Prova de reclassificação: a escola que a propaganda do governo de Minas Gerais não mostra!

As escolas mineiras, com um prova fajuta, chamada prova de reclassificação, estão, a todo vapor, promovendo alunos repetentes de uma forma totalmente irresponsável. Se o estudante está fora do critério da política educacional – inventada para economizar gastos com a escola pública – chamada “correspondência idade-série”, basta o estudante fazer uma prova de reclassificação de “faz de conta” e automaticamente será promovido para série que corresponderia à sua idade. Em outras palavras, os estudantes que, por algum motivo, não entenderam que estudar demanda dedicação, tempo, esforço, raciocínio, trabalho, agora serão “premiados” pelo governo do PSDB em Minas Gerais: fazem a prova de “faz de conta” chamada prova de reclassificação e, eureka, saltarão imediatamente, sem o mínimo conhecimento, para a série que “corresponderia” a sua idade.

Por que o governo PSDBista faz isso em Minas Gerais? Porque não tem o mínimo compromisso com a educação pública e também não tem o mínimo compromisso com a formação verdadeira dos filhos da classe trabalhadora que se matriculam na escola pública. Interessa-lhe apenas cortar gastos, assim, ao invés de convencer-ajudar-ensinar os alunos repetentes a aprenderem a estudar de verdade, o governo simplesmente vai dar-lhes um certificado de segundo grau, mesmo que esse estudante não tenha base de instrução nenhuma, mesmo sendo semianalfabeto, e é óbvio que isso diminuirá o gasto total do custo-aluno em Minas Gerais. Basta o estudante envelhecer em relação ao critério “correspondência idade-série” que automaticamente ele será promovido às séries seguintes e a mágica da economia de gastos com a escola pública estará realizada. Uma hipocrisia política nojenta, a desse governo!

Não precisamos, portanto, ser um gênio para adivinhar que essa política hipócrita, colocada em prática pelo governo mineiro, será um incentivo total à preguiça intelectual, um incentivo total à falta de compromisso com os estudos, um incentivo total ao descrédito da escola pública, um incentivo total à manutenção da ignorância dos filhos da classe trabalhadora. É isso que o PSDB mineiro está incentivando aos jovens das escolas públicas de Minas Gerais: envelheçam ignorantes. E tem a cara de pau de ir à TV, em suas propagandas, dizer que Minas Gerais tem a melhor educação do país. Se aqui é a melhor educação do país, como será a pior? Fico aqui com urticárias, só de pensar.
Pergunta: a quem interessa o incentivo à ignorância, como está ocorrendo em Minas Gerais? Interessa aos exploradores e opressores do povo, porque um povo ignorante é mais fácil de ser manipulado-manobrado-cabresteado.

Por: Gílber Martins Duarte – Coletivo Socialistas Livres – Conselheiro do Sind-UTE-MG e diretor da subsede do Sind-UTE em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutor em Análise do Discurso/UFU – Membro do Movimento Nacional dos Educadores Organizados pela Base (MEOB) – Membro da CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: http://www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , . Guardar link permanente.

30 respostas para Prova de reclassificação: a escola que a propaganda do governo de Minas Gerais não mostra!

  1. Neste livro provocador, Williamson desenrola a história do socialismo, mostrando como a ideologia resultou em pobreza, miséria e guerra. O autor analisa o rastro de devastação econômica e catástrofe ambiental que o sistema causou e, ao contrário do que muitos imaginam, ele não foi exterminado junto com a União Soviética, pelo contrário, continua vivo e se espalhando ao redor do mundo.
    O Livro Politicamente Incorreto da Esquerda e do Socialismo: http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/5848397

    • antimarxistas sanguinolentos disse:

