Defesa de Dissertação de Mestrado: “Uma interpretação teórica sobre a problemática da hegemonia política na sociedade capitalista”.

O Professor de Sociologia Gustavo dos Santos Cintra Lima, militante político, atuante na Rede Estadual de Minas Gerais, funcionário da Escola Estadual Frei Egídio de Parisi, filiado ao Sind-UTE/MG, defende relevante Dissertação de Mestrado na Universidade Federal de Uberlândia.

Data: segunda-feira, 18 de novembro de 2013
Horário: 8h30
Local: Sala 1H235 (sala de vídeo prof. Micheloto) – Campus Santa Mônica

Título da dissertação: Uma interpretação teórica sobre a problemática da hegemonia política na sociedade capitalista

Banca:
Prof. Décio Saes (UNIMESP)
Profª. Eliane Soares (GPESTADO/INCIS/UFU)
Prof. Antônio Bosco de Lima (GPEDE/FACED/UFU) – suplente
Prof. Aldo Duran Gil (GPESTADO/INCIS/UFU) – orientador

RESUMO: O objeto de análise do presente trabalho é a problemática da hegemonia política. Nosso objetivo fundamental é explicitar e sistematizar as formulações e proposições sobre a hegemonia política na obra de três intelectuais que se esforçaram por conferir uma forma teórica (=científica) a esta questão. Primeiramente, tratou-se de sistematizar as formulações pioneiras de Gramsci sobre a hegemonia a fim de explicitar a ausência de uma teoria da hegemonia definida na sua obra, particularmente nos Cadernos do Cárcere. Em um segundo momento, procurou-se sistematizar as proposições desenvolvidas sobre a questão da hegemonia política por Poulantzas em Poder político e classes sociais, cuja implicação teórica geral é a (re)definição de um conceito de hegemonia política aplicável à análise dos processos políticos das formações capitalistas concretas, detectando os limites teóricos de tais proposições. Por fim, procurou-se sistematizar as proposições teóricas levantadas por Saes na linha teórica inaugurada por Poulantzas sobre a problemática da hegemonia política, apresentando e sistematizando as hipóteses de trabalho formuladas por Saes no sentido de aprofundar teoricamente as análises relativas à hegemonia política como dimensão concreta das práticas políticas das classes e frações de classe dominante das formações sociais cindidas em classes antagônicas. A conclusão geral a que chegamos é que: a problemática da hegemonia política “colocada” por Gramsci no centro do debate político marxista e que não encontra em sua obra uma forma teoricamente consistente, foi aproveitada e desenvolvida por Poulantzas no final dos anos de 1960, a partir do programa teórico definido pela corrente althusseriana (=reconstrução do materialismo histórico), onde a problemática da hegemonia política assume uma forma teórica. Em suas linhas gerais essa forma teórica será desenvolvida, no sentido de hipóteses de pesquisa, na obra de Saes, onde encontramos o tratamento teoricamente mais avançado, a possibilidade de aplicação dos conceitos de hegemonia política e de bloco no poder para caracterização do poder político nas formações sociais pré-capitalistas e de complexificação do tratamento teórico do fenômeno da hegemonia política.

LIMA, Gustavo dos Santos Cintra. Uma interpretação teórica sobre a problemática da hegemonia política na sociedade capitalista. Dissertação de mestrado. Uberlândia-MG: INCIS/PPGCS – UFU, 2013.

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Galeria | Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s