Socialismo Livre: a única saída política viável para a humanidade!

O capitalismo não é uma alternativa societária justa para a humanidade. Sua lógica se sustenta com base na exploração de classe, com base na opressão de setores da sociedade, com base na conservação ideológica de obscurantismos e de atrasos da população, gerando miséria e caos. Portanto, o socialismo, de orientação marxista, continua sendo a única alternativa político-econômica viável para por fim à exploração, à opressão, às desigualdades sociais, aos atrasos e obscurantismos da humanidade.

Porém, a experiência histórica também nos mostrou que o socialismo monolítico, autoritário, de partido único, de imposição de forças políticas majoritárias com aversões às críticas, também não funciona, ao contrário, no socialismo sem liberdade de crítica e sem liberdade de expressão, imperaram-se outras faces cruéis da opressão e da exploração, dessa vez, em nome do “socialismo”.

Defendemos o Socialismo Livre: somos radicais defensores da liberdade de expressão, individual e coletiva; somos radicais defensores da liberdade de crítica, individual e coletiva; somos radicais defensores da liberdade de organização, individual e coletiva; somos radicais defensores da liberdade de decidir sobre o próprio corpo em todas as situações de vida; somos radicais defensores da democracia operária e repudiamos o uso de manobras ou o uso do fato de ser maioria nos movimentos sociais para silenciar os críticos; por fim, como princípio, repudiamos o uso da liberdade para oprimir ou para explorar os outros, como os burgueses e os degenerados de todos os naipes fazem. Nosso lema é a liberdade transformadora, a liberdade socialista, o socialismo livre.

Por isso, afirmamos: só o Socialismo Livre será capaz de ser superior ao capitalismo. O socialismo autoritário, monolítico, burocratizado, sem liberdade de crítica, morreu e deve continuar enterrado para sempre! O capitalismo também deve morrer e ser enterrado para sempre! Viva o Socialismo Livre! Seja também um lutador Socialista Livre!

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: http://www.socialistalivre.wordpress.com

1779842_228391594029036_1036901415_n

 

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

62 respostas para Socialismo Livre: a única saída política viável para a humanidade!

  1. Rodolfo Aurich Balzer disse:

    Precisamos parar de chamar os vermelhos de “esquerdistas”. Isso soa muito suave e eles não são nada dóceis, ao contrário, através da corrupção, eles matam milhares de brasileiros todos os dias. O título certo para eles é: TERRORISTAS, COMUNISTAS, CANALHAS, GENOCIDAS, VERMES, FDP, qualquer um desses, menos “esquerdistas”. Esquerdista passa aos INCULTOS e a eles mesmos, uma simples imagem de “lutadores”, coisa que eles não são. ELES SÃO O DIABO!

  2. Russell Kirk disse:

    Esse censor que age igual ao maduro censurando vídeos, vem com esse papo que essa merda de socialismo livre é diferente, tão diferente quanto o socialismo libertador de maduro que já matou 11 pessoas em uma semana a sangue frio.Cada um inventa uma nomenclatura para o socialismo, mas a essência é a mesma, assassinatos como o exemplo recente de Maduro Existem vídeos e mais vídeos, esses comunas não fazem mais a mínima questão de dizer o que fizeram e o que querem!!! Eu só não sei porque a massa é tão alienada!!! Tá tudo as claras!!!

  3. Russell Kirk disse:

    As filhas de Chávez FUGIRAM da Venezuela e se refugiaram em Puerto Gallegos, província de Santa Cruz, terra natal dos Kirchner. A população argentina, está se preparando para repudiá-las. Tomara que lhes deem um pontapé tão forte no traseiro, que elas cheguem em CUBA!! Aliás, por que elas não foram se refugiar no “Paraíso da Democracia” cubana?

  4. Adelita Aguilar disse:

    MILITANTES DO PT NÃO PASSAM DE VAGABUNDOS QUE QUEREM APODERAR -SE DOS BENS CONQUISTADOS POR QUEM DEDICOU SUA VIDA AO TRABALHO E HOJE SÃO CONSIDERADOS RICOS, PORÉM, NENHUM DELES GOSTA DE TRABALHAR, SÃO EM SUA GRANDE MAIORIA OS SANGUESSUGAS QUE VIVEM AS CUSTAS DO POVO COM AS BOLSAS INFINDÁVEIS QUE O PARTIDO OFERECE, E SÃO UMA GRANDE MAIORIA…

  5. Adelita Aguilar disse:

    LEITURA PROIBIDA PARA OS IDIOTAS E… no final continuo
    ……
    Leio no “Estadão” de hoje (…): “A Escola Estadual Presidente Emilio Garrastazu Médici passou a chamar-se Escola Estadual guerrilheiro Carlos Mariguella”.

    Parece que estamos chegando ao fim e a República Federativa do Brasil também mudará de nome: seremos República Popular Democrática do Brasil, que este é o apelido usual de todos os países comunistas à volta do mundo.

    Passado o impacto, obrigo-me a uma volta ao passado. Como dizia Augusto dos Anjos, “sou uma ameba, venho de outras eras…”. Era ginasiano em 1937 quando Getúlio Vargas implantou o “Estado Novo” e espancou os comunistas que, à soldo de Moscou, tentavam criar na América do Sul um satélite da União Soviética.

    Foram daquela época o famigerado cavaleiro da esperança Luiz Carlos Prestes, (Em caso de guerra entre o Brasil e a União Soviética, lutarei por eles”), Harry Berger, Garota, Olga Benário e outros militantes bolchevistas, saía-se recentemente da chamada intentona comunista que buscou arrasar o terceiro regimento de Infantaria da Praia Vermelha com dezenas de oficiais mortos, o Partido Comunista Brasileiro e a UNE (esta, sempre foi no Brasil uma célula do partidão) foram fechados, o país respirou aliviado.

    A partir de 1939, fui radialista e jornalista, escrevendo
    para rádios e jornais. Em 1943 participei da Força Expedicionária Brasileira lutando pela democracia mundial.
    Nos anos de 1951 e 1952, produzi para as rádios Ministério da Educação, Roquette Pinto, Mauá e uma rede de 48 emissoras no interior do país, uma série de rádio-reportagens sob o título de “Paisagens da Vida”, um teleteatro de contra-propaganda comunista, na qual, com a colaboração de um militar foragido da URSS, Anatoli Mickailovich Granovski, contava as atrocidades que eram sofridas pelo povo soviético nas mãos dos líderes vermelhos Stalin, Lenin e quadrilha. Esses programas foram gravados pelo NKVD de Moscou e de lá veio a ordem para o Tribunal Vermelho do Brasil, vivendo na clandestinidade, me condenando à morte.

    O DOPS, (Departamento de Ordem Política e Social) do segundo governo do Getúlio, teve ciência do fato. Chamaram-me. Avisaram-me que tinha a vida em perigo. E o máximo que me podiam oferecer eram uma arma e o seu porte, nada mais. Duas vezes tentaram os comunistas matar-me. Meu elenco de artistas era substituído a cada mês, tal a natureza das ameaças que sofriam por telefone.