      EU NÃO MARXISTA CAVIAR!!!
      SOU DE DIREITA!!!
      SOU A FAVOR DA FAMÍLIA, DOS VALORES ÉTICOS E MORAIS ENSINADOS PELOS NOSSOS PAIS!!!
      SOU CONTRA O HOMOSSEXUALISMO, COMO É PROPAGADO PELO LGBT E AFINS!!!
      SOU CONTRA O PT E ALIADOS (COMUNISTAS-CANALHAS)!!!
      SOU CONTRA OS MENSALEIROS E SOU CONTRA QUEM DEFENDE ELES!!!
      SOU A FAVOR DOS DIREITOS HUMANOS PARA HUMANOS DIREITOS E CONTRA O “DIREITO DOS MANOS”, QUE SE TRAVESTE EM DIREITOS HUMANOS!!!
      SOU CONTRA O MAIS MÉDICOS, PORQUE ISSO É UM TRABALHO ESCRAVO DISFARÇADO NUMA ALIANÇA ESPÚRIA COM CUBA (DA FAMÍLIA CASTRO – OUTRO PAÍS COMUNALHA)!!!
      SOU CONTRA ESSE FUNK, DESCARADO QUE FAZ A APOLOGIA AO SEXO INDECENTE E PROMÍSCUO E APOLOGIA AO TRÁFICO E ÀS DROGAS!!!
      SOU RADICALMENTE CONTRA O ABORTO, PORQUE PRA MIM O ABORTO SIGNIFICA ASSASSINATO (AS MULHERES – NESTE CASO AS FEMINISTAS) NÃO PODEM DISPOR DO CORPO DA MANEIRA QUE QUEREM!!!
      SOU CONTRA MAUS-TRATOS A PESSOAS E AOS ANIMAIS!!!
      SOU CONTRA O CRIME, NÃO IMPORTA EM QUE CAMADA SOCIAL ESTEJA SENDO COMETIDO!!!!
      SOU A FAVOR DE UMA SOCIEDADE DE BEM, TRABALHADORA, QUE PAGA IMPOSTOS EXTORSIVOS E QUE NÃO TEM NENHUM RETORNO!!!
      QUERO PORTOS, AEROPORTOS, ESCOLAS, HOSPITAIS DE PRIMEIRO MUNDO AQUI NO BRASIL, NÃO EM CUBA E EM NENHUM PAÍS AFRICANO!!!
      EU SOU A ANDORINHA QUE NÃO FAZ VERÃO, MAS POSSO FAZER UM ESTRAGO NA CABEÇA DOS SALAFRÁRIOS DE PLANTÃO!!!!
      QUERO UMA INTERVENÇÃO MILITAR PRÁ ONTEM PRA DEPOR ESSES SALAFRÁRIOS QUE SUPOSTAMENTE GOVERNAM COM SUFRÁGIO DE VOTOS DE URNAS FRAUDADAS!!!
      EU SOU O URSO QUE ACORDOU DA HIBERNAÇÃO E ESTÁ FEROZ COM TODA ESSA SACANAGEM QUE ESTÁ ASSOLANDO A NOSSA QUERIDA PÁTRIA!!!

  2. A bem da verdade, o povo passa longe de questões teóricas restritas a meios acadêmicos embolorados e colunas e painéis da grande imprensa (e também do que vieram a chamar “nova mídia”, espaço dominado por ideias políticas do século XIX). O povo, o povo real, quer poder trabalhar, ter segurança, saúde, moradia etc. E nunca pela via esquerdista.

    Esquerda Isolada
    Os teóricos de esquerda, seja nas redes sociais ou no mundo da academia, há anos e anos se isolam de opiniões contrárias. São incapazes de conviver com quem pensa de forma diferente. Aparece um conservador na mídia? Que perca o emprego! Esse cara falou isso? Unfollow nele! E assim por diante.

    Ficam restritos a si próprios, interagindo – até nas esferas mais privadas, como bares e que tais – apenas com quem pensa igual (ou de maneira muito parecida). Com isso, cria-se uma redoma na qual o pensamento de esquerda é unanimidade. Sem contestações (afinal, foram expulsos os que se atreveram a fazê-lo), resta a aparência de que aquelas são as melhores ideias, pois… NINGUÉM DISCORDA.

    Um sujeito pode escrever tranquilamente sobre a compreensão das razões que fazem um criminoso matar dez pessoas. A culpa é da sociedade, da exclusão, da desigualdade, mas nunca do indivíduo. A tese encontra entraves na realidade e na matemática simples, pois os criminosos representam ínfimo percentual dos excluídos (nem nada próximo de 0,0001%).

    Não se pode, portanto e a sério, falar que tais fatores de fato influem na conduta. O que determina a ação é a vontade do agente e sua decisão. Ponto. Mas estão lá, ué, defendendo seu ponto de vista, reforçando as RAZÕES (sem qualquer respaldo científico) de crimes e COMPREENDENDO a ação do criminoso.

    Mas se alguém ousa adotar o mesmo procedimento para a vítima, buscando COMPREENDER as razões que a levaram a uma reação violenta (e, sim, errada), aí é FASCISTA! ABSURDO! VAI EMBORA! TIRA DA TV! FORA! EXPULSA! CONCESSÃO PÚBLICA! CONTROLE SOCIAL!

    Aquele chilique.

    Não é bem assim que as coisas funcionam, amigos. O mundo real não é desse jeito. Na sua timeline você manda, você também controla quem são seus amigos no Facebook e até faz aquele lobby maneiro quanto a quem sua revista ou jornal podem ou não contratar. Tudo isso é do jogo.

    Mas daí a querer expurgar quem pensa de forma contrária, ESPECIALMENTE QUANDO O MÉTODO QUESTIONADO É AQUELE QUE VOCÊS USAM PARA “COMPREENDER” AS RAZÕES DO CRIMINOSO… isso já é comportamento de criança chorona. Ou apenas burrice gerada pelo isolamento que vocês mesmos criaram, distanciando cada vez mais suas teses do mundo real – convivendo num meio em que inexistem opiniões contrárias.

    Povo vs. Esquerda
    Não são tão raros os choques entre os teóricos da sociologia e o mundo real. Alguns deles, aliás, ocorrem pelas urnas.

