Rede Globo, arrependida?

É de conhecimento público o documento lançado esta semana pelas Organizações Globo em que declaram que foi “um erro” apoiar o Golpe Militar de 1964 no Brasil. Ora, em momentos em que setores fascistas, de ultradireita, começam falar em “Intervenção Militar Já” no Brasil, até é progressista esse documento lançado pelas Organizações Globo, demonstrando, assim, que os fascistóides de extrema direita terão uma maior dificuldade para colocar seu projeto ditatorial em prática. Porém, há que se perguntar: as Organizações Globo estão, de fato, arrependidas do apoio dado ao governo da ditadura militar ou estão pressionados por uma opinião pública que cada vez mais questiona o papel dessa poderosa imprensa burguesa em nosso país?

Nas manifestações massivas do mês de junho, não foram apenas os políticos que tiveram de se adaptar para fingirem que estão do lado da população, reduzindo tarifas, trazendo mais médicos para a saúde pública, destinando os royalties do petróleo para a educação, derrubando PECs antipopulares, etc. Pelo visto, a poderosa Rede Globo e seus jornais e revistas afins também sofreram o baque. Diante dos xingamentos massivos que a Rede Globo sofreu durante a cobertura dos gigantescos movimentos, diante do avanço das REDES SOCIAIS como espaço alternativo de imprensa, essa poderosa imprensa burguesa também sentiu que é preciso se adaptar, como partido político ideológico que ela, no fundo, é para não perder ainda mais a influência política junto à população do país. Ou seja, as Organizações Globo, nessa conjuntura de questionamento às contradições das instituições, precisam tentar lavar seu passado manchado de tortura e sangue, fazendo autocrítica pública perante o apoio prestado, no passado, à ditadura militar. Pega mal para a Rede Globo, nessa conjuntura, pousar de baluarte de defesa da democracia, tendo em seu histórico o apoio espúrio a uma ditadura militar que calou toda a imprensa crítica do país durante mais de 20 anos.

A Rede Globo, que tanto fala atualmente em liberdade de imprensa e democracia, apoiou um governo militar que atacou a liberdade de imprensa dos sindicatos, atacou a liberdade de imprensa do movimento operário, atacou a liberdade de imprensa do movimento social, etc. Até intelectuais, artistas, foram expulsos do país, porque não podiam aqui dizer-expressar o que pensavam acerca do governo militar. Em outras palavras, a defesa da democracia e a defesa da liberdade de imprensa atualmente feita pelas Organizações Globo, de acordo com sua história, é uma grande contradição, para dizer o mínimo. Isso pega mal face à população que está, a cada dia, se tornando mais crítica e mais exigente, então, as Organizações Globo, no mínimo, precisam pousar de “arrependidas”.

Não concordamos em hipótese alguma que a Rede Globo ou qualquer outra imprensa burguesa deva ser proibida, em função de sua linha ideológica capitalista, mesmo sendo nós ferrenhos adversários do capitalismo. Que falem à vontade, que opinem à vontade, etc., mas repudiamos o fato de qualquer imprensa, seja ela qual for, compactuar com governos que proíbam os críticos de falar, e esse crime a Globo cometeu: apoiou a CENSURA! Portanto, como não ponderar aqui sobre os reais motivos do “arrependimento” das Organizações Globo? Estão deveras arrependidas ou trata-se de uma tentativa de não perder mais espaço perante a opinião pública que está cada vez mais exigente e crítica?

Nós, socialistas livres, somos radicais defensores da liberdade de imprensa, somos radicais defensores da liberdade de expressão, somos radicais defensores da liberdade de crítica. Por isso, jamais apoiaremos qualquer governo ditatorial que proíba as pessoas de se expressarem ou proíba as pessoas de terem suas imprensas, praticando sua liberdade de crítica. E o que fez a Rede Globo? Sob a desculpa esfarrapada de defender a democracia, apoiou uma ditadura burguesa capitalista que impediu o livre exercício do pensamento crítico em solo brasileiro, apoiou uma ditadura que impediu a liberdade de imprensa, apoiou uma ditadura que proibiu a liberdade de crítica. Essa história das Organizações Globo jamais poderá ser apagada da memória do povo brasileiro, para que saibamos que qualquer ditadura que proíba a liberdade de expressão, que proíba a liberdade de crítica, que proíba a liberdade de imprensa é um atentado ao futuro de qualquer país. Quem apoia essa política é um vil, sem desculpa e sem perdão. Isso vale para os partidários do capitalismo, isso vale para os simpatizantes do “socialismo estalinista”: censura à liberdade de expressão e à liberdade de imprensa jamais! Fica a pergunta: a Rede Globo realmente mudou? O futuro dirá! Viva o Socialismo Livre.

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sind-UTE / MG e diretor da subsede do Sind-UTE em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Rede Globo, arrependida?

  1. valmirsilva disse:

    Globo, porque no te calas! Já disseram muita besteira, e continuam dizendo o povo não aguenta mais tanta mentira,fora Rede Globo, aproveita e paga a conta que deve ao povo brasileiro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s