    Deixei tudo em 1953 quando entrei para a Marinha como
    médico. Em 1961 fui transferido para Florianópolis. E aqui, como militar, vivi os episódios históricos da renúncia do Presidente Jânio Quadros com posse do esquerdista João Belchior Goulart e sua deposição em 1964 ao tentar incendiar o país com sua participação ativa nas tentativas de implantação do regime comunista no governo brasileiro. Neste último episódio, como antigo jornalista, fui nomeado relações públicas do Estado Maior da 5ª. Região Militar. Mais uma vez lutei contra a barbárie vermelha.

    Em 1968, durante o governo militar, os bolchevistas
    insistiram em transformar o Brasil numa ditadura vermelha. É dessa época a famosa guerrilha do Araguaia na qual pontificaram líderes esquerdistas como José Genoíno, Dilma Roussef, José Dirceu, o primeiro dos quais matando a marteladas na cabeça um oficial do Exército, mas todos eles se fazendo passar hoje como heróis da “democracia”, vítimas da ditadura militar.

    São sabujos dos Castros cubanos, irmãos de fé dos bolivarianos da Venezuela, dos norte-coreanos, doadores das economias brasileiras para os demais países comunistas do mundo, autores dessa farsa de importação de médicos cubanos afrontando todas as leis do país e as reais necessidades da saúde pública.

    E o que querem esses bandidos fazer do Brasil?
    Transformá-lo em uma outra Cuba, o melhor país do mundo em que se pode viver desde que se tenha um apartamento em Paris, o país onde se pratica a melhor medicina das três Américas desde que se tenha um Hospital Sírio-Libanês quando qualquer companheiro adoece, país cuja principal matéria-prima é mão-de-obra escrava exportada para todo o mundo, país onde se passa fome, paraíso do qual todos querem fugir mesmo correndo o risco de morrer no mar?

    Esquerdismo é isso? Nenhum regime político já acontecido no mundo matou mais patrícios seus e pessoas de outras origens que o comunismo da União soviética. Mais de 600 milhões de cadáveres. Ao fim de 70 anos, nem eles mesmos suportaram mais. Mas nos bolsões de resistência como em Berlim Oriental, construíram muros para evitar que os felizardos que viviam no “paraíso” fugissem para o inferno ocidental.

    Ouçamos, a respeito, a opinião do grande Fernando Pessoa: “O comunismo não é um sistema: é um dogmatismo sem sistema – o dogmatismo informe da brutalidade e da dissolução. Se o que há de lixo moral e mental em todos os cérebros pudesse ser varrido e reunido, e com ele se formar uma figura gigantesca, tal seria a figura do comunismo, inimigo supremo da liberdade e da humanidade, como o é tudo quanto dorme nos baixos instintos que se escondem em cada um de nós”.

    Ho Chi Ming, líder comunista chinês matou mais de 3 milhões de patrícios. Na Coréia do Norte já morreram mais de um milhão. Mas os esquerdistas brasileiros ´representados pelo PT, PSB, CUT, MST, UNE e outras quadrilhas redigiram uma carta de apoio aos camaradas da Coréia onde afirmavam, entre outros besteiróis: “Incentivaremos a humanidade e os povos progressistas de todo o mundo e que se opõem à guerra, que se manifestem com o objetivo de manter a paz contra a coerção e as arbitrariedades do terrorismo dos EEUU”.

    O líder cubano Che Guevara em quem os jovens de hoje e a quadrilheira Dilma Roussef vão buscar inspiração era claro quanto às suas intenções pacifistas e socializantes: “Um revolucionário deve se tornar uma fria máquina de matar apenas pelo ódio. Banharei minha arma em sangue e, louco de fúria, cortarei a garganta de qualquer inimigo que me cair nas mãos. E sinto minhas narinas dilatadas pelo cheiro acre da pólvora e do sangue do inimigo morto. Aqui na selva cubana vivo é com sede de sangue, estou escrevendo estas linhas inflamadas em Marti”.

    É este o governo que os patriotas esquerdistas querem para o Brasil?

    Costumam dizer que quem não é socialista na juventude não tem coração e quem ainda é socialista na idade adulta não possui cérebro. Digo-lhes eu: mostrem-me um adolescente que não seja socialista e eu lhes mostrarei um alienado do seu grupo; mostrem-me um homem de mais de 30 anos que ainda seja comunista e eu lhes mostrarei um canalha. Paulo Francis achava que todo mundo tem o direito de se portar como um débil mental até os trinta anos.

    Infelizmente a escória vermelha do Brasil, que tanto
    ajudei a combater, está de volta, tomou conta do país, vai nos levar à infâmia da cubanização, não sossega enquanto não humilhar os militares que os combateram nos anos 60 e 70, obrigou recentemente esses mesmos soldados a prestar honras militares ao cadáver do comunista que desalojaram do poder em 1964 e agora, conforme está no jornal, trocaram pelo nome de um criminoso bolchevista o de uma escola de Salvador.

    Como já estou no fim da vida aos 91 anos, não viverei o
    suficiente para suportar esse castigo, mas lamento pelos meus filhos e netos. Que me perdoem o mau gosto da frase mas, felizmente, estou morrendo.

    Continuando… PRINCIPALMENTE OS IDIOTAS SIMPATIZANTES DO MARXISMO e DO ParTido, OU DE ALGUÉM QUE FAÇA PARTE DESSE ParTido, sob o RISCO DE “CAIR NA REAL”!!!

  6. Mario Endlich Feurig disse:

    Mais um Socialista covarde. O PARLAMENTO (veja bem: parlamento) destituiu HOJE. o presidente ucraniano, após ele ter DEIXADO Kiev. Ou seja: o cara FUGIU, DISPAROU, SE MANDOU, SE ACOVARDOU. O PARLAMENTO o destituiu por considerar o LUGAR VAGO e fundamentou em “abandono de suas funções constitucionais”. Logo após, os ucranianos invadiram e tomaram o palácio presidencial. Detalhe: enquanto se retirava, Victor, o fujão, alegou estar sendo vítima de um “golpe de Estado”. Caso parecido ocorreu aqui, com João Goulart, quando ele fugiu e a seguir o NOSSO PARLAMENTO o considerou DEPOSTO por ter abandonado seu cargo. Se os ucranianos não preservarem muito bem sua história, daqui a alguns anos, é capaz de aparecer um candidato à presidência da República, tipo Aécio Neves, se dizendo de direita, mas sabidamente um esquerdista enrustido e votar a favor da anulação dessa ata que destituiu o presidente ucraniano.
    Todo cuidado que os ucranianos tomarem, ainda será pouco.

  7. Mario Endlich Feurig disse:

    O presidente da Ucrânia, CAIU! Maduro vai cair!! O que isso nos mostra? Que a união faz o arrastão. O mundo não quer Socialismo.