    O referendo do desarmamento, com campanha sem fim realizada na maior emissora do país, bem como por partidos como PT e PSDB, foi não apenas um fiasco para essa esquerda que faz lobby da própria opinião como se fosse a do povo, mas sim uma mostra de como o povo de fato pensa de maneira CONTRÁRIA a essa pregação bocó.

    64% da população brasileira votou CONTRA a proibição da venda de armas no país. Ou seja, votou em favor desse comércio. Alguns dirão que a extrema esquerda também defende isso (o que no fim não é mentira), mas bem sabemos que o voto não foi exatamente no sentido bolchevique da coisa. O povo contrariou os dois maiores partidos e a maior emissora do país.

    Bem recentemente, depois de uma miríade de textos de sociólogos de classe média tentando explicar o “fenômeno rolezinho”, tratando a coisa como racismo, luta de classes e afins, vem uma pesquisa do Datafolha e desmorona o castelo de crendices da meninada limpinha do DCE.

    Nada menos que OITENTA E DOIS POR CENTO dos paulistanos são contra – e isso inclui todas as etnias, classes sociais etc. Para ESPANTO do socialismo universitário (mas não de quem vive no mundo real), os pobres são os que MENOS toleram tal arruaça. Bastaria largar o papel de representante do povo sofrido, exercido no sofá de casa com o notebook no colo, e visitar algum shopping na periferia.

    Sobra aos mais desesperados – e definitivamente apegados à ficção – dizer que eleição e reeleição do PT são demonstrações de esquerdismo do povo. Há quem diga isso tentando parecer sério e lúcido, mas na verdade é aquilo: ou são burros, ou há má-fé.

    Lula só se elegeu porque renegou todas as bandeiras esquerdistas e se comprometeu a cumprir os contratos da gestão FHC, bem como manter o mesmo modelo econômico. Dilma só se elegeu porque se abraçou a religiosos aliados, indo para missas e tirando fotos oficiais em genuflexão, de mãos dadas a revolucionários como Sarney, Edir Macedo, Maluf etc.

    O messias petista é tão bom político que foi inteligente o bastante – sob a ótica eleitoral – para abandonar o velho discurso, com o qual perdia e perderia no primeiro turno. E, para aquietar a militância, não faltaram cafunés (não exatamente ideológicos) ao pessoal de UNE, MST, CUT e afins.

    A rua estava “garantida”, digamos, até que os eventos de junho de 2013 vieram a pegar o governo de surpresa. E os movimentos ligados ao PT foram ESCORRAÇADOS até mesmo dessa minoria que ocupou e agora ocupa as manifestações nas grandes cidades. Sim, são minoria (diante do resto da população); sim, são de esquerda (diante da demanda que fazem), mas antes e acima de tudo são contra o atual governo federal.

    Isso embatuca a cabeça da sociologia pró-governo. Outro sinal claro do isolamento. Desde 2005, esquerda companheira do governo vem afinando o discurso de que reclamar da corrupção é uma pauta “da direita”. Daí vem uma multidão DE ESQUERDA e ela própria também diz isso.

    Tentaram pro anos o migué do “protesto inócuo”, pois todos são contra e, nesse caso, é bobagem fazer passeata. É mesmo? Pois somos todos também contra a violência contra a mulher e, não por isso, ela deixa de existir e, mais ainda, seriam ilegítimas as passeatas e eventos.

    Bandeira e Pragmatismo
    Há vários casos em que a militância por uma causa vai pelo ralo, sempre mediante método similar: há vários supostos militantes que dizem defender certas bandeiras, mas quando o governo ou o partidão pisam no tomate, a bandeira que se lasque.

    Exemplos: Gaiévski, que não mereceu a mesma raiva do feminismo-de-governo voltada aos humoristas com suas perigosíssimas piadas; violência policial de gestões petistas nunca combatidas – mesmo com gente sendo baleada e ficando cega; e até mesmo direitos humanos e trabalhistas, que deixam de ter valor quando o explorado é um escravo cubano cujo trabalho dê dinheiro para a ditadura (que pode gastar como e onde quiser, até mesmo em campanhas eleitorais de outros países).

    Quando alguém procura buscar razões na raiva de uma turba vitimada pelo crime, apontam fascismo e daí para baixo. Mas quando alguém busca compreender o bandido, aí tudo bem, é do jogo, debate permitido (especialmente se for bandido preso na papuda, se é que me entendem).

    E os pensadores da esquerda são perdoados até mesmo quando “entendem” e “contextualizam” o estupro de uma menina de treze anos por Roman Polanski. Dêem uma “googlada” e vejam só a quantidade de razões, explicações e justificativas a turma dá para esse crime inaceitável sob qualquer ponto de vista.

    Ninguém pede a cabeça dos autores dessas “pensatas”, ninguém pede controle social da mídia ou mesmo faz moções ou protestos. Muitos continuam frequentando círculos da esquerda online asseada e prosseguem com suas colunas e afins.

