Cano SECO!

Pode parecer problema menor para quem não o vivencia, mas hoje, assistindo a uma reportagem de uma “gloriosa” rede de televisão, interpelou-nos profundamente o fato de que, em vários lugares do país, várias residências ficam sem água na maior parte do tempo, incluindo São Paulo, cidades do Nordeste, Manaus, etc.

Os argumentos dos governos para explicar esse problema grave são: “os moradores residem em parte alta”, “o sistema de encanação é velho”, “falta construir reservas com bombeamento de água em dadas localidades”, “falta investimento”, etc. Em outras palavras, falta compromisso do poder público em de fato querer resolver o problema da população que fica a maior parte do tempo com o cano seco!

Viver sem água é impossível, viver com gotas temporárias de água é uma lástima, portanto, resolver esse problema nas cidades deveria ser prioridade absoluta de qualquer prefeitura ou governo estadual minimamente responsável com a população. O Estado possui dinheiro para isso? Claro que possui. Cerca de 40% do PIB brasileiro vai para pagar juros altíssimos aos banqueiros nacionais e internacionais, na impagável dívida externa e interna. Ora, e enquanto os banqueiros faturam as riquezas do país, para NADAR em todos os tipos de privilégios, milhares de moradores, em várias regiões do país, padecem NO SECO com a falta de água em suas residências.

Essa lógica que prioriza governar para os ricos, enquanto o povo sofre sem água, é sinceramente uma tremenda insensibilidade humana. Claro, os construtores e reprodutores dessa lógica política, depois de darem suas canetadas diárias na burocracia estatal, vão para suas residências relaxar em suas banheiras com hidromassagem. Enquanto isso, dona M., seu J., dona K., seu G., etc., aguardam que, como por um milagre, pingue água em suas torneiras secas. Tristeza de sistema político!

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s