Em Minas Gerais é assim: técnicos administrativos não são substituídos em caso de licença saúde ou férias.

A política de Choque de Gestão, do governo mineiro, Aécio Neves/Anastasia/PSDB, é feita também com base no sacrifício dos trabalhadores e trabalhadoras em educação, lotados nas secretarias das escolas.

Os trabalhadores e trabalhadoras das secretarias das escolas, além de prestar o seu serviço cotidiano, são obrigados a assumir mais atividades do que o previsto, quando, por exemplo, algum colega de trabalho da sua instituição entra de licença saúde ou de férias, em um período de até um mês: não se contrata nenhum trabalhador temporário para ajudar na realização do trabalho acumulado, muito menos são pagas horas extras para os funcionários que são forçados a realizar, sob pressão e estresse, a tarefa de terceiros.

Em outras palavras, se um trabalhador da secretaria adoece, ou entra de férias, não se contrata ninguém para substituí-lo, logo, os trabalhadores que ali permanecem trabalham a mais e não são remunerados por isso.
Por que o governo não contrata funcionários temporários para substituir os que tiram licença? A palavrinha mágica se chama “choque de gestão”, isto é, corte de gastos, sacrificando, assim, os trabalhadores desses setores que já ganham um salário miserável, além de terem de trabalhar em dobro ou triplo, quando ocorre adoecimento ou férias dos companheiros de trabalho. É ou não é uma exploração desses trabalhadores? Imaginem só: você é piloto, trabalha em uma empresa aérea, um dos pilotos adoece e você é escalado para pilotar duas aeronaves ao mesmo tempo, a sua, e a do colega que adoeceu. Fácil de entender o caos, não é mesmo? É o que tem acontecido nas secretarias das escolas de Minas Gerais.

Portanto, cortar gastos sacrificando os trabalhadores do setor público é a face secreta do choque de gestão em Minas Gerais. Legítima essa prática política? Correta essa prática política? Em Minas Gerais é assim: o que dizem ser bom para Minas, não serve para os trabalhadores de Minas, não serve para os trabalhadores do Brasil. Isso, as propagandas e a grande mídia mineira e nacional não mostram. Nós mostramos e lutamos contra isso. Compartilhem essas discussões, se acharem que devem fazê-lo.

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: www.socialistalivre.wordpress.com

Socialistas Livres II

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Em Minas Gerais é assim: técnicos administrativos não são substituídos em caso de licença saúde ou férias.

  1. Pingback: Por que votar em Aécio Neves (PSDB) é um retrocesso? Vejam alguns motivos! | www.socialistalivre.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s