    É a militância cara-de-pau. A máxima “primeiro partido/ideologia, depois a causa específica” mostra que essa tigrada é a primeira a mandar qualquer tópico às favas, caso complique a vida da legenda do coração ou dos companheiros de esquerda.

    Alegam odiar o egoísmo, mas são sua pura esssência (a psicanálise deve explicar): pensam primeiro em si, depois no resto. Defendem em primeiro lugar o esquerdismo ou o partido, depois o tópico específico pelo qual em geral simulam lutar com unhas e dentes.

    Talvez sejamos todos assim, em maior ou menor medida, mas ao menos alguns somos sinceros o bastante para assumir isso, sem fingir militar por uma causa que, num momento crítico, vai pro vinagre em nome do que nos importa mais.

    Intimidação
    O povo não é de esquerda. Ponto. Em que pese o lobby dos esquerdistas de classe média, que ocupam quase todo o colunismo dos veículos e também cargos de diretoria em ONGs cuja letra N não faz sentido. Enquanto eles debatem apenas entre si, criando um consenso fictício quanto ao que seria “errado” ou “ridículo” opinar, a vida real acontece sem dar trela às reprimendas e arrazoados canhotos.

    E agora, como não poderia ser diferente, pedem a cabeça de quem pensa de modo contrário. Alguns falam em controle social da mídia, outros são aparentemente mais moderados e pedem somente demissão sumária… Enfim, aquele amor de sempre à liberdade de pensamento.

    Tentam aplicar ao mundo concreto a prática mimada de apertar um botão e nunca mais ler ou ver opinião que desagrade. Como não adianta e, pior ainda, mais e mais gente enfim se vê convencida pelos argumentos que essa galera tanto detesta, aí partem para intimidação, desqualificação e outros métodos.

    Já era, turminha. Agora, não dá mais.

    Se esquerda se recusa a atualizar seus dogmas, problema dela. E isolamento só aumenta a distância entre tese e realidade. Não vale agora culpar liberais econômicos ou conservadores porque começam a ocupar cadeiras no clubinho outrora restrito à esquerda e tem, enfim, suas ideias discutidas por mais e mais gente, especialmente aqueles que nunca foram muito de falar de política.

    Seria impensável, dez anos atrás, que os livros mais vendidos de política fossem contra a esquerda. Mas hoje é o que acontece. Assim como os blogs de política mais acessados também são contrários à esquerda e, nesse sentido, a grande imprensa se vê praticamente OBRIGADA a absorver mais e mais conservadores nos espaços de colunismo até então – e ainda hoje – de hegemonia esquerdista.

    Por mais que vocês fiquem chateados, democracia é isso. Podem até não aceitar, mas é como as coisas são no mundo todo e, até que enfim, também aqui no Brasil. Não adianta tentar isolar ou ridicularizar, a galera perdeu o medo de opinar sobre política e contra a esquerda nas redes sociais – e essa nova turma só aumenta.

    Mas, enfim, chorar pode, porque o choro é livre (ao contrário de Zé Dirceu, Genoíno, João Paulo Cunha e agora Pizzolato).

    • Mario Endlich Feurig disse:

      Roger Moreira, vocalista do Ultraje à Rigor em Carta publicada no jornal Diário de São Paulo

      ”Lutei contra a ditadura, sim! Tomei borrachadas, engoli gaz lacrimogênio, corri da cavalaria na Av. São João em direção à Praça Antonio Prado e à Praça da Sé.
      Participei das perigosas assembléias dos sindicatos, onde milicos escondidos na massa guardavam na memória o rosto dos mais exaltados.
      Arrisquei o emprego, pichei muro com o slogan “Abaixo a Ditadura”.
      Distribui panfletos.
      Morri de medo.
      Chorei quando anunciaram a devolução do poder ao povo: eu e mais alguns milhões.
      Hoje, vendo pessoas morrendo em filas de hospitais, bandidos matando por R$ 10, pessoas andando feito zumbi nas ruas por causa das drogas, adolescentes que não sabem quanto é 6 x 8, meninas de 14 anos parindo filhos sem pais, toda a classe política desse país desfilando uma incompetência absurda, a polícia corrompida, o nosso país sendo ridicularizado por tantos escândalos…
      Eu peço perdão ao Brasil pela porcaria que fiz…
      Deveria ter ficado em casa.”
      Quem sabe teremos o repeteco de 64!

      • Mario Endlich Feurig disse:

        ASSISTAM E REPASSEM..MARAVILHOOOOSO DEPUTADO MANDETTA DANDO UM SHOW NO PLENÁRIO DA CAMARA
        AINDA HÁ DEPUTADOS QUE NOS ORGULHAM

        QUE PACTO DE GENEBRA??? O PT LIMPOU A BUNDA COM O PACTO!!! IMPEACHMENT!!!!!!

        E os petralhas engoliram o papel!!! Isso explica titica no cérebro!! Caíram na esparrela, ou não caíram e acham plausível que um povo que já vive na merda venha ser escravo aqui????

      • Aviso aos leitores, não postamos vídeos nessa página.