    • Aldegunda Carames More disse:

      o povo persistente faz isso…e Maduro irá cair também e quero vê-lo preso, como exemplo para dilma e qualquer um socialistas que queira se meter com o povo unido. Pena que esses fdps dos Blac bostas são do governo e querem atrapalhar a nossas manifestações…O Povo da Venezuela Luta Contra a Ditadura Comunista !!!
      E Os Brasileiros ??? Vão Querer a Ditadura Socialista da Dilma do PT/PSOL/PSTU/PSDB/PMDB….???

  8. Mario Endlich Feurig disse:

    Check this video Big Wolf

  9. Mario Endlich Feurig disse:

    Não é irônico como o PSOL DEFENDIDO PELO SOCIALISTA LIVRE acusa a polícia de Sérgio Cabral de abusos contra supostos manifestantes, tendo apoiado o ditador Maduro da Venezuela, cujas tropas matam estudantes que se manifestam?
    http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/2014/02/17/o-psol-de-freixo-tem-ligacao-com-a-venezuela-de-maduro/

    • Abul Qasim Cesar DA Silveira Al-harawi disse:

      Vocês votam no PT, PSB, PDT e no PSOL pq querem…
      O Sul é o meu país. Sul Livre!
      PSOL é o PT fantasia. É pena que estelionato e falsa ideologia não dê cana aos políticos.
      Randolph rodrigues votou contra a redução da maioridade penal. Plebiscito pra isso ninguém quer fazer…
      É impressionante o nível de cinismo desses socialistas. Deram força para a violência black bloc e agora que o Santiago morreu eles querem tirar o corpo fora.
      A democracia faculta o “direito” até de partidos dissimulados a retirem do povo. Não há dúvida de que a Venezuela vive às portas de uma ditadura. Bastou que se elegesse o cara errado, de um partido antidemocrático, populista, dissimulado, autoritário e prepotente. Considerando que em Cuba os irmãos Castro alegam haver uma oposição e eleições democráticas, podemos considerar então que a Venezuela vive uma democracia cubana ou ditadura mascarada. Nunca o termo subversão esteve tão atual e estamos caminhando a passos largos para um ponto crítico onde a população terá de escolher se adota os “salvadores da pátria” e sua forma de ver a ordem e o dinheiro público ou se trabalha a democracia do país de forma a torná-la menos indefesa contra seus algozes. OS PRÓPRIOS POLÍTICOS BRASILEIROS.

      • Russell Kirk disse:

        Comunistas como PSOL PSTU PT financiadores de assassinos e o Freixo e seus amigos agora dando uma de santinhos, teriam que ser processados e condenados por financiar assassinato.

  10. Alvarez disse:

    esses comunistas são mesmo psicopatas, porque, por mais ladrões que eles sejam, esses imbecis não vêm que esse regimes totalitários comunistas que pretendem implantar, são economicamente um fracasso e o caos logo logo toma conta!
    Como diz o Chapolim Colorado: Suspeitei desde o princípio.

  11. Alvarez disse:

    Temos um Sadam Hussein aqui no lado, mas a mídia não fala nada. Que vergonha. Que vergonha.
    O PT, PSOL, comunistas e esquerdistas caviar brasileiros a gente até compreende o silêncio, afinal, eles querem implantar o mesmo comunismo aqui.
    Mas e a imprensa, a rede globo ? É burra ou ignorante ? Não sabe que vai bailar na primeira oportunidade que os comuna tiverem.
    Acordem, seus jornalistas bundões, tapados, burros.
    Como diz o ditado : ” Diploma não diminui a orelha de ninguém”.

  12. Carlos Pereira Souto disse:

    Era só questão de tempo para a coisa esquentar pra valer na “democracia” bolivariana. Por aqui os mascarados blac bosts estão doidinhos para nos levar pelo mesmo caminho. Marcelo Freixo e assemelhados, Milton Temer, todos esses dinossauros de todas as idades e artistinhas com suas cabeças de vento: O sangue do cinegrafista Santiago está em suas mãos.

  13. Rodolfo Aurich Balzer disse:

    É o bolivarianismo/psolismo/blackbloquismo e sua violência parteira de cérebros esplhados pelas calçadas, ops!, não!, como é mesmo que disse aquele tal de Marcelo Chalreo?, parteira da história…Vai se foder com esse socialismo assassino. Fora marxistas assassinos

  14. Dr Romeine Hack disse:

    E AINDA TEM GENTE QUE DUVIDA DAS INTENÇÃOES DOS COMUNISTAS DE PLANTÃO EM BRASILIA! BASTA VER ESSA PALHAÇADA FEITA POR UMA MINISTRA DE ESTADO!

    Deu nojo! Quase vomitei! Até quando vamos aguentar tudo isso? A OAB RJ é um dos maiores antros de comunas da entidade. Cabe ao pessoal sério da OAB fazer a limpeza da Instituição!

    Solenidade pública da fantasiosa, mentirosa e oficial Comissão da Verdade (sic, pois de verdade só tem o nome) na sede da OAB/RJ, com a presença da senhora maria do rosário, tida como ministra dos direitos humanos, onde, ao final, foi cantada a INTERNACIONAL SOCIALISTA em lugar do HINO NACIONAL BRASILEIRO! Verdadeiro absurdo e uma afronta à democracia! “O PIOR CEGO É O QUE NÃO QUER VER”! Impossível silenciar! É imperiosa a ampliação da divulgação!

    Vou relatar algo inacreditável ocorrido na data de ontem (11/02/14) durante uma missão policial pelo NSD/RJ.

    Torna-se fundamental a análise dos fatos por todos nós. É singular o momento que vivemos na administração pública.

    Fui designado com outros dois policiais para realizarmos a segurança física da Ministra Maria do Rosário, Secretaria dos Direitos Humanos. Em que pese o fato da pessoa da ministra ser de uma gentileza e educação muito pouco comuns nas esferas do Governo Federal, vide o temperamento irascível da atual mandatária da nação.

    Ao chegar com a dignitária em uma solenidade pública na sede da OAB/RJ, fomos ao plenário onde seria realizado o o ato inaugural da desapropriação da denominada “Casa da Morte” situado no município de Petrópolis, estado Rio de Janeiro.Essa residência segundo relatos de presos políticos, serviu de base de operações para agentes do DOI-CODI durante os anos 70.

    Não entrarei no mérito se ocorreram torturas ou não no local citado.

    Após as apresentações de praxe, foram compor a mesa de debates a citada ministra, o presidente da OAB-RJ Wadih Damous, o ex-frei Leonardo Boff, a ex-primeira dama Maria Thereza Goulart e o procurador geral do município de Petrópolis Marcus Vinicius de São Thiago.

    Discursos inflamados com conotação ideológica não seriam surpreendentes, até pelo tema central do evento. Em seguida, foi anunciada a apresentação de um coral composto por adolescentes da cidade de Petrópolis.

    O maestro inicia com um discurso de exaltação ao guerrilheiro argentino Che Guevara e emenda com canções de cunho ideológico. Primeiro uma música lembrando a America Latina, os países libertos do “jugo imperialista” bem ao gosto dos presentes.

