Sind-UTE / Uberlândia convida: ATO PÚBLICO, 25 de Abril, às 15:00, na Praça Tubal Vilela.

Além dos movimentos em BH, dia 23, e, em Brasília, dia 24, em Uberlândia, dia 25 de abril, também precisamos construir uma grande manifestação em defesa da Escola Pública Gratuita e de Qualidade. Todos à Praça Tubal Vilela, no dia 25 de abril, às 15:00. Convide sua escola, paralise as atividades, proteste!

A população de Uberlândia também precisa saber os motivos pelos quais estamos mobilizando e fazendo greve nas escolas nos dias 23, 24 e 25 de abril. Temos de denunciar as péssimas condições de trabalho que impedem a prestação de um serviço de qualidade aos filhos da classe trabalhadora que se matriculam na escola pública. Para melhorar as condições de trabalho dos profissionais da educação:

1-queremos 10% do PIB já para a escola pública;
2-queremos, para Estados e Municípios, Piso Salarial Nacional, por uma jornada de 20 horas, para todos trabalhadores em educação (professores, secretários, auxiliares de serviços gerais, supervisores, orientadores, especialistas), reajustado de acordo com o custo aluno, 22%, e não de acordo com a inflação, 7%, descaraterização que já está acontecendo com o Piso Salarial Nacional dos Professores;
3-queremos plano de carreira decente nos estados e municípios para todos os trabalhadores da educação;
4-queremos descongelamento salarial já para todos os trabalhadores em educação (professores, secretários, auxiliares de serviços gerais, supervisores, orientadores, especialistas), tudo subiu, menos o nosso salário;
5-queremos respeito à lei que institui 1/3 de atividades extraclasse, destinada a estudos e preparação de aulas, logo, repudiamos o aumento da jornada imposto pelo governo Anastasia/Aécio Neves, já que esse aumento da jornada impede, na prática, a possibilidade de ficarmos 16 horas em sala de aula;
6-queremos a volta imediata do professor de Educação Física e Ensino Religioso, de 1º ao 5º ano, nas escolas estaduais de Minas Gerais, um ataque aos profissionais dessas áreas e às crianças que perderam esses conteúdos tão importantes em suas vidas em formação;
7-queremos o fim da exploração do professor regente que está sendo obrigado a assumir 30 horas e sendo impossibilitado de desfrutar da jornada de 16 horas em sala de aula;
8-queremos imediatamente o fim da proibição de atividades extraclasse nas “janelas”;
9-queremos que se reorganize o currículo, por exemplo, em Português e Redação, Matemática e Geometria, de modo que todos os professores, de todas disciplinas, possam ter a opção de assumir apenas 16 horas em sala de aula, conforme a lei de 1/3 da jornada extraclasse;
10-queremos a contratação de substitutos para os trabalhadores das Secretarias e trabalhadores dos Serviços Gerais, nos casos em que estes companheiros tiram algum tipo de licença ou férias, já que, sem substitutos, ficam sobrecarregados os trabalhadores que permanecem nas escolas;
11-queremos o fim imediato da sobrecarga de trabalho sobre as supervisoras e especialistas da educação que, em função do acompanhamento das atividades extraclasse nos extra-turnos, estão ficando 30 horas nas escolas e recebendo apenas por 24 horas;
12-queremos progressão automática na carreira da educação e não à espera de 8 anos para ser promovido;
13- queremos que o Governador de Minas apresente uma saída para os trabalhadores efetivados pela lei 100. Nenhum trabalhador demitido, essa tem de ser a palavra de ordem.
14-queremos posse imediata para todos os concursados, em todos os cargos vagos existentes, fazendo-se um levantamento atual e real do número de vagas;
15- enfim, queremos que a educação seja, de fato, valorizada nesse país e deixe de ser objeto de discurso dos politiqueiros de plantão sem compromisso real com essa causa. 10% do PIB para a educação já! Nenhum centavo a menos!

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s