      • Professora Carmilta Castro disse:

        Olha o Comuna mentecapto mostrando a que veio, censurando os vídeos. Claro é para melhor doutrinar seuS alunos e deixá-los retardados feito o mestre. VOCÊ NÃO PASSA DE UM CENSOR MARXISTA TOTALITARISTA.

    • O argumento de que a maioria pensa x ou pensa y, isso não quer dizer nada. A ideologia recruta multidões e as massas tem sido recrutadas por algumas ideologias direitistas, justamente porque não vêem alternativa atual ao capitalismo. A peste do estalinismo e a peste do capitalismo levam o povo na conversa com suas belas mentiras e muitos caem na onda, entrando na onda de que não é possível derrotar o capital e suas mazelas mundialmente. Como nada é eterno nesse mundo, a classe trabalhadora poderá encontrar saídas para além do capital, apesar da confusão ideológica que o sistema capitalista propositalmente cria. Hoje, os socialistas livres, democráticos, estão em minoria no mundo, mas nada garante que seremos sempre minoria. E é disso que tem medo os ideólogos burgueses: que uma nova onda revolucionária varra o mundo e dessa vez, não serão os estalinistas que estarão na direção, serão os marxistas mais conscientes capazes de criar um sistema totalmente superior ao capitalismo. A ideologia burguesa xinga a possibilidade do socialismo, confundindo o socialismo com a burocracia estalinista de propósito, porque tem medo que o socialismo de verdade coloque fim na farra dos exploradores, tem medo de que os pobres nunca mais aceitem ser bois de canga do capital. Tremam mesmo de medo do povo trabalhador, porque quando este acordar, não restará nem cinzas da velha fábrica de moer carne chamada capitalismo. E o socialismo não tem nada a ver com governo petista, um governo que administra o capital e rende altos lucros para a burguesia brasileira, tanto que a burguesia brasileira financia com bilhões as campanhas eleitorais do PT. O PT não tem nada de socialista, é um partido que serve para frear o socialismo. A direita também cumpre o mesmo papel. Todos iludindo os trabalhadores e mantendo todos os trabalhadores em situações precárias, convencendo-os de que não é possível ter uma vida muito melhor do que isso. A esquerda socialista mundial marxista é que faz medo à ideologia burguesa, não é o PT, o PT está dominado. Xingam o socialismo, porque as manifestações que estão ocorrendo no Brasil está formando os futuros políticos revolucionários que junto com a classe trabalhadora irão superar as condições de vida precária. Não se deixem enganar com os discursos anti-socialistas, são anti-socialistas porque querem manter as coisas como estão. Xingam o PT, porque querem colocar o PSDB de volta no poder. E o povo quer a volta do PSDB ao poder? Nem aqui e nem na China. O desafio é o povo entender que nem PT e nem PSDB irá resolver seus problemas: só a esquerda socialista unida pode mudar o mundo.

      • Cel PM MG Antonio Marcos disse:

        Vamos começar socializando a sua casa, seu comunista safado! Quanto você está ganhando dos PTralhas pra ficar fazendo militância virtual. Não dá pra entender que a busca desse ideal comunista matou milhões de pessoas? E que esse ideal nunca será alcançado? Seu mau caráter, aposta que mama nas tetas do estado com algum emprego público. Ninguém aguenta mais esse mimimimi desses esquerdopatas. Isso é doença, vai se tratar!
        se o socialismo é bom e o capitalismo é ruim, porque não vemos americanos fugindo para Cuba?

        quer saber o por quê? http://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/867590-cubano-por-30-dias.shtml

        Cuba antes de Fidel:

        Cuba Hoje:

        tem uma cidade bem limpa, com prédios super conservados … com seus carros super modernos… de 1950 (os mesmos do outro video) … que todo mundo é igual…mente pobre…

      • Olha o antimarxista descendo do salto, partindo para a baixaria argumentativa. Lembrando que não postamos vídeos nesse espaço.

      • Adelita Aguilar disse:

        Gozado, em todos os tempos, em qualquer época, vocês já ouviram falar de algum artista, político, ou militante comunista brasileiro que tenha se exilado na Coréia do Norte ou em Cuba? Se são comunistas, não seria lógico que todos devessem procurar esses países? Como agora, o mensaleiro, ao invés de ir pra Cuba ou Coréia do Norte, foi pra Itália.

      • Cel PM MG Antonio Marcos disse:

        Vai proteger qual deles Rosário? E você seu socialista livre defende quem?
        Pane no sistema.

        http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/01/jovem-que-ia-assaltar-barbearia-tem-moto-roubada-e-mata-ladrao-no-rs.html

      • Cel PM MG Antonio Marcos disse:

        O Socialista livre vai querer proibir a venda de motocicletas porque são um símbolo de ostentação e causaram a morte deste excluído social, morto por um.. policial? Cidadão? Opa, peraí, vixe, e agora, quem a mídia vai acusar? O barbeiro? A navalha? Maria do Rosário, e agora? Quem é o coitadinho? o morto ou o atirador? E a livre concorrência finalmente atingiu o mundo do crime. Marxistas hipócritas

    • Gílber, a maioria dos países mais pobres do mundo tiveram regimes de inspiração socialista por longos anos.
      Você já deve ter ouvido falar que a culpa pela fome e pela miséria no mundo é do capitalismo.
      Mas o que seu professor marxista não te contou é que o socialismo já foi e continua sendo, uma força extremamente influente no mundo. As idéias socialistas não vão contra o Status Quo, ela é parte do Status Quo. Ela é a parte ruim dele diga-se de passagem.

