstinadamente infringe a constituição e a Declaração Universal dos Direitos Humanos, a fim de fazerem valer os malignos planos, repetimos, do Foro de São Paulo e Nova Ordem Mundial.

    Não será por acaso que o Foro de São Paulo este ano será realizado, para planejarem o xeque mate ou arremate, na cidade de São Paulo, em 31 de julho, com a presença dos maiores chefes comunistas latino americanos, como irmãos Castro, irmãos Ortega, Cristina Kirshner, Evo Morales, Maduro, Mojica, Lula, Dilma, representantes da maioria dos partidos socialistas e comunistas, e simpatizantes.

    1. O Brasil ficou em 39º lugar entre os 40 países analisados sobre habilidades cognitivas e realizações educacionais, o governo proíbe a instrução ministrada pelos próprios pais, e ministra cartilhas pornográficas gays que ferem os valores familiares, sem conhecimento dos pais;

    2. O governo está a promover, inconteste, o terrorismo nas ruas, para que de alguma forma surja o “salvador da pátria” causando alívio ao povo, que aceitará qualquer coisa desde que a ordem esteja estabelecida;

    3. Está em vias de serem aprovadas a PEC 33, que restringe a atuação do STF, a PEC 37 que fulmina o poder de investigação do Ministério Público, a PEC 105, que fere de morte a lei de improbidade administrativa, e a PLC 205 que aparelha a Advocacia Geral da União, quebrando assim a harmonia entre os três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário), e transformando o país numa verdadeira ditadura vermelha, à revelia da constituição federal;

    4. A aprovação do Marco Regulatório da Mídia e Censura da Internet através da estatização, à revelia da constituição federal;

    5. A instauração do casamento civil gay através de uma simples resolução, à revelia da constituição federal;

    6. A intolerância religiosa, à revelia da constituição federal;

    7. A promoção do aborto, à revelia da constituição federal;

    8. A redução do consentimento do sexo com menores para 12 anos consentindo a pedofilia, à revelia da constituição federal;

    9. A predominância da minoria sobre a maioria fomentando a guerra entre classes sociais, raciais e sexuais, à revelia da constituição federal;

    10. Confisco de propriedade, à revelia da constituição federal;

    11. A institucionalização da corrupção bem como da impunidade;

    12. O controle do rendimento da população e a criação de poupança fraterna (PEC);

    13. O sucateamento das forças armadas e fim da polícia militar, para criação da Força Nacional como guarda pretoriana, à revelia da constituição federal;

    14. O desarmamento da população, deixando os bandidos totalmente armados, à revelia do referendo;

    15. A vinda de guerrilheiros cubanos para o Brasil, disfarçados de médicos, para ensinar às pessoas simples do nosso extenso interior e sertão os métodos revolucionários, e,

    16. A infiltração de membros das FARC em vários órgãos políticos.

    É agora ou nunca! Ou a sociedade defende a constituição, a democracia e os direitos universais, ou será bem-vinda ao Admirável Mundo Novo (Aldous Huxley) diuturnamente policiada pelo Big Brother (1984 – George Orwell).

    Como todo cristão, é nosso dever defender a nossa crença e deixarmos para o futuro um Brasil melhor do que aquele que vivemos e encontramos.

    Todos contamos com seu comparecimento! Participe com sua família e convide seus amigos. Leve bandeiras do Brasil, faixas e cartazes. Compartilhe para que outras pessoas tenham conhecimento! Lembre-se que nosso único meio de divulgação é VOCÊ! DEPENDEMOS TOTALMENTE DE VOCÊ PARA O SUCESSO DO EVENTO!

  10. Julio Cesar Moura disse:
    • Aviso aos leitores-comentadores, não postamos vídeos nesse espaço.

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        A canalhada não sossega enquanto não calar de vez as vozes discordantes. Isso é mordaça socialista. Esse censor aprendeu a lição direito com os castros, maduro e lenin. A mentalidade dessa gente faria os porcos vomitarem, se lhes fosse servida no cocho. A raça de víboras socialistas está desesperada, mas não adianta, no fim será cobra engolindo cobra! Cada vez que esse marxista tira um vídeo do ar, mais ele se mostra inepto para sustentar sua própria ideologia ( se é que ela pode ser sustentada … ) e mais mostra quem é que quer uma ditadura de verdade. Esse Gílber é um mentiroso faz um jogo sujo e perigoso para a nossa democracia. Bateu o desespero com as verdades contidas nos vídeos nesse “imbecil coletivista”, que na falta de argumentos e de qualquer inteligência, usa a única arma que lhe resta: a truculência coletiva. E assim vivemos amordaçados pela ditadura marxista. Esses criminosos dão nojo!
        Viva a liberdade. Fora Socialistas Livres.

