Aliviar a Miséria

A imprensa mundial destacou uma fala do santíssimo Papa Francisco, em que ele clamava pela urgente necessidade de “aliviar a miséria”. É justamente nesse ponto que fica bastante clara a quilométrica diferença entre a doutrina social da igreja e a posição dos socialistas, particularmente dos marxistas.

Aliás, a Santa Madre Igreja Católica, só se colocou diante dos problemas sociais depois que os socialistas formularam seus discursos, objetivando a conquista da igualdade social e, por conseguinte, objetivando a construção de uma sociedade dotada de justiça e paz no mundo.

Com a encíclica “A Rerum Novarum”, o Papa Leão XIII expôs uma doutrina da igreja, voltada para a questão social, como resposta às proposições socialistas, sobretudo em relação à pobreza e à miséria. Mas, devemos observar que, enquanto os socialistas propunham a abolição das desigualdades sociais, o cristianismo se dispunha a “aliviar a miséria”, ministrando campanhas de caridade, prontas a fornecer uma sopinha aqui, um abrigo ali, um socorro médico a uns poucos e, assim por diante, sempre administrando as chagas sociais, sem se propor a situar a causa dessas mazelas e, a partir disso, tentar bani-las da face da terra.

A prática da caridade cristã, segundo o credo, proporcionaria, ao caridoso, a vantagem de ser compensado, afinal, “quem dá aos pobres, empresta a Deus”. Entretanto, o resultado final de toda essa prática cristã não poderia deixar de ser outra, senão a permanência cruel da injustiça, enquanto os socialistas se empenham, como já dissemos, em abolir a miséria e não tentar apenas aliviá-la, sobre o frágil argumento de que “quem tem fome tem pressa”.

Essas profunda diferença de abordagem e de agir perante o mundo, não impede, porém, que socialistas e cristãos marchem juntos na luta diária e histórica contra as perversões produzidas, fartamente, pela sociedade capitalista de ontem e de hoje. Essa aliança, entre pessoas desses credos, é de suma importância para os destinos da humanidade, e não é justo que a religião seja usada para manutenção desse sistema socioeconômico, que só produz injustiças e é a verdadeira fonte dos “pecados” que nos assaltam.

Fortaleza, 26 de fevereiro de 2014.
Gilvan Rocha, escritor socialista, articulista, membro do CSL – COLETIVO SOCIALISTAS LIVRES e Presidente do CAEP – Centro de Atividades e Estudos Políticos.

Acessem nosso Blog: www.gilvanrocha.blogspot.com.br

1779842_228391594029036_1036901415_n

Acessem nosso Blog:  www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s