    A segunda música foi a interpretação de Cálice de autoria de Chico Buarque e Gilberto Gil. Aplausos. Ao término da segunda música, aconteceu o inacreditável. O maestro barbudo (quase um fundamentalista) pede a atenção de todos e brada em alto e bom som, com a sua voz grave, que a apresentação final seria especial. O momento mais esperado. E anuncia a INTERNACIONAL SOCIALISTA.

    Surpreendido, fiquei em estado catatônico. Adolescentes da platéia e adultos levantam-se, erguem os punhos cerrados e bradam a plenos pulmões o ode à esquerda. Fiquei envergonhado.

    Não foi entoado o HINO NACIONAL BRASILEIRO em um evento público, com autoridades representativas de segmentos diversos da sociedade, do judiciário e do executivo.

    Por toda a sua história de luta em defesa das garantias constitucionais, a OAB não merecia ser palco de um evento direcionado para um setor sectário e que não me representa. Fico preocupado com os adolescentes envolvidos em uma atmosfera deturpada e com valores míopes. Finalizando o meu relato, o evento foi gravado por emissoras estatais e privadas. Se alguém possui dúvidas da veracidade dos fatos acima, solicitem o vídeo. É chocante!!

    VEJA MATÉRIA PUBLICADA NO ESTADO DE SAO PAULO

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/02/1410866-coral-canta-internacional-socialista-em-ato-da-comissao-da-verdade-do-rio.shtml

  15. Dr Romeine Hack disse:

    VENEZUELA – A VITÓRIA DA LIBERDADE E DEMOCRACIA
    O POVO VENEZUELANO DIZ NÃO AO SOCIALISMO/COMUNISMO!
    ACORDA BRASIL!:www.youtube.com/watch?v=2tx5SjRbX5A&list=UUuY-LHqPukh7nqYo-nHHUrw&feature=c4-overview

  16. Pastor Chico disse:

    O POVO VENEZUELANO SENDO CASSADO COMO ANIMAIS PELO REGIME SOCIALISTA/COMUNISTA.

    VEJA O VÍDEO:

    http://www.facebook.com/photo.php?v=461707840597881

    • Pastor Chico disse:

      Esse vídeo mostra um assassinato covarde e sem motivo! Um assassinato político! Eles não são presos políticos! Eles são vítimas! Agora aqueles safados do PT e os marxistas/sociaalistas que se dizem presos políticos deviriam ver esses vídeos! Pra entender o que é perseguísseis política!

    • Monsenhor Friedrich disse:

      Covardia, esse é o tipo de governo que os socialistas querem para os brasileiros.

  17. Rodolfo Aurich Balzer disse:

    Precisamos parar de chamar os vermelhos de “marxistas”. Isso soa muito suave e eles não são nada dóceis, ao contrário, através da corrupção, eles matam milhares de brasileiros todos os dias. O título certo para eles é: TERRORISTAS, COMUNISTAS, CANALHAS, GENOCIDAS, VERMES, FDP, qualquer um desses, menos “esquerdistas”. Esquerdista passa aos INCULTOS e a eles mesmos, uma simples imagem de “lutadores”, coisa que eles não são. ELES SÃO O DIABO!

  18. Idilio disse:

    Vc sabe a diferença dos estudantes da Venezuela e os da UNE?
    Os da Venezuela lutam por liberdade e os da UNE socialista, por verbas.
    “De onde começa um mundo feliz? Do governo? Não. Das Nações Unidas? Não. Começa do Indivíduo.”

    “Hoje eu desenvolvi maior respeito pelo capitalismo. Antes eu tinha a impressão que capitalismo era só tomar dinheiro e exploração.”

    -O Dalai Lama

    Fonte: http://goo.gl/qr439A

  19. Julio Cesar Moura disse:

    E o mais importante: ao se obrigar os proprietários particulares e/ou aqueles que ganham seus proventos no mercado (produtores) a subsidiar ‘políticos’, ‘partidos políticos’ e ‘servidores públicos’ (políticos e empregados do governo não pagam impostos, mas são pagos por impostos), haverá menos formação de riqueza, menos produtores e menos produtividade, e cada vez mais desperdícios, parasitas e parasitismo.

  20. Julio Cesar Moura disse:

    Parabéns a todos os guerreiros(a) da resistência a todo pensamento vermelho, responsável pela miséria e genocídio de milhões.
    Que tem como missão alertar a todos sobre o mal que todas essas doutrinas trazem para a humanidade. Defender sempre as liberdades de cada indivíduo. Difundir as ideias de livre mercado. Muito obrigado por atenderem ao meu chamado neste blog para lutar pela liberdade, justiça, paz e progresso, hoje na esfera escrita, amanhã se preciso for com a própria vida. VIVA A LIBERDADE, ABAIXO O SOCIALISMO LIVRE. Brasil acima de tudo.

    • Conheço sua liberdade: a liberdade de explorar e a liberdade de oprimir. Essa é a “liberdade” que vocês reivindicam.

      • Julio Cesar Moura disse:

        Essa é sua liberdade que vocês socialista livres reivindicam. Cenas fortes: civil desarmado é executado por milicianos socialista libertador de Maduro. Assassinato covarde, diante de todos, sem nenhum remorso por parte dos meliantes! Assim é a situação na Venezuela: não há lei, senão os ditames dos comunistas vagabundos, corja administrada por Nicolás Maduro e treinada por unidades militares cubanas que mandam na Venezuela. Vejam:https://www.youtube.com/watch?v=OqmzfwqczZw

      • Julio Cesar Moura disse:
      • Aviso aos leitores-comentadores, não postamos vídeos nesse espaço.

      • Tenente Büscher disse:

        Se nunca ouviu falar do termo “idiota útil”, fique sabendo que era a atitude que Vladimir Lenin nutria pelos ocidentais que viam com bons olhos o avanço da Revolução de 1917.

        Atualmente, esse termo refere-se a esquerdistas e outros “progressistas” existentes por todo o mundo – normalmente (mas não exclusivamente) estudantes e professores universitários, ativistas homossexuais, feministas, ambientalistas radicais, líderes dos movimentos negro/índio/cigano/muçulmano, e outros.

        Estas pessoas, em grande parte, não são idiotas no verdadeiro sentido do termo, mas sim pessoas que se alinharam com um movimento, assumindo que estão a trabalhar para um “mundo melhor”. Invariavelmente, quando descobrem que foram enganados, costuma ser tarde demais.

      • Cel Mascarenhas de Moraes disse:

        ISSO QUE VOCÊ CHAMA DE LIBERDADE GÍLBE?
        “Senhores, ATENÇÃO!