      • Jurema de Lourdes Giordani disse:

        Informo que o censor esta bloqueando comentários. O Nikolaievitch não consegui responder quando esse socialista Gílber nos chama de golpistas, veja abaixo o comentário dele, que pediu para postar:
        Via Nikolaievitch

        Sua revolta de teclado marxista já encheu meu saco!

        As Forças Armadas, segundo eles, seria o último bastião, visto que a sociedade bolsista abonada com maracutaias eleitoreiras, dificilmente adotará qualquer medida em prol de um Brasil democrático, principalmente, se isto lhe custar a perda de algum beneficio.

        A Contrarrevolução de 31 de março de 1964 e os resultados funestos para aquela heroica ação no atual cenário tornaram – se uma pesada acusação para os então bem intencionados chefes militares.

        O resultado que sei da intervenção das forças armadas foram paz e tranquilidade … E deixe de ser ignorante, vc não sabe nada sobre a ditadura, estude com detalhes. Afinal, você joga o seu voto no lixo, pelo menos a maioria é assim, você vota num cara com quem se identifica. Viva a liberdade!

      • Além de Golpistas, mentem! Os comentários por escrito são todos publicados nesse BLOG. Só não publicamos vídeos. Aqui não tem censura, não é igual a DITADURA MILITAR que vocês querem instalar no BRASIL. Ditadura militar nunca mais. Abaixo o GOLPISMO!

      • José Almeida Padua disse:

        A mídia golpista e desse mentiroso socialista estão doidos falando de “ditadura” militar. O medo de perder a boquinha gorda do Estado tá crescendo.

      • Professor Vladimir Enko Korolenko disse:

        Golpista e mentiroso é você que defende uma ideologia assassina.
        O socialismo é a grande ilusão do século XX. Embora prometesse a prosperidade, a igualdade e a segurança, só proporcionou pobreza, miséria e tirania. A igualdade foi alcançada apenas no sentido de que todos eram iguais em sua miséria. Se a população não tem sapato, utiliza o chinelo. Todos estão satisfeitos. Olha o modelo cubano com a libreta de alimentação.

        Na realidade o socialismo lembra a piada russa, Russian Reversal, o sistema dirige você. Os socialistas não admitem o fracasso ao redor do mundo. Eles comparam o socialismo puro, que é uma Utopia, na ausência de sua eficiência no mundo real, com o capitalismo real, imperfeito, o que lhes permite afirmar que o socialismo é superior ao capitalismo.

        Não existe no socialismo um modelo de Nação que lhe sirva de parâmetro. O mundo é imperfeito por natureza e se não fosse qualquer sistema político funcionaria. Em um mundo perfeito, com cidadãos perfeitos, recursos infinitos qualquer sistema econômico ou político funcionaria perfeitamente. Vivemos num mundo imperfeito, com cidadãos imperfeitos e recursos limitados. Para que haja equilíbrio o sistema econômico a ser escolhido deve promover a eficiência econômica. Qual o sistema que mais adapta a essa característica? É o capitalismo com todas as imperfeições possíveis, que tem algumas características, incentivo, lucro e direito a propriedade.

        O direito a propriedade é uma das características do desempenho do ser humano. O socialismo real não tem incentivo, não tem direito a propriedade, tudo é centralizado e o objetivo principal é o Estado. Interessante nesse debate entre capitalismo e socialismo, o ser humano, o cidadão, o refugiado, opta pelo lado mais prático, procura refugiar-se no capitalismo, sendo a imagem desse modelo os Estados Unidos. Ninguém procurar trabalho em Cuba, na Rússia, China, etc. Eles fazem a mesma escalada do ser humano que saiu da África para outros continentes para sobrevivência por que todos fogem e viajam enfrentando perigos para chegar ao “império capitalista do mal “? É uma boa pergunta para os socialistas responderem.

        Existe uma piada russa que diz: Qual o melhor inferno, capitalista ou socialista? É claro que é o socialista. Um dia faltam fósforos, outro dia falta combustível, no outro – o caldeirão é levado para reforma ou os diabos estão em reunião do partido.

        A principal diferença entre o capitalismo e o socialismo é: o capitalismo funciona.

      • Castrinho disse:

        ENQUANTO ISSO VAMOS ACEITANDO A PTRALHADA COMUNISTAS, ASSASSINOS, CORRUPTOS. No Brasil não houve ditadura. Houve governo militar que impediu na época que os canalhas que hoje estão no poder instalassem o comunismo, agora estão descaradamente CUBANIZANDO nosso sistema. FORA PT, FORO SÃO PAULO E TODOS OS COMUNISTAS. VIVA NOSSOS HERÓIS MILITARES DO PASSADO E DO PRESENTE QUE NOS SALVARAM E SALVARÃO DESSE COMUNISMO SANGUINÁRIO RESPONSÁVEL POR 120 MILHÕES DE MORTE IDEOLOGIA ESSA QUE VOCÊS QUEREM IMPLANTAR EM NOSSA PÁTRIA.
        Quem é mesmo o mentiroso???? Quem é que esconde as verdades contidas nos vídeos???? Claro é os comunistas, pois nos vídeos estão as provas.