      Muitos países que você imagina serem vitimas do capitalismo já tiveram regimes de inspiração socialista. Só no continente africano: Angola, Moçambique, Benin, República do Congo, Etiópia e Somália tiveram suas economias destruídas por regimes comunistas que duraram vários anos e quase todos continuaram tendo economias bastante controladas pelo estado mesmo depois disso.

      Seu professor marxista também deve ter falado pouco sobre regimes de inspiração socialista na Líbia e no Iêmen. Sobre o partido Baath no Iraque e na Síria. Que países que fizeram parte da União Soviética e que mantiveram um modelo parecido, mesmo com o fim do comunismo, como é o caso do Uzbequistão, tem a maioria da sua população na miséria.

      Também não deve ter falado nada sobre como políticas socialistas devastaram o Zimbábue. Nem que a Índia, país que concentra a maioria dos miseráveis do mundo, por quase 40 anos teve uma sucessão de governos populistas, paternalistas, intervencionistas e que se inspiravam na economia soviética. Durante todo este período o país esteve completamente estagnado e só começou a crescer nos anos 90, justamente depois que o governo promoveu amplas reformas liberais, que apesar de tímidas, já conseguiram reduzir drasticamente a miséria no pais.

      Gílber, Os países mais liberais estão entre os mais desenvolvidos ou entre os que mais rápido se desenvolvem.
      Outra coisa que seu professor marxista não deve ter te contado, é que todos os países com IDH considerado “muito alto” são, de uma forma ou de outra, capitalistas. Aposto que você não sabia que a Nova Zelândia estava completamente quebrada nos anos 80, mas que depois de uma reforma liberal radical, conseguiu se reerguer e chegar ao posto de 6º melhor IDH do mundo. Que a Alemanha saiu dos destroços da II Guerra Mundial seguindo uma doutrina econômica chamada “ordoliberalismo”. Que os Estados Unidos, 3º melhor IDH do mundo, maior economia do mundo e país mais inovador do mundo em número de patentes, tem a liberdade de mercado e a propriedade privada como parte inseparável da sua história, da sua cultura, das suas instituições e da sua própria identidade nacional.

      Não deve saber que a carga tributária da Austrália (2º melhor país pra se viver do mundo) é de apenas 33,2% do PIB, que o Canadá foi considerado o 2º melhor país para se fazer negócios pelo Fórum Econômico Mundial, nem que Hong Kong e Singapura (13º e 18º melhores IDHs respectivamente) eram países miseráveis até bem pouco tempo atrás. Conseguiram chegar ao posto em que estão hoje em menos de 30 anos e são justamente, os dois países mais liberais do mundo.

      Nem todo país liberal é desenvolvido, mas com certeza todos eles estão no caminho. Um exemplo é o Panamá, o país da América Central que teve o 8º maior crescimento do PIB em 2012 e que está entre os que mais reduziram a pobreza nos últimos anos, ou o Peru, que apesar de ainda ser bastante pobre, também vem conseguindo reduzir drasticamente a pobreza e teve o maior crescimento do PIB da América do Sul em 2012.

      Acorda velho!

      • O Socialismo tem de ser um sistema econômico mundial, países isolados, gestados por burocratas, apesar de resolver alguns problemas sociais, não se sustentam em função do isolamento econômico. Marx e todos os revolucionários consequentes sabem que o socialismo tem de ser mundial. Insistir na tese de que o estalinismo, com a tese de socialismo em um só país, foi fiasco econômico é puro desconhecimento histórico ou mesmo argumentação por má fé. Claro que o socialismo em um só país não dá certo, Lênin já falava isso antes de morrer. Lênin dizia, ou fazemos a revolução no centro do capitalismo, ou todas as conquistas sociais da Rússia, isolada, perecerão com o tempo. Foi o que ocorreu. Estavam certos Lênin e Trótsky, nesse ponto, a tese estalinista de socialismo em um só país fracassou. Os que atacam o marxismo, confundindo-o com o estalinismo, fazem-no, porque querem defender os privilégios da burguesia capitalista. Se não é por isso, fazem-no porque são confusos mesmo.

      • Os socialistas dão a entender, através de seu discurso, que a desigualdade é o grande mal do mundo. Para descreditar as políticas liberais, apontam para um “aumento da desigualdade” como se isso fosse sempre um mal e como se igualdade fosse sempre um bem.