        Nós, um Grupo de Militares de Fuerte Tiuna estamos de mãos atadas. Não podemos atuar, os cubanos nos têm vigiados e as armas venezuelanas estão aos cuidados do grupo G-2 cubano. Esta é a única arma que podemos usar por ora. O governo cubano ORDENA ao governo venezuelano preparar os tupamaros, coletivos La Piedrita, Alexis Vive, Grupo Avispa de Cuba que se encontra nos quartéis venezuelanos, para sair camuflados com os opositores e provocar destruição em entidades públicas e provadas, queimar unidades de transportes públicos e privados, convocar o saque ao comércio, supermercados, farmácias, para criar o caos generalizado na Venezuela para justificar um toque de recolher, suspensão de garantias e mais repressão militar. É a forma que vão utilizar para justificar a escassez de alimentos porque não há alimentos de primeira necessidade para muitos dias, não há medicamentos, não há dinheiro, o governo está quebrado.
        Essa é a maneira que eles justificariam o assalto que fizeram ao Tesouro Nacional e sua ineficácia: é a desculpa para culpar a oposição pelo desastre econômico que o governo causou. Os militares de altos graus estão saqueando a fortuna dos venezuelanos. Vêm tempos difíceis para os venezuelanos. Já a família de Diosdado Cabello, a de Rodríguez Torres, as filhas de Chávez, os filhos de Maduro e de sua meretriz Cilia Flores, a família de Ramírez da PDVSA, a família Carneiro e outros altos militares, ministro e deputados chavistas estão fora do país. Saíram ontem em jatinhos privados.
        Passa isso adiante, re-envia a teus contatos, faz algo por tua pátria!”.
        http://notalatina.blogspot.com/2014/02/gloria-al-bravo-pueblo.html

  21. Julio Cesar Moura disse:

    Parabéns ao povo da Ucrânia! Está livre do socialismo. Amanhã sera a Venezuela, em outubro nas urnas o Brasil.

    • Rodolfo Aurich Balzer disse:

      A fachada da sede do partido comunista da ucrânia foi pintada com palavras como “criminosos” e “assassinos” mais de 40 estatuas de Lenin foram derrubadas e destruídas. Povo unido jamais será vencido. Fora vermelhos assassinos.

  22. Julio Cesar Moura disse:

    Como bem mostra a história, o socialismo é insustentável e fadado ao fracasso, alguns países se livraram deste câncer, outros tiveram recaídas, a Ucrânia finalmente parece ter acordado, esperamos que a fila ande na América Latina e finalmente todos sejam livres deste mal.
    Solicito aos guerreiros(as) que vamos com chumbo grosso para o site divulgado a todos. Esse Gílber tadinho já esta morto, em morto não se bate.

    • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

      Como todo ditador de carteirinha, Viktor Yanukovich, presidente ucraniano fugiu como rato assustado, deixando para trás um país em frangalhos e uma vida de riqueza e excentricidade, como mansões e carros, que foram conseguidos as custas do sangue e o trabalho da população. Feliz o país que se liberta da escravidão socialista. Fui….

    • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

      Países capitalistas vem a cada dia mais dando exemplos de como serviços antes destinados ao estado devem ficar na mão da iniciativa privada. O metrô de Hong Kong está entre os melhores do mundo, serviços de qualidade, segurança e conforto, agregando serviços como lojas e shoppings nas estações.
      Quanto ao transporte dos países socialistas, não precisa dizer muito, basta dar uma olhada em Cuba, onde a população é transportada como animal! Bay…..

  23. “O capitalismo não é uma alternativa societária justa para a humanidade. Sua lógica se sustenta com base na exploração de classe…”

    Não, Gílber. Você está confundindo conceitos. Você está confundindo capitalismo laissez-faire com mercantilismo. Uma coisa nada tem a ver com a outra.

    Capitalismo laissez-faire houve apenas nos EUA, e somente no final do século XIX. Do século XX até hoje, tivemos apenas mercantilismo em escala global, com algumas ilhas de laissez-faire em pontos específicos do globo (como Hong Kong, por exemplo). Se você quiser criticar algo, faça-o, mas ao menos tenha a honestidade intelectual de chamar aquilo pelo seu nome correto. Não invente espantalhos.

    Estados que “franqueiam grande parte do lucro e da expansão de suas empresas nacionais” não são estados capitalistas. São estados mercantilistas (o estado brasileiro atual é um ótimo exemplo disso).

    Agora, se esta definição científica não é do seu agrado, porque vai contra a sua ideologia (que é a de querer culpar o “capitalismo” por tudo), aí eu realmente nada posso fazer por você. 😉

    Grande abraço!

    • Professor Paulo Ricardo disse:

      Como assim? Só houve capitalismo laissez-faire naquele paiseco e justamente no período em que nada de bom ocorreu por lá? Poxa, que tragédia! Precisamos claramente dar mais tempo ao socialismo, afinal, nunca houve socialismo de verdade! Não importa que todos os experimentos socialistas de todos os tipos tenham sempre falhado, sempre foram distorções do ideal lindo socialista! Já o tal laissez-faire nunca funcionou na prática, e os EUA se transformaram no país mais pobre do mundo no final do século XIX. É por isso que eu, socialista, sempre digo: esse papo de laissez-faire não funciona, o Estado tem que garantir direitos para todos. O direito a tudo é intrínseco e, como todos sabemos, garantir direitos a todos funciona muito bem, ninguém vai se acomodar e todos continuarão muito produtivos.

      Estou sendo sarcástico, é claro.

    • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

      Muito antigamente não havia estado, as pessoas o inventaram.
      Isso é normal, pessoas cometem erros, é só procurar na história
      e podemos encontrar muitos outros erros.

      Mas o fato é que hoje em dia a maioria das pessoas tem fé no estado.
      Acredito que só começaremos à ter territórios sem estado quando
      a quantidade de libertários atingir massa crítica e fizer pressão
      para criar tais territórios.

      Aí então, quem tem fé no estado, vendo o sucesso destes começarão
      à perder sua fé.
      Enquanto isso vamos espalhando as ideias libertárias para alcançarmos
      massa crítica logo.

      • Professora Maria do Carmo disse:

        O Brasil é o único lugar do mundo que esta anarquia não tem chance de ocorrer. Aqui, a maioria sonha desde tenra idade em fazer parte do maldito estado e quando saem às ruas para protestar, e sempre pedindo estado olhai por nós. Ai minhas orelhas tupiniquins!

      • Questões Relevantes disse:

        O estado é uma resposta, uma “solução” natural para a gestão das tensões inerentes a grandes concentrações humanas. Entregues ao “estado da natureza”, teremos o império da vilania. Este tema é pontuado na parte final deste artigo: http://questoesrelevantes.wordpress.com/2013/12/12/esquerda-x-direita-a-teoria-das-gavetas-ou-como-nao-chamar-urubu-de-meu-loro/

      • O seu artigo desconsidera o que Zizek está discutindo, ao dizer “falhe de novo, erre melhor”. Zizek está combatendo-polemizando com a psicnálise como teoria ideológica burguesa que coloca que toda luta por um mundo novo está sujeito a “falhar” e se está sujeita a “falhar” seria inútil lutar por mudanças, logo o capitalismo seria o fim da história. A psicnálise, nesse sentido, serve como aparelho teórico ideológico da burguesia, no sentido de desencorajar a luta pelo Socialismo Livre, justamente com o argumento eternalista de que o socialismo sempre falhará, haja vista os fracassos das experiências russas, coreanas, etc. Interessante que apenas o socialismo “falha” nessa visão psicanalítica da política, o capitalismo nunca falha é o sistema dos sistemas. Leiam nesse Blog a tese de DOUTORADO DO COMPANHEIRO Luís Fernando Bulhões, com o título “O ALTHUSSERIANISMO EM LINGUÍSTICA” e verão como ele desmonta essa tese neoliberal burguesa da psicanálise. O que Zizek também faz.

