Sindute-Uberlândia reúne com efetivados da lei 100 e reafirma a necessidade de exigir de Anastasia/Aécio Neves uma solução para os trabalhadores!

Em Uberlândia, trabalhadores e trabalhadoras em educação discutiram o problema da lei 100 que tem atormentado, neste final de 2012, a vida de milhares de trabalhadores/trabalhadoras em Minas Gerais. O tom das reuniões organizadas pelo Sindute-Uberlândia foi o de responsabilizar e cobrar de Anastasia/Aécio Neves uma saída política para o problema, rechaçando todas as possibilidades que impliquem desemprego da categoria.

Foi ressaltada a necessidade de organizar e mobilizar os trabalhadores e trabalhadoras efetivados para que todos possam, juntos, exigir de Anastasia/Aécio Neves uma saída negociada com o Sindute-MG, caso o STF julgue inconstitucional a estabilidade dos servidores.

Alguns argumentos foram enfatizados na reunião:

1-Nenhum efetivado pediu para ser lei 100, logo, o governo é quem deve responder por essa política danosa. Culpar o efetivado por essa situação seria um erro. O momento exige solidariedade de classe;

2-Nessa conjuntura, não ajudam em nada os argumentos que insuflam ainda mais a divisão da nossa categoria entre efetivos, efetivados, designados, novos concursados, pois tudo o que Anastasia/Aécio Neves querem é isso, que a categoria fique brigando entre si, desviando a atenção do único e verdadeiro culpado por essa história toda e pelo caos da educação em Minas Gerais, o próprio governo Anastasia/Aécio Neves que agiram de má fé com os trabalhadores/trabalhadoras da lei 100 nos últimos anos;

3-Foi lembrado o jogo ilusório que a APPMG, sindicato pró-governo PSDBista, tem feito com os trabalhadores/trabalhadoras da lei 100, tanto quando fez demagogia com essa lei, dizendo que os trabalhadores e trabalhadoras da lei 100 sequer precisariam fazer concurso, pois já estariam com a estabilidade garantida, tanto quando não faz nada de concreto para reverter a atual situação dos efetivados, a não ser convidar seus filiados para rezarem para moverem as muralhas de Jericó, ou seja, a APPMG faz uma apelação ao obscurantismo político, brincando mais uma vez com a vida e o sentimento dos trabalhadores, ao invés de apontar para a mobilização e organização concreta dos trabalhadores, única forma de não permitir que estes sejam ainda mais prejudicados;

4- Foi lembrado que o governo Anastasia/Aécio Neves não está defendendo, de fato, os trabalhadores e trabalhadoras da lei 100 junto ao STF, pois, em seu documento de defesa-resposta, o mesmo governo diz que “nunca a lei 100 garantiu estabilidade ao servidor”, ou seja, aos trabalhadores o governo faz um discurso, ao STF faz outro. Qual nome dar a essa prática política do governo do PSDB – Anastasia/Aécio Neves?

5- Foi lembrado que o Sindute esteve sempre na luta para defender o trabalhador e que não diremos inverdades para a categoria: a lei 100 sempre foi instável, precária, não criteriosa no momento de escolher quem seriam os beneficiados, contraditória com a lei federal, e muito aquém, em termos de estabilidade, se comparada ao ingresso por Concurso Público, bandeira permanente do Sindute, entra governo, sai governo. Porém, jamais o Sindute tentou derrubar, na Justiça, a lei 100, pois não defendemos o desemprego do trabalhador, da mesma forma que jamais abandonaremos os milhares de trabalhadores e trabalhadoras que, nessa conjuntura, estão com os seus empregos ameaçados. O Sindute exige que o governo Anastasia/Aécio Neves sente com o sindicato e negocie uma saída para esse grave problema. Lamentavelmente, até agora, o governo não quis discutir com o Sindute-MG e desmarcou as reuniões agendadas. Por que o governo não quer negociar com o sindicato? Estranho.

6- Foi questionado também o papel do STF nessa história. Afinal, onde estava a Justiça durante esses cinco anos em que o PSDB fazia campanha política em cima de uma lei que o STF, agora e só agora, está prestes a julgar “inconstitucional”? Fingindo não ver as maracutaias do PSDB? Também estranho.

Enfim, em Uberlândia, estamos atuando para esclarecer, organizar e unir os trabalhadores/trabalhadoras em educação. Demitir o trabalhador? Que demitam o governador!

Por: Gílber Martins Duarte – Socialista Livre – Conselheiro do Sindute-MG e diretor da subsede do Sindute em Uberlândia – Professor da Rede Estadual de Minas Gerais – Doutorando em Análise do Discurso/UFU – Membro da CSP-CONLUTAS.