        São incapazes de perceber que desigualdade não significa pobreza e que igualdade não significa riqueza. Um povo pode ter igualdade, mas serem todos iguais na pobreza. Da mesma forma, outro povo pode, apesar da desigualdade, garantir um nível de vida satisfatório para os mais pobres.

        A prova disso é que a desigualdade medida pelo Coeficiente GINI, revela algumas coisas bem interessantes:

        – A Etiópia é um dos países mais igualitários do mundo. É inclusive mais igualitária que a média dos países da União Européia. Outro que também está entre os mais igualitários é o Paquistão.
        Mas onde é que existe mais pobreza? No Paquistão e na Etiópia ou na União Européia?

        – O Timor Leste é mais igualitário que Espanha, Canadá e França

        – O Bangladesh, outro país que concentra massas de miseráveis é mais igualitário que Irlanda e Nova Zelândia.

        – A Índia é mais igualitária que o Japão.

        – O Malawi é mais igualitário que o Reino Unido.

        E a lista segue adiante. Os exemplos são inúmeros mas todos eles levam a uma conclusão inequívoca: Igualdade não serve pra porcaria nenhuma.

      • Socialistas-marxistas nunca disseram que o socialismo é a socialização da miséria, a igualdade na miséria. O Socialismo deverá ser um planejamento econômico mundial, produzindo o que é necessário e descartando a produção do supérfluo, levando em conta os limites energéticos do planeta. Nada da insanidade capitalista que, em sua sede por mais-valia, produz anarquicamente, causa gigantescas concentrações de renda nas mãos de poucos e ainda destrói o planeta. Desigualdade capitalista também não serve para porcaria nenhuma, Gladimir, a não ser para promover uns poucos ricaços. A propósito, Gladimir, você é um ricaço? Por que você vive defendendo o sistema desigual desses burgueses, se você nem é um deles, se você é apenas um funcionário público como eu sou? Socialismo livre é ampliação de direitos sociais, é ampliação da paz social, é ampliação da riqueza e da solidariedade humana, é responsabilidade ambiental, é fim do desperdício. E você gasta seu tempo de vida defendendo teses que servem para manter um fosso de misérias e crimes, que é o capitalismo. Sinceramente, Gladimir, que desperdício da própria vida mortal que você faz. A não ser que você seja um ricaço e eu não sei.

      • Risos! A que ponto você chegou Gílber. Apelando? Sim sou muito rico. Rico de amor a Deus, rico de amor as famílias, rico de amor a liberdade, rico de amor pelas diferenças humanas…. e inúmeras riquezas indescritíveis que seu amor ao marxismo o tornaram cego para isso.
        Gílber sua visão de mundo resume-se a Marx, Marx, Marx, Marx e, não menos importante, o Deus Marx, acha que essas minhas fontes são uma “bibliografia pobre”? Bem, primeiro, não foram citados livros, então não é uma bibliografia e sim um índice de referências. Segundo, acho que alguém que considera essas referências pobres deve ser alguém que lê bastante sobre o assunto. Terceiro, se essas fontes são pobres, então vamos lá, eu posso fornecer mais umas pobres fontes. Pobres, mas suficientes para reduzir os argumentos de Marx, o burguês que nunca precisou trabalhar, a pó.

        A Revolução dos Bichos, de George Orwell (pra começar de forma divertida e relaxada, mas não menos profunda)
        Ação Humana, de Ludwig von Mises
        O Cálculo Econômico Sob o Socialismo, de Ludwig von Mises
        O Caminho da Servidão, de Friedrich Hayek
        A Anatomia do Estado, de Murray N. Rothbard
        A Mentalidade Anticapitalista, de Ludwig von Mises
        Capitalismo e Liberdade, de Milton Friedman
        O LIVRO NEGRO DO COMUNISMO, ESCRITO POR DIFERENTES PESQUISADORES EUROPEUS.
        Quem quer que leia metade desses livros, se continuar sendo socialista, só pode ser intelectualmente deficiente ou desonesto mesmo. Acredito que não seja seu caso, é falta de uma leitura menos ideológica e mais efetiva cientifica social e econômica.

        Falar nessa utopia de socialismo mundial, é delírio, quem experimentou essa praga não quer jamais voltar. Fiz um mochilão no Leste Europeu e também em Cuba e constatei em loco o que foi o comunismo, que o povo pensa a respeito disso. Mas em sua cabeça Gílber você acha que desconheço de fato todos os livros do Capital, pois acredita que faço uma analise rasa e superficial. Acredita que conceitualmente comparado com o que Marx escreveu não se pode alegar que o que se viu até hoje era comunismo, segundo que em Marx Comunismo é uma coisa e Socialismo é outra, e que diversos conceitos tratados como esquerdistas nos meus textos, são nada mais que bandeiras de revoluções burguesas. E outros mimimi….que todos os marxistas tem na ponta da língua.