      • Questões Relevantes disse:

        A ordem na soma de estereótipos não altera o resultado final. O Marxismo resulta em desastre porque ele é conceitualmente falho no que diz respeito a reconhecer o direito individual como valor fundamental.

      • E quem diz que o marxismo falha em reconhecer o direito individual, Paulo? Quem não reconhece o direito individual são os stalinistas, quanto a esses você está correto. Porém, nós, os socialistas livres, sabemos que a liberdade de expressão, a liberdade de crítica e a liberdade de imprensa são fundamentais no Socialismo Livre. Agora, usar da liberdade individual para oprimir e para explorar, como o indivíduo burguês faz, aí é canalhice e cachorrice. É essa liberdade individual de explorar e de oprimir que combatemos. Ass: Gílber – CSL

      • Questões Relevantes disse:

        Neste artigo em que dissecamos o verbete DEMOCRACIA do aclamado “Dicionário de Política” de Norberto Bobbio, Nicola Matteucci e Gianfranco Pasquino, fica claro que os valores que vocês declaram defender pertencem à democracia liberal:
        http://questoesrelevantes.wordpress.com/2014/03/12/quando-a-patrulha-ideologica-compromete-a-logica/

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        Tipo assim seu socialismo: TERRORISTAS pagos pelos COMUNAS do “petê”, PSOL, PSTU, PCB e demais, estão incendiando tudo na CEAGESP. A intenção é desestabilizar o governo Alckmin para projetar o candidato deles, aquele COMUNA IMPRESTÁVEL (redundância, né?) do Alexandre “Quadrilha”. Assim agem os vermelhos: pagam com o dinheiro do próprio povo, MERCENÁRIOS para fazerem guerra civil. Ou alguém duvida que o cidadão de bem está enfrentando uma guerra civil não declarada? Esse é o verdadeiro socialismo

      • Nikolaievitch Smirnov Sokolov Morozov Popov disse:

        Paulo Falcão, esses socialistas livres são um bando de bichos burros, ignorantes, parasitas que idolatram o Estado, querem só coçar o saco porque são preguiçosos demais para acordar cedo e trabalhar, amam pedir direitos nas custas dos outros, dando brecha para quem ama poder transformar uma nação em casos como Coréia do Norte, Cuba, Venezuela, etc. Lá o que não falta são direitos, mas mal tem comida para o povão. Esses vermes odeiam o pobre digno e trabalhador, querem perpetuar a miséria. Mais que provado que o que faz a nação prosperar é a liberdade, o mercado e o lucro. Ai esse Gílber vem com esse papo do socialismo livre ser diferente. Quanta confusão mental…..

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        O Gílber foi tentar explicar o inexplicável, caiu em uma contradição medonha, e ainda saiu achando que resolveu o problema. Tadinho!
        Gílber, agora, o impressionante mesmo é ter um discurso que, por si mesmo, já contradiz o que você pretende dizer e não perceber isso.
        Você sai para defender uma ideia absurda, através de um discurso igualmente absurdo, que se auto impugna, logo que dito, e ainda sai como o senhor da razão, que nos iluminou e nos tirou do engano óbvio.

        É como Einstein dizia; “Invejo a estupidez humana pois é infinita.”

      • Professora Magda Wernersbach Ziemann disse:

        Já entreguei a toalha… Não dá, nego não entende a base de nada sobre coisa alguma… Soco em ponta de faca. Depois de ler todos os comentário do Gílber sabe o que eu acho ? Acho que Grêmio ainda vai ser campeão gaúcho ou seria mineiro, agora fiquei confusa, esse trem pega uai…..

      • Chemin De Saint Jacques disse:

        Deixa ver se compreendi o comentário do Gílber. Para o socialismo “livre”(Lógica nenhuma) como conjunto o estado é uma questão secundária. a questão primária é a propriedade privada. Fale mais sobre seu socialismo “Livre”(Lógica nenhuma!)Gílber. Cultura do idiota útil! Se acentuou bastante depois dos protestos de junho passado!!! Há 131 anos o inferno tornou-se um lugar ainda mais insuportável! Falecia o Karl Marx
        Este senhor inventou a PIOR DROGA LITERÁRIA escrita, que fez a cabeça de um bando de “sonhadores em idealizadores”, fazendo “socialistas” em democratas e principalmente, criticar o capitalismo como uma praga, empurra o “mímino do mímino” como suficiente para atender as necessidades do povo, mas eles mesmos vivem “no bem bom do capitalismo”, a eles nada falta e se faltar, manda buscar…..Marx esta no inferno de onde veio o comunismo e suas teorias de merda ! Esse canalha é endeusado por porcos. Marx é um dos maiores pensadores da história, isso é inegável. Embora que sua base de raciocínio era focada na sua época, mal sabia ele que um dia o capitalismo iria evoluir ao tempo. Imagino hoje Marx entrando num shopping ou em uma feira de games.

      • Paulo Falcão, muito obrigado por compartilhar seus artigos magníficos.
        O problema do Gílber é não saber dos dois tipos de individualismo: há o individualismo genuíno, que leva à liberdade e a uma ordem espontânea, e há o pseudo-individualismo, que leva ao coletivismo e às economias controladas e planejadas. Ele não entende que o individualismo nos ensina é que a sociedade será maior do que o indivíduo apenas se ela for genuinamente livre. Se ela for controlada ou planejada, será totalmente limitada pelos poderes das mentes dos indivíduos que a controlam ou planejam.

        Pouca gente sabe, ou se deu conta na época, mas o Brasil já viveu um regime socialista. E foi um sucesso… por pouco tempo.