  11. Abul Qasim Cesar DA Silveira Al-harawi disse:

    VEJAM QUEM SÃO OS VERDADEIRO GOLPISTAS.
    Quem se interessar em saber detalhes do quanto nos custou (e ainda custa) o Plano Real, tire um tempinho e assista esse vídeo. Ele é ótimo para esclarecer pessoas que insistem em detonar o Governo Militar e não reconhecem seus feitos. Veja QUEM FALIU O BRASIL, perceba que foram os CIVIS, não os militares.https://www.youtube.com/watch?v=H7Q6cAJeDmY

    • José Almeida Padua disse:

      A dívida pública federal, que inclui tudo o que o governo deve a credores dentro e fora do país, subiu 5,71% em 2013, para R$ 2,12 trilhões, novo recorde. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira (29/1/14) pela Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. Aumento nos últimos anos
      Segundo os dados do Tesouro, nos últimos nove anos a dívida pública mais que dobrou: em 2004, o estoque de dívida estava em R$ 1,01 trilhão, subindo para R$ 2 trilhões no fechamento de 2012 e para R$ 2,12 trilhões no fim do ano passado. e TEM GENTE QUE AINDA DEFENDE O SOCIALISMO.

      • José Almeida Padua disse:

        Corrigindo: As informações foram divulgadas na quarta-feira do dia 29/1/14.
        VIVA A INTERVENÇÃO MILITAR. VIVA A LIBERDADE. FORA SOCIALISMO LIVRE. FORA DILMA E PT/PSOL/PSTU…..

    • Loremarie disse:

      Esta é a dívida líquida não inclui os títulos em posse do banco central. Daí totaliza 2,6 trilhões.
      A fatorelli mistura amortização com rolagem e com custo de rolagem.

    • Abul Qasim Cesar DA Silveira Al-harawi disse:

      Ah, se TODOS se dispusessem a ouvir esse vídeo e depois pesquisar sobre o assunto… Loremarie e José, seus comentários são perfeitos.

      • Aviso aos leitores-comentadores, não postamos vídeos nesse espaço. Quem quiser divulgar seus vídeos, aproveitem que somos um país LIVRE, com liberdade de imprensa, diferente da época da DITADURA MILITAR, e crie um site para divulgar todos os seus vídeos. Aqui no BLOG http://www.socialialistalivre.wordpress.com, não divulgamos vídeos, nem na página principal, nem nos comentários. Faz parte de nossa LIBERDADE de imprensa, DEFININDO O TIPO DE IMPRENSA QUE QUEREMOS.

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        A canalhada não sossega enquanto não calar de vez as vozes discordantes. Isso é mordaça socialista. Esse censor aprendeu a lição direito com os castros, maduro e lenin. A mentalidade dessa gente faria os porcos vomitarem, se lhes fosse servida no cocho. A raça de víboras socialistas está desesperada, mas não adianta, no fim será cobra engolindo cobra! Cada vez que esse marxista tira um vídeo do ar, mais ele se mostra inepto para sustentar sua própria ideologia ( se é que ela pode ser sustentada … ) e mais mostra quem é que quer uma ditadura de verdade. Esse Gílber é um mentiroso faz um jogo sujo e perigoso para a nossa democracia. Bateu o desespero com as verdades contidas nos vídeos nesse “imbecil coletivista”, que na falta de argumentos e de qualquer inteligência, usa a única arma que lhe resta: a truculência coletiva. E assim vivemos amordaçados pela ditadura marxista. Esses criminosos dão nojo!
        Viva a liberdade.Viva a intervenção militar. Fora Socialistas Livres.

      • Rodolfo Aurich Balzer disse:

        “Soy balsero cubano,vivi 20 años bajo al comunismo, y prefiero mil veces que me coma un tiburon a vivir sin libertad”!

        Desabafo de um cubano após pisar em solo americano.

        Gílber você lava sua boca imunda quando falar mal da Forças Armadas. Você defende uma ideologia que procura acabar com a estabilidade da moeda e denegrir nossos guerreiros e família. Vai para Cuba seu comunista caviar.

      • Evellyn disse:

        Agora fica fácil para entrar drogas, guerrilheiros, assassinos, terroristas, sequestradores….afinal, tudo isso o PT/PSOL/PSTU/CSL apoiam.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s