        Velho Gílber de guerra, capitalismo é um ”termo” que se refere a varias teorias, além dele ter existido muito antes dessas teorias serem criadas, muitos antes da escrita ser inventada, então é óbvio que exista países capitalistas miseráveis… No entando, quantos países liberais estão na miséria? NENHUM, agora quantos países socialistas estão na miséria? TODOS… Até hoje, não existiu nenhum país socialista que tenha proporcionado uma condição de vida igual ao de um país capitalista liberal… Logo é óbvio que existe uma teoria superior a outra, não precisa pensar muito para chegar a essa conclusão…

        Cuba é o melhor país entre os países socialistas, mais ainda assim é uma droga se comparado aos países ”liberais”, mesmo com a frequente falsificação absurda dos índices feito pela esquerda…

        Tenha um ótimo final de semana velho.

  3. Pastor Chico disse:

    Tem sempre um analfabeto comunista cuspindo lixo nos blogs tentando empurrar essa doutrina fracassada,acorda cretino o comunismo fracassou miseravelmente,só serve pra um bando de safados iludir o zé povinho e saquear o país,igual está acontecendo agora no Brasil,em países civilizados esse lixo não entra.

    • Michele disse:

      Vocês ainda perdem tempo discutindo com comunistas? Deixa esse b..osta falar.

    • Michele disse:

      Para ver o fracasso do comunismo fora daqui (heheheh), faz uma “vaquinha” com seus companheiros e vá à Praga. Lá, procure uma visita guiada por um ex Maestro da Orquestra Sinfônica de Praga (ele é bem conhecido) que ele contará o que fizeram com sua mulher e filha.
      Certamente o seu “ideal” cairá por terra em minutos e você irá rasgar aquela camisetinha fudida do Guevara que você usa todo o ano de eleição.

  4. Tudo bem discordar dos argumentos do Gílber, cada um tem sua posição política e tem todo o direito de dizer o que pensa, ao contrário do que acontece na ditadura comunista e outros regimes totalitários.

    Mas por que tem gente que não sabe discordar sem ofender e agredir moralmente aquele que tem opinião contrária? De onde vem toda essa insegurança, esse medo? Já pensaram em consultar um psicólogo? Vamos manter o nível e não dar munição aos contrários. 😦

  5. Russell Kirk disse:

    Não existe ainda um sistema que funcione melhor que o capitalismo. O comunismo já morreu e os comunistas esqueceram de cair. Me divirto lendo algumas opiniões de “militantes” de esquerda defendendo uma sociedade utópica sustentada pelo estado. Esse mesmo curica está com um PC ou Notebook de uma multinacional, usando um tênis de marca mundial e mandando “WhatsUp” ou usando Facebook no smartphone coreano ou americano. E louco para comprar um carro alemão. Passou da hora de extirparmos o PT.

  6. Professora Bernadina disse:

    PAREM DE RECLAMAR COM O CARA , E PAGUEM UMA PASSAGEM PARA ELE IR MORAR NA COREIA DO NORTE, PASSAGEM ESSA SÓ DE IDA!! EU COLABORO E VCS??

  7. Cel PM MG Antonio Marcos disse:

    A lei é igual para todos, mas se for para doutrinador cubano, travestido de médico, trazido ao Brasil, pela comunista que ocupa a nossa presidência, a lei é moldada de acordo com a mente maldosamente doentia dessa gente.
    _______________
    “Valle foi denunciado depois de ter substituído um médico brasileiro no Pronto Atendimento 24 Horas, de Candiota, no dia 2 de janeiro. Segundo informações, ele teria sido chamado até o local, em seu dia de folga, em função do plantonista ter se atrasado e um paciente necessitar de atendimento urgente.
    O fato foi repassado ao Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers) que, por sua vez, acusou exercício ilegal da Medicina, já que a prática é proibida pelas regras do programa, que limita o atendimento dos estrangeiros às Unidades Básicas de Saúde (UBS). O Simers solicita o descredenciamento do município do programa e a extradição do médico.
    O prefeito de Candiota, Luiz Carlos Folador, esteve no Ministério de Saúde, na terça-feira passada, para dar explicações sobre o fato e solicitou o arquivamento da denúncia. A decisão ainda era aguardada até o fechamento desta edição.” Assim agem os marxistas FDP.

  8. Guilherme Martins disse:

    Isso é verdade? Só um aluno e fiz a pra de reclassificação esse ano. Mas a professora disse que tenho que ser aprovado em todas as matérias para ser reclassifica. Não entendo mais nad :(. Me ajudem pvfr
    Obr

    • Se o aluno está na idade-série avançada no que eles chamam “apropriada”, o sistema já o matricula automaticamente na série suposta para a idade. Somos contra isso, mas está acontecendo.

      • Guilherme Martins disse:

        Sério? Então no caso vou ser aprovado?
        Mas a professora disse que tenho que ser aprovado em todos os conteúdos para ser reclassificado.

  9. Guilherme Martins disse:

    Sério? Então no caso vou ser aprovado?Mas a professora disse que tenho que ser aprovado em todos os conteúdos para ser reclassificado.

  10. Pingback: Por que votar em Aécio Neves (PSDB) é um retrocesso? Vejam alguns motivos! | www.socialistalivre.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s