        Em 28 de fevereiro de 1986 o presidente Sarney, acossado pela hiperinflação que grassava no país e tendo a legitimidade de seu mandato questionada, decretou o congelamento geral de preços e salários. Em sessão solene transmitida pela TV, ele declarou guerra à inflação e convocou todo o povo para o bom combate, imputando aos especuladores e empresários gananciosos a carestia que castigava a nação. O presidente obteve aprovação quase unânime da população. Mais de 95% do povo apoiava o Plano Cruzado (essa a nova denominação da moeda nacional) sem reservas.
        De um dia para o outro, todas as transações privadas caíram sob estrito controle estatal. A propriedade privada e a liberdade econômica foram suprimidas de um só golpe, uma vez que o poder de disposição (vender, alugar etc.), sem o qual o direito de propriedade é privado de sua substância, foi abolido. Somente se podia celebrar contratos bilaterais onerosos pelo preço decretado e controlado pelo estado. Dito de outra forma, o Brasil aboliu a economia de mercado e adotou o socialismo.
        A imprensa aderiu imediatamente fomentando um clima de histeria geral. A TV Globo criou uma vinheta sugestiva: “tem que dar certo”. Tinha que dar certo à força, é claro.
        Logo empresários e gerentes de loja eram presos e humilhados sob a acusação de aumentar preços ilegalmente. Estabelecimentos comerciais foram depredados por turbas enfurecidas. Todos os cidadãos foram informalmente nomeados “fiscais do Sarney” e nenhum comerciante se sentia seguro. Choviam delações anônimas, ao que se seguiam espalhafatosas razzias da SUNAB nas lojas, elevada à condição de KGB nacional.
        A adesão da intelectualidade foi, naturalmente, total. Os mesmos que ainda ontem criticavam o uso do decreto-lei (antepassado das medidas provisórias) e as arbitrariedades dos militares agora as aprovavam efusivamente. O ministro da fazenda Dilson Funaro, que secretamente sofria de um câncer quase terminal, fez-se um verdadeiro messias do cruzado. Os economistas que perpetraram o plano, João Sayad, Luiz Gonzaga Belluzo, Persio Arida, Francisco Lopes e outros viraram celebridades instantâneas. A mentora de todos eles, a economista lusa Maria da Conceição Tavares, passou a ser considerada a sumidade suprema da ciência econômica, e a mídia a retratava como a “guerreira do cruzado”. Os partidos políticos que recentemente atacavam Sarney aderiram em massa ao presidente. A esquerda, inclusive o nascente PT, perdeu o discurso e ficou na dela. Como pregar o socialismo se o próprio governo o adotara? Sarney e seu bigode eram adorados e adulados pelas massas, tal qual um Stalin tupiniquim.
        É claro que Sarney, o clássico “coroné” patrimonialista nordestino, não era um socialista marxista. Ele apenas utilizou o truque do congelamento para se tornar popular e se manter no “pudê”. Quando o “plano” fracassou, Sarney não deu o passo seguinte na direção do socialismo totalitário, que teria sido a estatização de todos os meios de produção (inclusive a força de trabalho de cada um). Voltamos, pois, à velha e péssima “economia mista” de praxe. Um governo Lula/Dilma ou assemelhado, porém, teria seguido adiante, e pior, contaria com amplo e majoritário apoio popular!
        É uma pena que o povo brasileiro não tenha consciência de que aquilo é o verdadeiro socialismo, daí para pior. Logro, arbítrio, violência, escassez, caos, manipulação. Pois ao que parece a história vai se repetir, pois os “economistas” do PT são os mesmos do cruzado. Como é que pode esses caras ainda terem influência no país? Por muito, muito, menos médicos e engenheiros perdem a licença profissional. Mas essas figuras macabras continuam dando as cartas nos meios acadêmicos e políticos. É nisso que dá deixar a ciência econômica aos cuidados dos seguidores de Marx e Keynes. Toda a sociedade paga a conta.

      • Cel Mascarenhas de Moraes disse:

        É curioso observar quando um comentário aqui publicado possui um conteúdo mais teórico, filosófico ou mesmo ético, não surgem nesse espaço para comentários os patrulheiros socialistas livres com suas bobajadas sem fim. A não ser que se bata direta e abertamente em símbolos marxistas concretamente reconhecíveis pelos seus sentidos, eles simplesmente emudecem, como se estivessem atordoados sem entender o que se passa a volta. A medida que se elevam as discussões, somos imunizados dessa gente.
        Devem chegar na terceira linha, desistir de tentar compreender qualquer coisa, e voltar pro facebook xingar o Olavo ou o Constantino de novo.

      • Maestro Gonzaga disse:

        Na história republicana do Brasil, nenhum governante foi tão horrível, quanto o do lulista Sarney. Foram três congelamentos de preços, duas moratórias e uma constituição, que desde 1988, não deixa o Brasil funcionar, baseada em marxismo e populismo dos anos 1950. Sarney também proibia que se importasse tudo, desde carros até escovas de dentes, passando pelos computadores da então reserva de mercado da informática. E se isto não basta, Sarney criou um Congresso tão acostumado a roubar, que ou o presidente “compra” políticos com cargos e/ou grana ou então sofre impeachment, como aconteceu com Collor.
        Nos 15 anos anteriores à posse do lulista Sarney, o Brasil cresceu em média cerca de 8% ao ano. Nos 27 anos desde a posse de Sarney, a média de crescimento do Brasil não passou de 2% ao ano.
        O inimigo é o estado e não somente o PT, mas nem por isso podemos deixar de criticar o PT, afinal de contas é o PT o responsável pelo recente agigantamento do estado. O estado sempre foi grande no Brasil, mas o PT está ampliando a intervensão do estado. Basta ver o aumento no n° de servidores públicos e como os salários cresceram no serviço público. Os petistas, e nesse grupo incluo as pessoas que votam no PT mesmo sem serem filiadas ao partido, acreditam que o estado é a solução e tem o dever de intervir na sociedade para corrigir as “injustiças”.
        O inimigo é o estado, o PT está fortalecendo o inimigo, fazendo com que ele cresça. Ser anti estado pode incluir o fato de eu ser anti petista. Eu sei que tanto PSDB quanto PT são partidos estatistas, mas eu torci para que o Serra ganhasse em São Paulo pq sei que são os prefeitos que elegem os Deputados Federais que comporão o congresso federal. O PT ganhando eleições em grandes colégios eleitorais aumenta a possibilidade dele crescer no congresso nacional. Sendo maior sua força política como um todo, sua política de ampliação e fortalecimento do estado ganha força.
        Quando converso com amigos sobre economia e problemas sociais eu sempre tento argumentar mostrando que o estado é a causa do problema, quando a conversa é sobre política eu me posiciono contra o PT, mostrando como sua política pode trazer consequências econômicas e sociais no longo prazo.

  24. Julio Cesar Moura disse:

    Um certo Socialista Livre me perguntou: gostaria de saber quantos membros do seu grupo são negros, gays ou mulheres?
    Resposta:
    Sem problemas.

    Sobre o gênero, ao longo de nossos 6 anos de existência (sim, seis anos), já tivemos 2003 mulheres. Sobre cor da pele, atualmente há quinhentos e três integrantes que não teriam dificuldade nenhuma em entrar em uma universidade pelo sistema de cotas raciais. Por outro lado, para comprovar que também damos espaço à verdadeira minoria, há um integrante branco do olho verde. Quanto a gays, se existem em nossa equipe, ainda não saíram do armário. E tampouco nos interessa.

    Ao contrário de fanáticos como vocês socialista, estamos preocupados exclusivamente com a competência do indivíduo. Detalhes insignificantes como cor da pele, gênero e preferência sexual não nos interessa em absoluto.

    Obrigado por nos fazer saber que também somos lidos pela esgotosfera.