Acessem nosso Blog: http://www.socialistalivre.wordpress.com

Anúncios

Sobre socialistalivre

Esse Blog está a serviço da Luta pelo Socialismo. Defendemos a plena liberdade do ser humano, mas somos radicalmente contra a liberdade de explorar, como a burguesia faz, e contra a liberdade de oprimir como os machistas fazem, os racistas fazem, os homofóbicos fazem, os praticantes de bullying fazem, os preconceituosos fazem, os possessivos fazem e os autoritários de plantão fazem. Assim, defendemos que cada corpo-consciência deve ter liberdade de ser o que ESCOLHE SER, desde que esta liberdade não oprima e explore os outros! Defendemos a plena liberdade de postura crítica e a plena democracia operária, todos devem ter o direito de expressar o que pensam! Defendemos a Revolução Socialista e a necessidade de libertação da classe trabalhadora do jugo do capitalismo. No entanto,somos contra comandos de hierarquias políticas ou de figuras públicas mais poderosas no seio dos lutadores que travam a batalha pelo socialismo. Defendemos que cada militante deve ousar pensar por si mesmo, cada militante deve ter o direito de concordar, mas também de discordar daquilo que julga equivocado, por isso nos definimos como Socialistas Livres e esse Blog está a serviço dos que desejam militar de acordo com essa concepção. Convidamos a todos a conhecerem nosso jeito diferente de entender e de praticar a política socialista, com liberdade, democracia operária, direito de crítica e respeito ao diferente. Saudações Socialistas Livres.
Esse post foi publicado em Sem categoria e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

7 respostas para Sindute-Uberlândia reúne com efetivados da lei 100 e reafirma a necessidade de exigir de Anastasia/Aécio Neves uma solução para os trabalhadores!

  1. maria vitoria disse:

    Parabéns pelo blog. Que demita o Anastasia ( Anastesico) . Realmente ninguem pediu esse presente grego. Acorda efetivados(as) , vamos a luta . Precisamos de outro concurso .

    • Neia disse:

      Espero que o sindicato reveja a situação dos efetivados que passaram no concurso de 2005 estando o concurso em vigor, trabalhando em cargo vago e o governo não nomeou. Professora Lc100 .Quinze anos contribuindo com o sindicato.

  2. Ana Lima disse:

    VOCÊS DA LEI 100 SE ACOMODARAM, DEVERIAM TER FEITO O CONCURSO PARA GARANTIR A EFETIVAÇÃO…

  3. Sou lei 100, não passei no último concurso, realmente não tenho competência para atuar na rede estadual. Tenho que ser excluída. Apenas os concursados são ótimos professores!!! Parabéns concursados, espero que trabalhem não apenas com os maravilhosos conhecimentos sistemáticos que possuem, porque além de nossos alunos precisarem aprender conteúdos eles precisam também aprender outros fatores de cidadania. Não deem aulas apenas pelo salário, pq ficarão desmotivados rapidamente. Magistério é coisa séria e fundamental para erradicar a alienação.
    Sou efetiva na prefeitura e “era efetivada no estado”Não pedi para ser, e estamos sendo condenadas por muitos colegas de trabalho. Sei que a lei é inconsticional, mas excelentes professores perderão seus exercícios de cidadania para com os seus educandos.
    Q Deus ilumine-os e quem irá ocupar os cargos comprometam com a educação, pq aluno n é brinquedo. Muito menos a educação.
    Não seja professor porque não apareceu coisa melhor, ame essa grande batalha que está por vir para vcs.
    QUE DEUS OS ILUMINE!!! E meu sinceros parabéns pela competência de terem sido aprovados no famoso concurso que nos deixou desempregados. Mais direito é direito e quem paga por isso é a classe que está vunerável á grande desunião. Pq a briga é de interesses Pt e PSDB para as próximas eleições para presidente.

  4. maria Ildece de fatima disse:

    confiaram na efetivação e não fizeram o concurso, quem fez e passou vai querer a vaga. parabéns a todos pois provaram que para ingressar na carreira publica tem que ser através de provas e titulos como diz a CF.

  5. anonimo disse:

    babacas para de briga!!!Faltam curtura !!!

  6. ELIANE disse:

    O STF É DO PT E AÉCIO É PSDB E ISSO É OUTRA BRIGA PELOS CARGOS POLITICOS PRA MIM FORA DILMA E FORA ANASTASIA BANDO DE SEM VERGONHAS E SEM SENTIMENTOS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s