O que é Socialismo Livre?

Quem somos? Somos radicalmente contra o CAPITALISMO. Somos rompidos com a cultura BURGUESA. Não somos independentes, um dia com o pé no capitalismo, outro dia com o pé no anarquismo, um dia do lado de uma corrente política, outra dia do lado de outra corrente política, um dia com o pé no socialismo, outro dia com o pé no comodismo. Ao contrário, não importa o lugar em que estivermos, somos uma filosofia política marxista, somos Socialistas Livres. Praticamos a luta pelo Socialismo com Liberdade, assumimos nosso lugar ao lado da classe trabalhadora, mas somos centralizados unicamente pelo projeto da revolução, somos unicamente centralizados pelo projeto de transformar o mundo. E somos livres nesse projeto, porque o escolhemos, rompemos com a burguesia, rompemos com o capital, essas práticas não nos atraem. Escolhemos lutar para construir o Socialismo, uma organização social que julgamos superiora para a humanidade desfrutar a vida.

Praticamos, na medida do possível, e defendemos desde agora tudo o que achamos que tem de existir na prática econômico-jurídico-ideológico-discursiva do Socialismo Livre: democracia operária de verdade, com respeito pleno ao direito das minorias se expressarem; respeito pleno ao pluripartidarismo socialista; defendemos a estatização da produção de riquezas e o planejamento coletivo da economia, para por fim à exploração de mais-valia que a burguesia faz, às custas, do tempo de vida do trabalhador, tudo em benefício de um enriquecimento individual excludente do próprio burguês; defendemos justiça social, dando a cada um segundo suas necessidades, desde que sejam respeitados os limites energéticos do planeta, ou seja, o consumo desnecessário e mal planejado não é a cultura dos socialistas livres.

Mas o socialismo que defendemos é o Socialismo Livre. Somos contra todo tipo de hierarquia dirigente colonizando a liberdade de expressão e a liberdade de ser das pessoas. Defendemos liberdade de escolha para todos, isto é, cada indivíduo deve decidir o que fazer com sua consciência e com o seu corpo, desde que não oprima e não explore ninguém: a) o corpo-consciência da mulher não é objeto do homem, a mulher decide, no seu aqui e agora, o que fazer com o seu corpo-consciência; b) o corpo-consciência do homem não é objeto da mulher, cada homem decide, no seu aqui e agora, o que fazer com o seu corpo-consciência; c) o corpo-consciência do homossexual não tem de ser constrangido pela prática de uma maioria heterossexual, cada homossexual decide, no seu aqui e agora, o que fazer com o seu corpo-consciência; d) o corpo-consciência do religioso não tem de ser discriminado pela vontade do ateu, cada pessoa escolhe, no seu aqui e agora, se vai praticar ou não determinada fé; e) o corpo-consciência do ateu não tem de ser constrangido pelos que são crentes, cada corpo deve ser livre, no seu aqui e agora, para praticar a sua total não fé; f) cada pessoa escolherá sua forma de viver a sua afetividade-sexual, ou seja, cada corpo-consciência escolhe se quer ser monogâmico ou se quer viver a liberdade afetivo-sexual com mais parceiros ou se quer ser celibatário: todos serão respeitados em sua liberdade de escolha afetivo-sexual, pois os corpos-consciências não são propriedades de ninguém, a não ser do próprio ser vivo individualmente; g) cada pessoa terá pleno direito de expressar sua ideologia-racial, sem ser discriminada ou humilhada por isso, o racismo será considerado crime; h) cada corpo-consciência terá pleno direito de expressar sua singularidade estética, extinguindo-se propagandas ideológicas discriminatórias que criam imagens de corpos ideais, oprimindo indiretamente os corpos considerados não ideais pelo sistema. Cada corpo-consciência deve ser respeitado e valorizado por sua natureza de ser e de estar vivo, assim, no Socialismo Livre não haverá Corpos-consciências Modelos, pois Todos os Corpos-consciências são Modelos Únicos, são amostra da diversidade da vida; i) cada ser humano terá pleno direito de ir e vir e de ser tratado com gentileza, porque reverenciamos a vida e a liberdade dos seres: bullying, racismo, machismo, homofobia, preconceitos diversos, posse afetivo-sexual de pessoas, são comportamentos frutos do atraso e do obscurantismo que devem ser superados desde agora rumo à construção de um mundo Socialista Livre.

Venha lutar conosco, venha lutar pelo Socialismo Livre. Não somos e não seremos um partido político, somos um movimento político que luta para mudar radicalmente o mundo. Junte-se ao movimento que luta pelo Socialismo Livre.

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s