  25. Questões Relevantes disse:
    • Nos últimos anos, principalmente nas últimas três décadas, o Brasil tem enfrentado um entorpecimento intelectual sem semelhança na história nacional. Algumas das causas desse fenômeno são as constantes e reiteradas mentiras que povoam os setores da cultura brasileira, principalmente o educacional e o midiático. Essas mentiras, ensinadas desde muito cedo à nossas crianças, são transmutadas em verdades por repetição, e acabam por criar um simulacro no qual os brasileiros, em sua maioria, vivem inermes e conformados.
      As reformas mais urgentes, que são a política e a do judiciário, não serão feitas pelos seus respectivos operadores, dados os interesses corporativistas de legisladores e magistrados, mas pela consciência e exercício de cidadania de uma elite da sociedade civil disposta a exercer o controle social dos mandatos, dos orçamentos públicos, das instituições jurisdicionais e da segurança.
      UM ÓTIMO LIVRO PARA SER LIDO: O caminho da servidão de Friedrich Hayek, 1899 – 1992

      Este livro, talvez o mais difundido do grande pensador austríaco, escrito em 1944, é um libelo contra a tentação totalitária e coletivista que assolava a Europa no final da segunda grande guerra, mas também algumas correntes da esquerda ocidental saídas da grande depressão americana. Hayek resgata o valor universal da legalidade e da justiça através da desmistificação esquerdista do valor da igualdade, afirmando a posição liberal clássica da negação de todo privilégio concedido pelo Estado que não a igualdade perante a lei e as condições de oportunidade de ascensão social. Neste sentido, tentar perspegar um rótulo de neoliberal a um pensador que previu e denunciou os gulag e nomenklatura soviética quarenta anos antes da queda do muro de Berlim é uma desonestidade intelectual da esquerda. XVIII.

      Na verdade, o que Hayek procurou fazer durante toda a sua vida foi resgatar o sentido histórico do liberalismo clássico inglês do século XVII contra a tempestade romântica e utópica de todos as correntes socialistas que dominaram corações e mentes a partir do século

      A partir de Hayek veremos o aprofundamento da discussão do coletivismo pela filosofia política deste século, com a retomada da questão dialética da afirmação dos direitos civis dos indivíduos como premissa básica para se alcançar o interesse coletivo sem o cerceamento das liberdades individuais.

      No campo propriamente econômico, Hayek desmonta a “inevitabilidade” da planificação centralizada no Estado na medida em que a mesma interfere na livre formação dos preços nos mercados, iludindo, pois, os próprios sistemas de informações sobre valores relativos e a própria democracia, uma vez que é ilusória a chamada vontade majoritária sobre toda a extensa e complexa pauta econômica. Sob pena de se atentar contra os próprios valores universais do legado humanista da democracia, que são a justiça e a liberdade, constituintes em si mesmos do pior dos regimes políticos salvo todos os demais, como o célebre dito de Lord Acton. As garantias do Estado democrático de direito, portanto, são os últimos objetivos de qualquer ação política que garanta a liberdade do indivíduo de não obedecer a ninguém, exceto às leis (Kant). Este Estado é ativo quando controla a violência grevista sobretudo dos serviços públicos que afetam a maioria e inativo quando não controla pesos e medidas e a eficiência da justiça penal contra estelionatos e fraudes. E para contrabalançar o controle econômico do Estado é que Hayek preconiza o desenvolvimento do controle social da cidadania.

      Por isso, não valem de modo absoluto as liberdades civis de crença, opinião, informação, locomoção, associação, iniciativa de empreender, ocupação, apropriação, e até mesmo as liberdades sobre a própria vida e escolhas sexuais, sem a garantia das liberdades políticas de eleger e ser eleito, e sobretudo controlar mandatos, desempenhos e orçamentos públicos dos governantes.

      Para uma revolução da mentalidade “altruísta” de viés socialista às custas do Estado e o resgate do papel do empreendedor, só mesmo um choque de opinião pública, uma vez que nossos jovens estão a preferir a “segurança” de um emprego público para comandar cem burocratas do que os méritos de um empresário que, pela busca do lucro “egoísta”, criando cem empregos privados. A ética coletivista que justifica pelas “razões de Estado” a máxima maquiavélica dos “fins que justificam os meios” é impensável numa ética individualista da convicção na lei moral. Neste particular, Hayek reconhece a manipulação da verdade ética pela propaganda socialista e romântica, preconizando a reação no âmbito da mídia pelos próprios liberais que, neste quesito de mobilização das consciências, sempre mantiveram distância e desconfiança. O que não foi o caso da esquerda hegeliana a partir de Karl Marx.

      • Carlos Pereira Souto disse:

        O “politicamente correto”, é um chavão perigosíssimo, usado até por alguns direitistas que, ingenuamente, rotulam de “preconceituoso” qualquer um que não seja zumbi, boneco de ventríloquo ou marionete e justamente por causa disso, “se atreve” a ter opinião própria, a qual, evidentemente, diverge daqueles que não têm opinião alguma e se deixam levar por conceitos preestabelecidos, normalmente pelos que seguem a linha vermelha. Ou seja, DITADURA SOCIALISTA.

  26. É impressionante como as pessoas que aqui escrevem não são no minimo, humanistas! Criticam tanto os defensores do socialismo. E não conseguem enxergar um palmo a sua frente, me digam o que trouxe o capitalismo de vocês de bom para a humanidade? Duas grandes guerras mundiais que resultaram as duas em quase 10 milhões de seres humanos mortos. O Nazifascismo. A divisão do mundo em países capitalistas “periféricos e centrais”,uns sugando o sangue dos outros. O imperialismo norte-americano. o Genocídio aos judeus. O grupo do G7 (sangue sugas da humanidade). O que os pensadores aqui defendem é o único sistema capaz de humanizar de verdade os terráqueos, O Socialismo. Não o socialismo autoritário, de um só partido, mas o Socialismo com Liberdade. Menos a liberdade de um humano explorar o outro. Pensem nisso! Nossa vida é tão breve, pensem o quanto a humanidade poderia está avançada se pensássemos no bem de todos! Mas o capitalismo defendido pelos senhores que postaram aqui vem fantasiado de democracia, isto é, liberdade de sugar o sangue e até a alma do outro. Quantas mulheres, negros, trabalhadores tiveram o direito de colocar a sua capacidade intelectual, criativa a serviço do bem e do progresso da humanidade!!! Sabe porque? O capitalismo só pensa em uma coisa o Lucro, em detrimento da exploração e da mutilação intelectual do outro.

    • É interessante como os socialistas adoram distribuir os bens dos outros desde que os seus sejam preservados além dos bens materiais os cargos políticos seu poder dentro da mídia com forma de perpetuar seus privilégios Japão Alemanha Coreia e até mesmo a China só conseguiram superar a miséria com muito trabalho estudo e suor. O estado socialista quer que a superemos criando direitos a isso direito a aquilo mas para esses direitos não existe uma contra partida em deveres .como trabalhar, produzir, criar e retribuir as classes produtivas seu esforço. o socialismo é um belo regime mas só na teoria por que a prática a gente já conhece.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s